[Resenha] Vacas - Dawn O'Porter



Vacas || Nem toda mulher quer ser Princesa || Ficção , Literatura Estrangeira || Dawn O Porter || HaperCollins || 336 ||  2017



Sinopse:
Um pedaço de carne; feito para reproduzir; além da sua data de vencimento; parte do rebanho. Mulheres não têm que se encaixar em estereótipos. Tara, Cam e Stella são estranhas vivendo suas próprias vidas da melhor forma que podem, apesar de poder ser difícil gostar do que você vê no espelho quando a sociedade grita que você devia viver de um jeito específico. Quando um evento extraordinário cria laços invisíveis de amizade entre elas, a catástrofe de uma mulher vira a inspiração de outra, e uma lição para todas. Às vezes não tem problema não seguir o rebanho. Vacas é um livro poderoso sobre três mulheres julgando uma à outra, mas também a si mesmas. Entre todo o barulho da vida moderna, elas precisam encontrar suas próprias vozes.


Em 
Vacas vamos conhecer três mulheres distintas ligadas apenas pelo seu gênero sexual que terão suas vidas entrelaçadas de forma inesperada e radical.
“Meninos são difíceis, mas meninas... vocês são más.”

Tara é mãe solteira, profissional jornalística, ela faz vídeos de exposição que defenda as mulheres. Annie a filha de Tara foi feita em uma noite casual com um homem desconhecido, mas por desejar ser mãe ela optou por seguir com a gravidez sem contar ao desconhecido, coisa até então normal, mas quando sua vida vira notícia do dia, ela começa a ser julgada e rever suas atitudes.

Cam é uma blogueira famosa e feminista, sempre teve problemas para se comunicar na infância, mas através das palavras ela achou a forma de falar e ser ela mesma sem medos dos julgamentos. Cam não quer casar, não quer ser mãe, é feliz com sua vida solitária e seu sexo casual com um rapaz mais jovem, e não admite que queiram obrigá-la a ser como todas as outras mulheres.

Stella é uma mulher doente, após perder a mãe e sua irmã gêmea para o câncer, ela se vê tomada pela solidão e a tristeza de seguir pelo mesmo caminho. Mas acima de tudo Stella é assombrada pelo fantasma da irmã, Alice sempre foi a gêmea simpática, mesmo sendo idênticas fisicamente, a personalidade das duas não podiam ser mais distoantes, e agora que a irmã está morta Stella percebe o quanto está sozinha, e sente que só era feliz pelo que a gemêa representava, mas ela acredita que um filho pode mudar tudo e trazer novo sentido a sua vida, o problema é que ela está disposta a coisas impensáveis para alcançar seu objetivo.

Vacas é claramente o livro de mulher para as mulheres do mundo, até onde devemos ir para que nossas atitudes sejam tomadas como certas
? E quem possui o direito de dizer se estão certas ou erradas? 

Tara nitidamente possui o foco da trama, quando ao tentar aliviar seu tesão dentro de metrô se masturbando é filmada por um adolescente curioso e então se torna um fenômeno na internet, e a partir daquele momento toda sua vida será julgada por um momento de descuido. Fico me perguntando quantos homens não fizeram isso escondido e não saíram impunes, e ao mesmo tempo vejo que existiam outras formas dela se livrar do transtorno e ainda sim a autora manteve o drama para dar voz aos sentimentos femininos!

Cam é quarta filha mulher de uma família, e diferente das suas irmãs não está disposta a ter uma vida convencional, e isso inclui não ter filhos, o que para muitos pode ser um crime, mas para ela é natural.

“Acho que nunca me sentiria solitária. Porque quando você domina a arte de desfrutar da própria companhia, a felicidade vem.”

Já Stella ao meu ver, se tornou a personagem mais instável da trama, e no final da leitura percebi que assim como todos eu a esteja julgando, levando como base aquilo que EU acredito ser certo, mas quem sou? Como julgar a atitude de outra e apontar o dedo sem compreender seus sentimentos?

“Acabei descobrindo que muitas vezes a melhor terapia é ver outras pessoas sofrendo.”

A trama levanta temas de peso para debate, câncer, aborto, preconceito no serviço, machismo, mãe solteira, profissão entre outros que nos são tão comuns ao sexo feminino, nos fazendo refletir a situação de cada uma no seu todo e os motivos para atitudes desconhecidas e até inaceitáveis.

Com um enredo sério e consiste, a autora coloca em debate assuntos e julgamentos com os quais lidamos diariamente, 3 mulheres são julgadas não pelo que são, mas sim pelo que deseja, e apesar de Stella não ser julgada na trama, a grande surpresa é ela ser julgada pelo leitor, uma sacada sensacional que torna tudo mais verossímil.

O’Porter leva o enredo com maestria, e apesar de em muitos momentos ter repulsa de Stella eu queria saber até onde ela iria e como essas três se entenderiam e se ajudariam, no final a autora desenrolou a trama de uma forma inesperada e até surpreendente, fazendo com que todas as pontas se juntassem e as histórias fossem resolvidas, por assim dizer.

Não esperava de forma alguma que o livro me tocasse tão profundamente, e muito menos que ao final da leitura eu ficasse tão empolgada para defender direitos femininos e colocar para fora o que penso e sinto, o livro promete mexer com seus conceitos e sentimentos, uma leitura surpreendente.

A capa do livro está linda, e apesar de nunca ter me apegado há algo feminista, me vi amando a trama e torcendo por cada uma em particular, e acima de tudo aceitando seus desejos e suas atitudes. Apesar da diagramação ser bacana, a revisão deixou a desejar, em muitos trechos me vi relendo a frase para tentar dar sentido por faltar ou sobrar alguma palavra, coisa qua acabou me cansando um pouco e arrastando a leitura em alguns momentos.

Indico os livros a todas as mulheres, seja você feminista ou não, tenho certeza que umas dessas três personagens que parecem ter em comum apenas o substantivo filhos vai te tocar, pode ser que você até se identifique com alguma delas ou com sua causa.

Para todas as mulheres que lutam por sua liberdade de decisão e ação, Vacas é o livro que irá te sacudir e te fazer falar, ou quem sabe gritar aquilo que tem vontade.

“(...) As mulheres não podem continuar reclamando sobre como são tratadas pela sociedade se não reagem quando dizem que elas estão erradas.”

7 comentários:

  1. Ola lindona li muitos elogios a esse livro, muitas vezes a mulher ainda é julgada pelo simples fato de ser mulher, fiquei curiosa com as mulheres do livro e suas histórias. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  2. Caramba, eu tinha uma ideia totalmente errada sobre esse livro, achei que era auto ajuda ou algo assim, confesso que adorei demais sua resenha, explanou demais sobre a obra e me deixou muito interessada, são assuntos que realmente merecem certa notoriedade na literatura para que assim possamos acabar com os preconceitos existentes.

    ResponderExcluir
  3. Oi Kelly.

    Não tem muito tempo que li este livro e gostei bastante. A história das três mulheres são bastante interessante e vale a ler para refletir e tirar um pouco de preconceito de alguns assuntos abordados no livro. Parabéns pela resenha.

    Bjos

    ResponderExcluir
  4. OOiiii, li esse livro também e concordo muito quando você diz que é o livro de uma mulher para as mulheres. Uma excelente reflexão sobre a vida, nossas escolhas, julgamentos... Amei a sua resenha!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Kelly!
    Já tinha visto esse livro, mas não imaginava que a história fosse sobre esse tema, realmente fiquei surpresa! Apesar de achar a abordagem interessante, não é uma leitura que me chama atenção, portanto não tenho intenção de ler. Mesmo assim, adorei sua resenha!

    Beijos,

    Rafa - Fascinada por Histórias

    ResponderExcluir
  6. Oiii eu amei a resenha e mais uma vez fiquei com mega vontade de ler, amo livros que nos ensinam e nos da grandes lições e esse livro é um deles e é preciso ser lido, principalmente por falar de mulheres para mulheres.

    Jhenny Alves

    https://sussurrandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oie, tudo bom?

    Desde o lançamento de Vacas que coloquei ele na minha listinha de desejados, adorei a sinopse dele e a capa achei maravilhosa também, sua resenha só me deu mais motivos para querer ler esse livro!

    Beijos
    www.thereviewbooks.com.br

    ResponderExcluir

Seja bem vindo!
Muito obrigada pelo seu comentário, sua visita é muito importante para o Paraíso!!
Volte sempre

Tecnologia do Blogger.