[Resenha] A Protegida #01 - Bia Braz

Título: A Protegida Livro 01
Autora: Bia Braz
Editora: Arwen 
Páginas:  704
Ano: 2016


Sinopse:
O atentado no trem de Londres em 2005 marcou a sociedade inglesa. Anos se passaram, e o receio de novos ataques mantém o país em cautela. Todos os dias, novos idealistas são recrutados para integrar essa ameaça invisível ao mundo. Em meio à dor e à tentativa de continuar a viver após as perdas, pessoas diferentes têm seus caminhos cruzados.
Lisy teve seu nome mudado e adotou uma nova identidade para fugir de ameaças, comprometendo-se a uma vida com regras mais rígidas e menos liberdade, porém segura.
Katzen é uma jovem inconformada com prisões impostas, então em atos de rebeldia, abandona a proteção e diverte-se anonimamente em festas de um clube, tentando viver intensamente essa liberdade roubada. Torna-se objeto de desejo de um famoso jogador de futebol da cidade. E, disposta a viver o momento, entra nesse romance quente sem exigir nada de volta, guardando para si suas expectativas e emoções. Kat só não contava que o desprendido "pegador" não a permitisse mais sair de sua vida e complicasse seu ordenado esquema de segurança física e emocional.
Brilhante esportista e estudante de Ciências Nucleares, Nicholas Spencer vê seus mundos entrarem em conflito ao envolver-se com a enigmática ruiva Kat, que aparece e desaparece do seu mundo misteriosamente, e ao desenvolver amizade com Lisy, que de um modo sutil passa a integrar seu mundo e torna-se necessária nele.

O arrogante e superior jogador enreda-se num mundo de intrigas, ameaças, preconceito, violência e perigo ao envolver-se com mulheres que o atrai de maneiras diferentes, mas lhe são inalcançáveis.
O quanto um homem é capaz de dividir-se?
Sedutor, fascinante e cheio de reviravoltas, A Protegida irá despertar emoções de sorrisos a revolta no leitor, também é garantia de muito romance, entrega e companheirismo.




Olá 

Pessoal,
Hoje temos resenha Nacional, e é com muita honra que apresentamos não só a obra, mas também a autora, pois Bia Braz é a mais nova membro da família Paraíso!!!

Este é o primeiro livro da autora que eu leio, e que tal começar falando da capa? Que Deus Grego é esse? E o olhar dessa mulher? Simplesmente amei o suspense da capa, e acredite, toda a história tem um toque de suspense que deixa a leitura mais empolgante.


Vamos conhecer os três principais personagens da obra: Nicholas, Kat e Lisy.

Nicholas é um renomado jogador de futebol. Ele é mimado e está acostumado a ter todas as mulheres que quer, e sempre esta com duas ou três de uma vez.

“Era o filho caçula, e sua mãe, demasiadamente condescendente, sempre o cobriu de manias e mimos... Talvez por isso ele não tivesse criado laços maiores com o mundo ao seu redor.”

Kat é uma linda jovem ruiva, de olhos azuis. Ela vive presa em sua casa, e seu objetivo maior é aproveitar a vida e a pouca liberdade que ainda tem, pois com a ajuda de um amigo ela consegue sair de casa e aproveitar as festas e baladas da cidade. Ela  quer aproveitar a vida, sem amarras, mas quando conhece Nicholas vê sua vida virar de cabeça para baixo, e surge uma paixão proibida.

“ Katzen era um fascinante enigma, e a cada minuto ele tinha mais certeza do quanto a queria. Quanto mais ela o intrigava, mais ficava louco por rete-la. ”

Lisy, é a muçulmana da Universidade de Liverpool, esta cursando ciências nucleares, na mesma sala de Nicholas. Ela sofre muito preconceito, gerado por suas vestimentas e sua etnia, porém ela é muito madura, e suas frases e lições são muito impactantes. Deixo aqui para vocês algumas pérolas de Lisy, que me marcaram.

“Não. É melhor ter o que é ruim primeiro. A sensação do que é bom deve superar á do que é ruim...”


“Não dificulte o que é fácil. Perder pessoas que significam muito, dói demais. Então não adie por orgulho o que você pode resolver com humildade. Pior é perder alguém por falta de dialogo.”


“O primeiro passo para reconquistar uma perda é reconhecer a culpa.”
Depois de Nicholas ganhar uma importante partida de futebol, ele e seus amigos vão comemorar em uma balada. Assim que ele chega, já aparecem três mulheres ao seu redor e começam a seduzi-lo,mas assim que ele avista a ruiva de olhos azuis, ele se despede das mulheres, e passa a observá-la. E assim ele conhece Kat, a sintonia deles é tão forte que Nicholas, tem certeza que nunca sentiu nada parecido por nenhuma mulher.

Muitas coisas acontecem, e Nicholas se envolve de forma diferente com as duas personagens. Ele sente por Kat um desejo físico sem igual, e desde quando a conheceu sentiu que ela era diferente, e aos poucos se apaixonou, já com Lisy ele sentia a obrigação de protegê-la, e adorava os conselhos que ela lhe dava.

Com o passar dos dias Nicholas começa a se envolver com Kat, porém ela continua misteriosa e sempre que ele fazia perguntas sobre a vida dela, ela simplesmente se esquivava e mudava de assunto. Mas Nicholas não desistiu, e descobriu muitas coisas a respeito dela e de sua família.


Na Universidade, Nicholas estava cada vez mais proximo de Lisy, sempre no intervalo ele tentava despistar o segurança dela para irem conversar no terraço, e como a religião dela não permitia que ela conversasse com ele, ela sempre escrevia o que queria dizer a ele. E isso só faz com que Nicholas fique confuso em relação ao que sente entre Lisy e Kat.

A historia promete muito suspense e segredos.O primeiro segredo que desvendei foi o de Lisy e Kat, porem no decorrer da 2° e 3° parte do livro aconteceram muitas coisas que me pegou de surpresa.

A Autora fez o livro como se fosse uma trilogia em um único volume, separou ele em 3 partes, e apesar de eu ter apenas falado sobre a primeira parte, pois não quero dar spoiller, garanto que as outras duas partes são tão empolgantes quanto a primeira.

Confesso que de inicio eu me assustei com o tamanho do livro, mas a leitura é tão gostosa que quando você percebe já esta quase terminando e pedindo BIS.

“Sabemos a solução para os nossos problemas, no entanto, procuramos apoio para as decisões erradas as quais queremos conivência.”

E para finalizar deixo mais uma mensagem que me marcou, e olha que não foram poucas viu, rs .

“A verdade é dura de entender. A realidade tem riscos e incerteza. Porem, a verdade e baseada em amor e real, em amizade. Não buscada na ilusão, na atração física. Mas a verdade exige escolha. Enfrente ou esquivar-se?”
Beijos e até a próxima .


Conhecendo a Autora:


 Bia Braz
Bia Braz é o pseudônimo de uma pessoa simples, urbana, apaixonada por árvores, gatos e música. Mora na capital do país, sua cidade natal, com seu esposo e filha. Musicista e servidora do Estado da Secretaria de Segurança Pública do DF, graduou-se em Matemática e é especialista em Segurança Pública. Iniciou sua trajetória como escritora de romances com fundo policial em 2009 e conquistou fãs por todo o Brasil e fora dele com sua forma ousada e romântica de escrever.

12 comentários:

  1. Olá!
    Sua resenha é bem entusiasmada que acabou me contagiando.
    Estou em outro momento literário agora, mas anotei a dica.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, que bom que gostou, e tente arrumar um tempinho para essa historia :)

      Bjs

      Excluir
  2. Amei a resenha! Já estava querendo ler esse livro antes, mas agora com o que você falou dele me deu mais vontade ainda de ler!
    Um beijo <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, acredito que não vai se arrepender de lê-lo :)

      Bjs sz

      Excluir
  3. Não é o estilo de livro que costumo ler. E a sinopse não me agradou muito não. Mas sua resenha está otima.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesso que também não é o estilo de livro que costumo ler, porem gostei da desenvoltura da autora, e do desvendar dos segredos rs

      Bjs

      Excluir
  4. Olá!
    O livro parece ser bem interessante para quem gosta do gênero.
    Tem todos os elementos que um bom romance deve ter: mistério, sedução, amor, drama... É uma boa indicação, além de ser um livro nacional e é sempre bom valorizar a nossa literatura.

    Gostei da sua resenha ^^
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Li algumas resenhas do livro e todos concordam que é um bom romance cheio de suspense. Gostei do modo como a autora parece ter desenvolvido o enredo, sem deixar a personagem muçulmana caricata e, milagrosamente, sem fazer do protagonista masculino um bronco sedutor. Gosto muito das capas da Arwen, captam a essência dos livros. A leitura já estava na lista (sou parceira da editora), só me resta passar à frente! ;)

    ResponderExcluir
  6. Oiii!
    Eu não conhecia o livro e nem a autora.
    Achei interessante envolver na história uma muçulmana, algo bem incomum hoje em dia nas histórias.
    Como estou fugindo um pouco de romances, por enquanto eu não leria, mas achei legal a autora dividir o livro em três partes ao invés de fazer uma trilogia. Só achei o livro beeeem grande rs. Gostei da resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oiee Thais ^^
    Passei os olhos pelas informações lá em cima, mas só percebi a quantidade de páginas quando você mencionou. Fiquei assustada aqui kkkk'
    Já tinha visto o livro antes, mas esta foi a primeira resenha dele que eu li. Mesmo vendo que você gostou, eu não fiquei muito animada para ler, não sei por que, já que eu adoro romances *-*
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir

Seja bem vindo!
Muito obrigada pelo seu comentário, sua visita é muito importante para o Paraíso!!
Volte sempre

Tecnologia do Blogger.