[Resenha] Primeiro e Único - Emily Giffin

Título: Primeiro e Único
Autora: Emily Giffin
Editora: Novo Conceito
Páginas: 448
Ano: 2015


Sinopse:
Primeiro e Único - Shea tem 33 anos e passou toda a sua vida em uma cidadezinha universitária que vive em função do futebol americano. Criada junto com sua melhor amigas, Lucy, filha do lendário treinador Clive Carr, Shea nunca teve coragem de deixar sua terra natal. Acabou cursando a universidade, onde conseguiu um emprego no departamento atlético e passa todos os dias junto do treinador e já está no mesmo cargo há mais de dez anos.
Quando finalmente abre mão da segurança e decide trilhar um caminho desconhecido, Shea descobre novas verdades sobre pessoas e fatos e essa situação a obriga a confrontar seus desejos mais profundos, seus medos e segredos.
A aclamada autora de Questões do Coração e Presentes da Vida criou uma história extraordinária sobre amor e lealdade e sobre uma heroína não convencional que luta para conciliá-los.

Shea é uma jovem completamente apaixonada por futebol americano, criada nesse meio desde que se conhece por gente, ela trabalha na departamento de imprensa da Faculdade Walker, onde o treinador Carr, pai de sua melhor amiga Lucy, esta a frente de um dos melhores times de futebol americano universitário.

Além de seu profundo amor pelos Broncos, time do seu coração, Shea também tem uma extrema admiração pelo treinador, talvez não pelos motivos certos, se levado em consideração que ela cresceu tendo ele como uma imagem de pai, já que seu próprio não é nada presente. Ela tem uma vida simples, e o fato de estar perto de tudo que gosta nunca a fez pensar em mudar de alguma forma para melhor.


"Minha vida era mamão com açúcar, e, apesar das duvidas recentes que me surgiam a respeito de qual direção seguir, eu não conseguia entender porque tantas pessoas ao que pareciam acreditam na filosofia de que o fácil é justamente o oposto do digno."

Começamos o livro com o falecimento da esposa do treinador Carr, uma mulher de extrema importância para todos os que estavam ligados a família e ao time de futebol. E é nesse momento que Shea começa a questionar, se ter passado esses 33 anos trancada na mesma cidade fazendo sempre as mesmas coisas foi saudável.

Ela começará a trilhar um caminho sem volta, onde amadurecer e se descobrir é inevitável. A partir daí começarão a aparecer questionamentos sobre sua vida, sua profissão, seu relacionamento, e assim tudo começará a mudar, e talvez aquilo que ela achava ser uma coisa pode ser outra completamente diferente, confuso né? kkkkkkk
E é no meio dessa encruzilhada de mudanças, que Shea vai perceber que sua admiração e fanatismo pelo treinador Carr são muito mais que isso, ela esta apaixonada pelo homem que toda a sua vida foi um exemplo, pelo pai de sua melhor amiga, um amor impossível, que vai nos mostrar que o impossível pode ser possível.


"Porém quanto mais eu tentava convencer a mim mesma, mais o muro de negação vinha abaixo. E, dessa vez, no meio do caminho entre Walker e Dallas, não havia como ignorar a sensação que me golpeou as entranhas: eu sentia algo pelo pai de Lucy. Algo inegável, real, não como amiga, nem como filha, mas como mulher e homem."

Não vou negar que me senti extremamente confusa até a metade do livro, principalmente durante o período de transformação da Shea , e isso atrelado aos termos de futebol americano realmente não me ajudou.

A escrita da autora é incrível, mas temo que esse não tenha sido uma de suas melhores obras, já que por inúmeras vezes ouvi falar tão bem dos livros dela.

Os personagens são encantadores e cada um possui uma personalidade muito marcante, o que transforma a história em algo muito concreto, o problema é que pra mim, a leitura só começou a ficar realmente interessante depois da metade, quando Shea realmente se encontra, começa a decidir o que ela realmente quer da vida dela e o que realmente é importante.

O futebol, é uma parte muito grande do contexto do livro, e agrego a isso minha maior dificuldade em me apaixonar pela história. Mas ainda assim, com toda a minha dificuldade é impossível não identificar os ensinamentos passados pela autora, o reconhecimento do amadurecimento não só da Shea, mas dos outros personagens também, como Lucy que aprende a ser mais maleável e levar em consideração os sentimentos dos outros.


"... a forma de enxergarmos o mundo é pura questão de interpretação. É muito mais querer, desejar e esperar do que acreditar bem lá no fundo."

A capa esta perfeita, representa muito bem o que o livros nos passa, com páginas amareladas e letras com um tamanho agradável, a leitura é bem confortável, mas apesar disso encontrei alguns pequenos erros gramaticais durante a leitura, nada comprometedor e que impeça a compreensão da obra.

Enfim, no final eu realmente me apaixonei por Shea e suas reviravoltas, e cheguei ao momento em que soltar o livro era impossível, precisava saber o que ia acontecer e como ia acontecer, e claro, torcer pelo Broncos!!!

Não é meu cinco estrelas, porque no final eu queria mais romance e menos futebol, mas ainda sim ele me conquistou e eu indico porque sei que vocês irão ficar curiosos com esse romance tão improvável e ao mesmo tempo tão encantador.

Espero que tenham gostado e claro espero ter a honra de conhecer outra obra da autora para assim poder tirar cnclusões exatas.

Beijokas e até a próxima



43 comentários:

  1. Oi, Kelly!
    Tenho curiosidade em conhecer a Emily, já que ela tem vários livros lançados e saber que você que ela tem uma escrita incrível me deixa com mais vontade ainda, além de romance ser um gênero que gosto muito. Bem, parece que esse é um bom livro para começar, acho que a parte do futebol não me atrapalharia rs,. Adorei a resenha!

    Beijo.
    livrosdawis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Wis,
      Apesar de tudo, achei a escrita dela muito boa mesma, pra mim o livro poderia ter começado na metade e já estaria super feliz, já que dali pra frente não consegui mais largar, agora quero colocar as outras obras dela na minha lista de leituras!!

      Beijokas

      Excluir
  2. Ola Kelly,
    A capa esta realmente bonita, mas imagino que não me interessaria pela história.
    Mas, vem cá, parece um filme, e quando sair provavelmente eu assisto ^^
    Éhh acho que sou estranha XD
    Beijos, parabéns pela resenha

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Dani,
      A capa é muito fofa mesmo, e descreve bem o assunto do livro, já que o Protagonista se torna o futebol kkkkkkk, ele realmente me fez
      lembrar de alguns filmes que já assisti, mas não acredito que ele vá parar no cinema.

      Beijokas

      Excluir
  3. Do dia que chegou o livro até o dia que mandei pra VC fiquei muito curiosa para ler, eu olhava na estande e ele lá, todo lindo me dava uma vontade de passar na frente e ler, rsrsrs, tem muitos outros nas frente, mas um dia quero ler esse livro, adorei o enredo.

    Beijinhos sócia <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sócia!
      Você estava paquerando minha leitura? O.O kkkkkkkkkkkkkkkkk a capa realmente chama muita atenção, e você pode roubar minhas leituras kkkkkk

      Te mando junto com o pacote imenso que tenho que colocar no correio!

      Beijokas

      Excluir
  4. Olá!
    Quando comecei a ler esse livro, achei a história meio chata. Mas depois fui me apegando aos personagens e devorei o livro. Queria que tudo desse certo para Shea e treinador Carr. Rolou um preconceito na questão da idade, mas depois entendi e torci muito pelo casal. A Emily mais uma vez ganhou meu coração com suas histórias.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Su,
      Nos sentimos do mesmo jeito então, o começo da leitura também foi muito arrastado pra mim, mas então quando chegou na metade já estava apegada demais para abandonar kkkkkkkkkkkkk
      E ainda bem que não abandonei já que no fim valeu super a pena leitura!
      Emily na lista de favoritados

      Beijokas

      Excluir
  5. Kelly, eu fiquei meio confusa sobre a história.
    E acho que a história não fosse me ganhar, sei lá, mas tem algo que não me ganha.
    É uma pena porque assim como você já ouvi falar muito bem da escrita da autora.
    Por enquanto eu não leria.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Debby,
      Ela te ganha sim, apesar de no começo ser um pouco confuso e cansativa, depois você vai se paegando aos personagens e fica impossível não querer ler até o final.

      Beijokas

      Excluir
  6. Oii Kelly, esse livro me chama atenção porque a autora é sensacional, né? Apesar de que, tenho outros livros preferidos dela, como o "Uma Prova de Amor". Já leu esse? Obrigada pela resenha linda, beijos!

    http://jardimdoslivrosdahelo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Helo,
      Esse é o primeiro livro que leio dela, apesar de já ter ouvido falar de outros, mas de toda forma eu fui conquistada sim, e gostaria de conhecer os outros livros dela...

      Obrigada você
      Beijokas

      Excluir
  7. Sou suspeita, pois amo Giffin!
    Esse livro me tirou um pouco da zona de conforto dela. Um romance bem diferente.
    Também me apaixonei por Shea!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rizia,
      Esse é o primeiro romance dela que leio, e tive um pouco de dificuldade no começo, mas cabei me apaixonando pelos personagens!
      Quero ler os outros dela agora kkkk

      Beijokas

      Excluir
  8. Oi Kelly!
    Sempre vejo comentários positivos sobre essa autora, mas ainda não li nenhum dos livros dela... Até fiquei curiosa sobre esse, mas o fato de envolver muito futebol não me animou kkk
    Gostei muito da sua resenha, mas ela me convenceu a começar a conhecer a autora por algum dos outros livros dela...
    Beijos
    sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eve,
      kkkkk não faz assim, ele é legal no final das contas, é só que a Shea gosta demais de futebol kkkkkkkkkkkkkkk
      Mas eu também vou tentar ler outras obras dela pra tirar a má impressão.

      Beijokas

      Excluir
  9. Oi. eu vi o livro, mas não curti muito a leitura.
    abandonei no meio, acho que comigo não funcionou

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lilian,
      Também pensei em abandonar, mas me manti firme e forte com a esperança de que ficasse melhor, e acabou que fui muito bem recompensada po isso.

      Beijokas

      Excluir
  10. Olá!
    Já ouvi falar desse livro, mas não me identifiquei com a trama a ponto de querer ler o livro.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Babi,
      Como sempre, adquiri o livro pela capa, e não me arrependo, a trama é bem legal.

      Beijokas

      Excluir
  11. Amiga eu li muitos comentários positivos e negativos sabe?
    Eu tenho bastante interesse em ler, porque quem o resenhou foi a Agatha e ela já me mandou de volta. Espero gostar bastante, ainda mais se tratando de um romance, apesar de ter jogo de futebol no meio. Mas também é bom, porque dá uma variada e não fica aquela coisa melosa o tempo todo. Acho que é sempre bom a gente sair do nosso conforto ! hahahahaa

    Saudades de vc amiga viu? Espero que esteja bem
    E me manda o email lá do PROJETO do exemplo que eu não recebi

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/08/resenha-o-mago-de-camelot.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deixando o outro link aqui amiga - http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/08/resenha-ovelha.html

      Excluir
    2. Oi Sil,
      Eu também já varios comentários em geral sobre a autora, e sempre mais positivos do que negativo. Não tinha pensado por esse lado, mas realmente o futebol é uma coisa nova, e o romance entre ela e o pai da amiga é realmente inédito. Lê sim que você vai gostar!!!
      Também estou com saudades amiga, a maior correria do lado de cá... Mas uma hora as coisas se acalmam kkkkk

      Beijokas

      Excluir
  12. Olá!
    Até hoje só li um livro da Emily Giffin e infelizmente não gostei muito dele, apesar de ver a qualidade da obra. Não farei a leitura de um outro até ter vontade de ler algo assim.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kah,
      Que pena, assim que tiver tempo vou me aventurar em outra obra dela.

      Beijokas

      Excluir
  13. Olá,
    Já ouvi falar dos livros da Emily Giffin mas nunca senti muita vontade de ler, esse me interessou pq você disse que tem menos romance. Não sou fã de romances rs.

    Coração Leitor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jess,
      Você é uma raridade hein? E ele tem romance sim, mas comparado aos livros que estamos acostumados, ele é bem leve, e fala muito de futebol americano kkkk

      Beijokas

      Excluir
  14. Oiee.

    Sempre gostei da autora, porém, este livro está me deixando com muito medo - risos!

    Beijos
    http://www.amorliterariooriginal.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oiii, como vai?
    Nunca li nada da autora e, apesar do romance, fiquei curiosa com esse livro.
    Eu amo futebol americano, e logo de cara isso me chamou atenção, porque nunca li nada em que esse esporte estivesse presente, então, acho que é uma oportunidade, e também não me atrapalharia os termos e tal.
    Achei que talvez o livro seja um pouco previsível, mas espero que não.
    Dica anotada!!! Beijos!!!

    ResponderExcluir
  16. Ainda não li o livro mas posso dizer que eu acho que a certa confusão do começo do livro durante o amadurecimento da Shea pode ser exatamente por ela estar amadurecendo, é sempre tão confuso...
    Os termos apesar de confusos para mim que não entendo nada do esporte não me atrapalhariam, eu iria aproveitar a oportunidade para aprendê-los

    ResponderExcluir
  17. Oii!

    Muitas pessoas falam super bem da escrita dessa autora, mas esse livro dela não me chamou muito a atenção. A capa é bem bonita, mas a sinopse não me conquistou.

    Beijos, Amanda
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  18. Oi, flor! Não é a primeira crítica ao ritmo da história que leio... Parece que quem curtiu o livro, só o fez da metade para frente, haha. Que pena, pois considero a primeira parte primordial para manter a atenção do leitor. Parece ser um bom livro, mas confesso que não tenho vontade de lê-lo no momento.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Ainda não li nenhum livro da autora , mas sempre fui curiosa com os livros dela.
    Já li outras resenhas dele e vi que fala muito de futebol isso acho que me atrapalharia.
    Gosto de romances imprevisiveis com certeza vou ler.
    Anotado a dica que só pro meio fica bom rsrs
    Adorei a dica, bjs
    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkk Olá Carol,
      É verdade, só fica bom depois da metade, não sou uma das maiores fãs de futebol, então acho que isso foi um ponto contra mim kkkkk Mas depois ficou muito bom viu.

      Beijokas

      Excluir
  20. Olá Kelly!
    Eu Adoro os livros da Emilly, suas histórias são lindas e reais, é impossível não se identificar com os personagens ou já ter passado pelo que eles estão passando, um sentimento ou até mesmo a situação. Espero ler logo, está na minha lista desde o lançamento, e ainda não tive oportunidade de compra-lo rs' ótima resenha!

    Beijos,
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir
  21. Achei a história bastante interessante, mas sabe o que ficou parecendo? Aqueles filmes de sessão da tarde.. rsrsr
    Confesso que futebol não seria a minha praia também, mas como já vi bastante filmes desse tema, acho que seria menos ruim a leitura dele, espero que não seja 90% futebol rsrsr

    ResponderExcluir
  22. Oi Kelly, estou com o livro aqui em casa, mas ainda não o li. Tenho o medo de me sentir confusa do mesmo jeito que você, só que até o final da história.
    E também tem toda essa história do futebol, que não me agrada muito. Talvez eu leia, sei lá.
    Gostei da resenha. Beijos,
    http://www.entreleitores.com/

    ResponderExcluir
  23. Oi! A capa desse livro é linda, mas confesso que a história não me chamou tanto a atenção e me pareceu um tanto confusa...

    Beijos
    albumdeleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  24. Oi..
    Eu adoro a escrita da autora tanto que tenho todos os livros anteriores dela, mas essa confesso que não me chamou nem um pouco a atenção e ouvi várias coisas negativas sobre ele, por isso tenho quase certeza que não o leria.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  25. OI Kelly!
    Vou começar esse livro agora, não sei se vou dar 4 estrelas, porque tem coisas que você falou que eu não sei se vou curtir, mas espero que seja uma ÓTIMA leitura!!
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  26. Olá! Até hoje eu não li nada da autora, apesar de morrer de vontade. Pretendo dar uma chance em breve, mas confesso que a história desse livro não me atraiu muito... Ainda assim, a Shea deve ser mesmo muito cativante e todos os questionamentos que ela faz sobre sua própria vida bem pertinentes. Quem sabe um dia dou uma chance =) Beijos!

    ResponderExcluir
  27. Oi Kelly, tudo bem?
    Já ouvi falar bastante dessa autora, muito positivamente até e tenho muita curiosidade de ler seus livros, mas esse não é um deles. A premissa não me atraiu e com sua resenha percebi que não é o tipo de leitura que me atrai, mas fico feliz que tenha gostado.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  28. Não conhecia o título, mas fiquei interessada. Parece bem interessante, e não é qualquer um que merece uma avaliação dessas. Obrigada pela dica, foi direto para minha lista de desejados.

    LETRAS COM CAFEÍNA

    ResponderExcluir

Seja bem vindo!
Muito obrigada pelo seu comentário, sua visita é muito importante para o Paraíso!!
Volte sempre

Tecnologia do Blogger.