Todas as suas (Im)Perfeições - Colleen Hoover

Todas as suas (Im)Perfeições || Romance , Drama || Colleen Hoover || 304 || 2019 || Galera Record 

Sinopse:

Uma história de amor perfeita é suficiente para manter vivo o casamento entre duas pessoas imperfeitas?
O acaso uniu Quinn e Graham duas vezes. A primeira delas, no que consideraram o pior dia de suas vidas, quando ela descobriu às vésperas do casamento que estava sendo traída pelo noivo e ele, pela namorada que pretendia pedir em casamento. A segunda, meses depois, em meio a encontros ruins.
Deste reencontro surgiu um amor profundo e um relacionamento perfeito... ou talvez nem tanto. Com o passar dos anos e a frustração por não conseguirem ter filhos, Quinn e Graham acumularam silêncios e desconfianças. O casal se encontra no centro de um furacão, e seu futuro depende das promessas feitas quando o casamento ainda parecia uma praia paradisíaca.



Em todas as suas imperfeições vamos conhecer Quin e Graham e conhecer sua história de amor, logo de cara a autora nos apresenta um momento inesperado, Quin está indo visitar seu noivo depois de dias fora, e se depara com um homem parado à sua porta, assustada ela aborda o homem, seu nome é Graham e ele diz que sua namorada está lá dentro tendo um caso com o noivo de Quin, e por mais que ela desacredite, quando os sons começam a ultrapassar as barreiras do apartamento ela se obriga a acreditar, seu noivo realmente é infiel.

Naquele momento Quin e Graham se conhecem e se apoiam, e apesar de ser o pior dia de suas vidas, ainda sim se torna o melhor, pois a catástrofe permitiu que um conhecesse ao outro. Anos se passam e Quin e Graham estão casados, mas aquele amor inicial sumiu e agora só existe dor e mágoa. A infertilidade transformou Quin, a mudou de uma forma em que seu casamento parece não ter mais condições de sobreviver independente da paciência e amor de Graham. E assim entre capítulos intercalados de presente e passado vamos acompanhando a história desse casal que promete marcar muitos corações.


As pessoas acreditam que um casamento só termina quando não há mais amor. Quando a raiva suplanta a felicidade. Quando o desdém substitui a alegria. Mas Graham e eu não estamos zangados  um com o outro. Apenas não somos mais as pessoas que costumávamos ser.


Depois de ter me decepcionado imensamente com Tarde Demais, confesso que fiquei com um receio gigantesco de ler Todas as suas (Im)Perfeições, mas não se pode julgar uma autora que possui uma lista gigantesca de livros lindos por um erro. E assim me aventurei, e com grande alívio digo que me apaixonei e me emocionei com essa história, e desejei imensamente que mais Grahams fossem produzidos no mundo, porque "quase" toda mulher merece um.

Deixo como alerta que se você é uma mulher lutando contra a fertilidade e fazendo de um tudo para ser mãe, esse livro pode ser um gatilho gigantesco, seja ele positivo ou negativo já que se torna impossível saber como cada um vai lidar com o que está escrito aqui.

Avisos dados, vamos a minha opinião:

Quin e Graham se conhecem no pior dia e da pior maneira possível, seus parceiros estão tendo um caso, e apesar de todas as probabilidades de um lembrar ao outro esse dia terrível, com o passar do tempo eles se reencontram e ali nasce um amor. Mas depois de anos de casados, eles estão passando por uma crise. Quin deseja ser mãe com todo o seu ser, e sua infertilidade está acabando com o seu casamento.

A narrativa vai intercalando passado e presente, e aos poucos o leitor vai entendendo como um amor tão lindo e perfeito foi se transformando em rancor e mágoa, e como eles lutarão ou não para manter esse casamento vivo.

Depois de É assim que acaba, eu não imaginei que CoHo pudesse me destruir mais uma vez, mas ela conseguiu. Os personagens de Todas as suas (Im)Perfeições são maduros e humanos, por mais que eu quisesse dar uns tapas em Quin era impossível não sentir sua dor, e Graham? Só pode ser considerado o melhor homem do mundo independente de sua falha, e sei que muitos que vão ler a obra vão me julgar por aceitar seu erro, mas ninguém é perfeito e só quem passa entende a situação.


O coração do meu marido é minha salvação, mas seu toque se tornou um inimigo.


Todas as suas (Im)Perfeições é um livro que fala sobre amor, perdão e acima de tudo a imperfeição. CoHo nos mostra que não importa o tamanho do nosso amor, sempre estaremos aptos a errar, e numa relação a dois, nem sempre é possível organizar os sonhos e desejos para que ambos sonhem juntos, ou tornar importante para ambos o que é importante apenas para um. Mas podemos e devemos entender que o respeito é primordial e que o apoio cura, não importa quanto tempo a ferida fique aberta.

E mais uma vez CoHo volta pro topo da minha lista com uma obra que emociona e faz refletir. Se você é fã da autora leia essa obra, mas se prepare para fortes emoções.

7 comentários:

  1. Oie!
    Eu vi muita gente comentando sobre esse livro e quero muito ler. Eu adoro tramas com casais, acho muito válido a autora abordar o matrimônio e PRECISO ler esse livro. Não vejo a hora de tê-lo em mãos!
    Beijo
    https://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi,
      Eu sou uma grande fã da autora e por isso sou bem suspeita! Amo quase todos os livros dessa mulher e super recomendo para quem gosta de romances emocionantes, com certeza você vai amar a leitura!!

      Excluir
  2. Nossa essa autora é muito elogiada, mas ainda não consegui ler nada dela.
    Confesso que evito livros muito dramáticos mas estou cada dia mais curiosa.
    Amei conferir suas impressões. Parabéns pela leitura e postagem.

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Sempre sendo suspeita para falar da CoHo, ainda não tive oportunidade de ler esse novo lançamento dela, mas espero mudar isso em breve. Já prevejo lágrimas, grandes dramas e assuntos polêmicos pela frente. Como sempre ela me toca, acredito que desta vez não será diferente. Adorei a resenha!
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Como estou curiosa para ler esse livro da CoHo! Vejo muita gente que odeia "tarde demais", mas ainda não tive oportunidade de ler. Gostei muito da sua resenha e por saber o tema abordado. Parece mais um livro de partir o coração e é isso que gosto na autora: abordar temas importantes. Quero ler o mais breve possível!

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir
  5. Oi Kelly!
    Li esse livro, e com muito custo consegui colocar em palavras o que senti lendo, eu realmente não entendo porque Graham cometeu esse erro, pois para mim tem outro jeito de lidar, ele era meu herói, e sim eu entendo que ele é humano, mais é difícil aceitar, principalmente depois do modo como se conheceram, e a desculpa foi pior ainda, sem detalhes. kkk E Quin até entendi sua dor e seu sonho, mas ela estava tão perdida em seu mundo que esqueceu que seu marido sofria com sua tristeza, dois imperfeitos, chorei muito, sofri muito, mexeu muito com meu emocional, e o final foi surpreendente, adoro a CoHo, seus livros são fantásticos.
    Parabéns pela resenha, suas palavras foram diretas e deixam os leitores curiosos para ler, bjs!

    ResponderExcluir
  6. Oi Kelly.

    Sempre leio resenhas dos livros dessa autora e tem vários elogios maravilhosos sobre as histórias. Com certeza é uma autora que preciso conhecer. Ainda mais depois dessa resenha linda sobre o livro. Vou adicionar na minha meta de leitura porque estou com este livro aqui em casa, mas ainda não li. Parabéns pela resenha.

    Bjos
    https://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Seja bem vindo!
Muito obrigada pelo seu comentário, sua visita é muito importante para o Paraíso!!
Volte sempre

Tecnologia do Blogger.