[Resenha] O que me disseram as flores - Alane Brito


Título: O que me disseram as flores
Autor: Alane Brito
Editora: Arwen
Páginas: 392

Ano: 2015


Presa a uma promessa feita por seu pai, Ângela decide desafiá-lo a aceitar que não é vontade dela se casar com alguém que conhecia apenas através de cartas. Deixando-se levar por uma mentira, William viaja até a prometida, acreditando encontrar uma moça tão apaixonada quanto ele. Entretanto, depara-se com a força da raiva de alguém com quem sonhava passar o resto de sua vida. Por conta do grande amor que aprendeu a nutrir por ela, decide, então, lutar para conquistá-la. Usando a linguagem das flores para se declarar e, cada dia, se revestindo de uma força descomunal para suportar as palavras afiadas e suas duras atitudes, ele tenta encontrar uma maneira de fazer com que o ódio, que ela tanto demonstra sentir, se transforme em algo bom, mas para isso ele mesmo precisa continuar acreditando que é possível... Um grande amor é realmente capaz de suportar tudo? Conheça a emocionante história de duas pessoas numa mesma batalha, mas que lutam por desfechos diferentes. E que vença o mais obstinado.
Olá galerinha! Tudo bem com vocês?
Hoje venho contar para vocês sobre um livro intenso que li no mês passado, "O que me Disseram as Flores" da nossa parceira Arwen.
Nele encontramos duas histórias sobre duas adolescentes, separadas por séculos: Rachel e Ângela.

Rachel está mudando com seus pais para a fazenda da família, como toda adolescente da metrópole, não está satisfeita em deixar sua vida habitual para viver no campo. Ao chegar na fazenda Rachel encontra um diário, que nos revela a história de Ângela Marques. 


Em 1909, Elisa e Santiago conheceram-se, e pouco depois, acabaram se casando. Alguns dias antes de seu casamento, Santiago firma uma promessa com Afonso, seu melhor amigo, seus filhos, quando crescerem casarão, eternizando a amizade dos pais. Ângela foi prometida a William antes mesmo de eles nascerem, e, quando Afonso morreu, Santiago ficou ainda mais determinado a cumprir a promessa que fizera ao amigo, obrigando Ângela a casar-se com William.


Mas claro que Ângela não aceita essa situação, quando criança trocava cartas com Willian, mas depois que se apaixonou por Felipe, irmão de sua melhor amiga, desiste de cumprir a promessa feita por seu pai.


Willian não sabendo da desistência de Ângela, nutri seu amor por ela durante anos, e quando chega a cidade para conhece-la, para sua decepção Ângela o ignora e começa a trata-lo com desprezo e muitas vezes crueldade.
''O que ela insinuava não saber era que essa batalha pouco a pouco se tornava mais difícil de ser vencida. Suas palavras pareciam flechas em chamas o atingindo, causando-lhe uma dor lancinante em sua alma. Era inexplicável ver a mulher por quem nutria tanta afeição tratá-lo como um ser insignificante, como se ele não tivesse sentimentos, como se fosse imune aos golpes quase mortais em seu coração.''
Ângela quer que Willian desista de se casar com ela, por isso apronta muito, o faz e gato e sapato, humilha, maltrata, destrata. Em muitas vezes tive vontade de esganar a Ângela, por fazer o Willian sofrer e mesmo assim, ele sempre esteve disposto a realizar seus caprichos e vontades, tentando conquistar o coração de sua amada.

Em um emaranhado de emoções o leitor vai rir, chorar, odiar, amar e torcer pela felicidade dos personagens principais. O livro nos pega de surpresa e nos arrebata por dentro por conta da forma como a autora soube mexer com nossos sentimentos. Eu gostei do livro, conseguiu me prender com a narrativa, os cenários, figurinos, diálogos, são muito bem descritos fazendo nós leitores nos transportar para o passado. 

Mais que um romance, "O Que Me Disseram as Flores" é uma lição de vida, sei que parece totalmente clichê o que eu acabei de dizer, mas é mesmo verdade, a trama vai além do esperado e nos deixa perplexo com o fato de que algumas atitudes impensadas, imaturas e irresponsáveis podem mudar nosso destino definitivamente.

9 comentários:

  1. mas há que se entender a guria, porque casar apenas por causa de uma promessa ia ser lasca =T coitada dela... e de certa forma, dá pena de William por ele ter se apaixonado sem ser retribuido...

    de qualquer forma, achei a trama bem clichê, e por ser romance, não leria... não curto o gênero...

    ResponderExcluir
  2. Oi Tati, eu já havia lido outra resenha desse livro, que já tem um título e uma capa incríveis, logo é de se esperar que a premissa também seja boa, e apesar de não gostar desses romances, eu achei a história legal e acho que eu leria sim, pois fiquei bem curiosa para saber o desfecho dessa história. Bjs

    ResponderExcluir
  3. É tão bom quando a gente pega um livro que é mais do que apenas uma história, não é mesmo? E quando eles trazem ensinamentos são ainda melhores. Já tinha ouvido falar do livro mas não tinha ficado tão empolgada com ele, agora estou pensando em dar uma chance :)
    E que capa linda!!!!
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  4. Tati, achei a capa linda, mas em uma das poucas vezes é um romance que não me prendeu e não me chamou atenção.
    Já li algumas resenhas e nenhuma consegue me deixar com vontade de ler, infelizmente.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  5. Ei Tatiana!
    Que capa fofa! Que livro incrível!
    Ele já estava na minha estante há um tempão... dei um de presente pra minha mãe e ela tão rápido que eu fiquei :o
    Tive que ler ne!! kkkkk
    Amei! bjsss
    http://umavidaliteraria1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Tati!
    E quem não adora um romance clichê? E esse livro parece ter todos os elementos para me fazer apaixonar: capa linda, enredo interessante. Quero ler com certeza!
    Bjs
    Quem Lê, Sabe Porquê

    ResponderExcluir
  7. Oii,

    Já vi a resenha desse livro em outro blog, e achei a história bem bacana. Fiquei curiosa para saber o que vai acontecer com os filhos prometidos.

    beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Tati!
    Nossa, você gostou mesmo do livro, hein!?
    Comigo a história não rolou muito não, o mocinho banana me irritava demais, pior a outra que se achava livre, que podia tudo e fazer o que quisesse, achei UO ahahhaah Mas, amei o final, ela teve o que mereceu!
    Beijos

    LuMartinho | Face | Sorteio de Natal

    ResponderExcluir
  9. Ameeei a resenha, Tati!!! Agradeço demais por ter lido meu livro e fico mais feliz ainda por ter gostado!! *--*
    Beijos!!!

    ResponderExcluir

Seja bem vindo!
Muito obrigada pelo seu comentário, sua visita é muito importante para o Paraíso!!
Volte sempre

Tecnologia do Blogger.