[Resenha] As Coisas que Fazemos por Amor - Kristin Hannah

As Coisas que fazemos por Amor || Romance , Drama || Kristin Hannah || 352 || 2017 || Arqueiro 

Sinopse:
Caçula de três irmãs, Angela DeSaria já tinha traçado sua vida desde pequena: escola, faculdade, casamento, maternidade. Porém, depois de anos tentando engravidar, o relacionamento com o marido não resistiu, soterrado pelo peso dos sonhos não realizados.
Após o divórcio, Angie volta a morar na sua cidade natal e retorna ao seio da família carinhosa e meio doida. Em West End, onde a vida vai e vem ao sabor das marés, ela conhece a garota que mudará a sua vida para sempre.
Lauren Ribido é uma adolescente estudiosa, bem-educada e trabalhadora. Apesar de morar em uma das áreas mais decadentes da cidade com a mãe alcoólatra e negligente, a menina sonha cursar uma boa faculdade e ter um futuro melhor.
Desde o primeiro momento, Angie enxerga em Lauren algo especial e, rapidamente, uma forte conexão se forma: uma mulher que deseja um filho, uma menina que anseia pelo amor materno. Porém, nada poderia preparar as duas para a repercussão do relacionamento delas. Numa reviravolta dramática, Angie e Lauren serão testadas de forma extrema e, juntas, embarcarão em uma jornada tocante em busca do verdadeiro significado de família.


D
epois de passar 15 dias em uma ressaca literária brava, finalmente consegui finalizar uma leitura, depois de tentar inúmeros livros sem sucesso, fui fisgada pelas palavras de Kristin e me mantive firme sendo arrastada por uma avalanche de sentimentos dentro dessa obra.

Em As coisas que fazemos por amor, teremos duas protagonistas, Angie, uma mulher adulta e profundamente machucada pelos seus desejos não alcançados, ela sempre sonhou em ser mãe, e quando seu sonho se torna uma obsessão, ela começa a perder o rumo, e perdida em sentimentos confusos e nublados, ela terá que se reerguer e aprender a lidar com os desígnios da vida, e apesar de saber de tudo isso, ela não esperava que a cura da sua dor pudesse vir de uma estranha, tão machucada pela vida quanto ela.

O amor pode nos ajudar a passar por dificuldades. Mas também pode ser o motivo dessas dificuldades.


Lauren tem apenas 17 anos, mas apesar de ser jovem já carrega as dores da maturidade na mão, com uma criação negligenciada, ela aprendeu desde cedo a lutar pelo que queria, incluindo como principal, uma vida completamente diferente da de sua mãe, uma alcoolatra relapsa. Mas quando Lauren se deixa levar pelo único amor que a acolhe e a mantém segura, tudo pode descer pelo ralo, até que uma desconhecida se torna aquilo pelo qual ela sempre ansiou... uma família.

Nessa minha primeira experiência com Kristin Hannah, pude notar o quanto ela é boa com as palavras e o quanto seus personagens podem se infiltrar no cerne do leitor, fazendo com que em muitos momentos, realidade e ficção se misturem e você já não saiba mais se a história é delas ou sua.

A trama do livro nos apresenta diferentes pontos de vista materno, nos fazendo enxergar e analisar a variedade de mães e suas facetas que estão espalhadas pelo mundo. Angie sempre sonhou em ser mãe, mas não conseguiu, até encontrar Lauren e descobri que a maternidade pode nos ser apresentada de outra forma, Lauren sempre ansiou pelo carinho da mãe que nunca estava presente, e quando se vê prestes a ser mãe não sabe como lidar com a situação. Duas mulheres que necessitam de coisas diferentes, mas que se completam em sua necessidade.


-Nós somos uma equipe - disse em voz baixa - Você e eu. De alguma form, Deus soube que precisávamos uma da outra.


Kristin nos mostra através das histórias de vida dessas duas mulheres que o amor muitas vezes cura, mas que ele também pode machucar muito. Todos os personagens são muito bem construídos a cada um possui sua função na história, até mesmo a Sra. Mauk a sindica do prédio onde Lauren morava e com certeza foi a peça chave para que a obra tivesse um fim satisfatório.

O enredo é cativante, mas não surpreendente, conforme as coisas vão se desenrolando é possível discernir e adivinhar o final com muita clareza, mas isso não torna a obra menos tocante, pois por mais que o resultado já seja o esperado, os caminhos pelos quais elas precisam percorrer são emocionantes.

Confesso que em muito momentos tive vontade de entrar no livro e esbofetear a Lauren, algumas de suas atitudes não me desceram, mas ainda sim fui conivente, e apesar dos pesares estava torcendo com todo meu coração por Angie, depois de tudo, ela merecia um final feliz independente de qual fosse, mas ainda sim, não me senti satisfeita, acredito que Kristin poderia ter se utilizado de mais algumas páginas para nos dar uma segurança maior com relação ao futuro dos personagens, ou talvez eu só desejasse mais para não me sentir órfã, não estar preparada para me despedir ainda.

A bem verdade é que As coisas que fazemos por amor, vai mexer com você profundamente, vai fazer com que você análise atitudes e reveja conceitos. Maternidade, aborto, solidão, perdão, luto e mais uma infinidade de sentimentos são trazidos a debate, e não existe uma forma de não se identificar com alguns deles, sejam os sentimentos ou os personagens.

Mesmo agora, desabafando, escrevendo, me pego analisando e me colocando no lugar das personagens, e me vejo usando uma frase da própria Angie, "Nunca, é definitivo demais..."

Leia As coisas que fazemos por amor, se apaixone por Kristin, Angie, Lauren e outros como papa que mesmo morto esteve presente a trama inteira!!!



17 comentários:

  1. Quero tanto ler As coisas que fazemos por amor, essa mistura de ficção e realidade me fascina, isso é um dom que poucos autores tem. Legal destacar que a trama é previsível, mas o percurso é emocionante. espero ler ainda esse ano, preciso rever alguns conceitos.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro muito fofo! Uma lição de vida com certeza, previsível, mas nem por isso menos emocionante!
      Leia e depois me conta noque achou

      Beijokas

      Excluir
  2. Essa resenha me tocou de forma profunda... Parece ser um livro pronto pra lhe arrancar algumas lágrimas, não? kkkkkkkkkkkkkkkk Com certeza vou anotá-lo para uma leitura futura...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Abby!
      Com certeza ele arranca!!! Kristin tem o poder de tocar fundo o coração do leitor.

      Excluir
  3. Oiii tudo bem???

    A primeira vez q vi a capa desse livro não me interessei, mas ai comecei a ler algumas resenhas e simplesmente me apaixonei pelo enredo, e cada resenha que leio fico mais apaixonada.
    Adorei a resenha. Só aumentou minha vontade de ler.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafa!
      Que bom!!! Então leia, você vai amar e com certeza se emocionar com esse drama.

      Excluir
  4. Oi,
    Adorei sua resenha e que bom que gostou da leitura. Esse é um livro que está na minha lista de leitura. Já tinha lido algumas resenha e todas falando super bem da história. A cada resenha fico com mais vontade de ler.
    Abrçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Márcia,
      Que bom que gostou, ele é lindo demais, vale muito a pena a leitura!

      Excluir
  5. Oiee ^^
    Bem que dizem que a melhor maneira de sair de uma ressaca literária é ler um livro bom, né? Eu ainda não li nada da autora, mas ando querendo ler alguma coisa (qualquer coisa) dela já tem um tempo. Fico feliz em saber que você gostou da história, vi várias pessoas dizendo que a autora é muito boa em escrever sobre relações familiares. Estou doida para me apaixonar por esse livro!
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dhry!
      Achar algo que nos tire da ressaca é quase uma missão impossível!!! Minha amiga Nina ama a Kristin e diz que o melhor é Rouxinol, pode começar por ele ;)

      Excluir
  6. Oi!
    Adoro quando o livro tem algo a nos ensinar e nos faz refletir. Já li algumas resenhas positivas desta obra e pretendo conhecê-la em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi,
      Além de uma viagem uma reflexão sem sair do sofá!! Tb adoro.

      Excluir
  7. Eu sou apaixonada pela escrita e histórias dessa autora... Meu preferido dela é Jardim de Inverno, mas acho que é por ter sido o meu primeiro livro dela... Ela é incrível, a forma como nos enche de sentimentos ao ler os livros é encantadora... Esse livro tem recebido muitos elogios e fico feliz por ele ter te tirado da ressaca!!!

    ResponderExcluir
  8. Tenhoo livro aqui, mas ainda não tive muita vontade de ler, ainda não cheguei no momento de certo de ler esse livro, mas adorei saber que ele causa reações ao leitor, mesmo que seja para esbofetear a protagonista rs
    bjos

    ResponderExcluir
  9. OLá!
    Recebi esse livro em um evento da Arqueiro e adorei a premissa dele. Ainda não tive a chance de ler, mas gostei muito da proposta. Adoro chorar com esses dramas de arrebentar o coração. :)
    Nizete
    Ciado Leitor

    ResponderExcluir
  10. Oi BFF!
    Você sabe que amo Kristin Hannah! Ainda não li nada dela que me decepcionasse e não foi diferente com As Coisas Que Fazemos Por Amor, esse livro me emocionou profundamente!!!!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  11. Oie, kelly, também gostei muito desse livro, na verdade o amei, e ele também mexeu muito comigo e me fez refletir. Talvez por eu ser uma grande fã da kristin, admito que me senti satisfeita com o fim que ele tomou mas também não me importaria caso a autora tivesse escrito mais. Adoro o tema maternidade, então esse foi um prato cheio para mim.

    ResponderExcluir

Seja bem vindo!
Muito obrigada pelo seu comentário, sua visita é muito importante para o Paraíso!!
Volte sempre

Tecnologia do Blogger.