[Hora de Filmes!] 50 Tons de Cinza: Perca o controle!



Olá pessoas bonitas! ^^
Ontem eu fui ao cinema conferir a estréia de 50 Tons de Cinza e vim contar para vocês como foi, mas antes, vamos saber um pouquinho mais sobre como surgiu esse fenômeno mundial?


O INÍCIO DE TUDO - APENAS UMA FANFIC :: 2009

Em 2008, a estréia da adaptação do romance vampiresco Crepúsculo (Stephenie Meyer) para o cinema, trouxe a tona um espécie de frenesi mundial. A moda da época eram romance e vampirismo. Com um fandom em ascensão completamente apaixonado pela história perigosa do sedutor vampiro Edward Cullen e da humana Bella Swan, várias fanfics* usando como personagens principais, Edward e Bella foram criadas, dando mais vida aos personagens de Meyer. 

*Saiba mais sobre o termo aqui.

No meio de tantas histórias criadas usando os personagens da Saga Crepúsculo pela internet a fora, uma amadora autora britânica até então conhecida pelo nome de "Snowqueen IceDragon" obteve grande destaque como ficwriter (autora de fanfics) com um romance erótico extremamente ousado entre Bella e Edward, intitulado como Master Of The Universe (Mestre do Universo). Uma febre sadomasoquista se alastrou rapidamente e logo, MOTU como era popularmente conhecida a história, começou a ganhar traduções amadoras de seus fãs para vários idiomas. 

DOIS ANOS DEPOIS - UM SUCESSO DE VENDAS :: 2011

Nunca uma fanfic havia feito tanto sucesso. Com tamanho destaque, a autora decidiu retirar os capítulos postados na internet e terminar a obra em forma de E-book, adotando o nome de E. L. James, abreviação de seu verdadeiro nome, Erika Leonard James. A partir daí, nascia Fifty Shades Of Grey, tradução literal para Cinquenta Sombras de Grey, um trocadilho referente ao nome do protagonista que ganhara o nome de Christian Grey na versão Original.
Sucesso de vendas na internet sob aos mãos de uma pequena editora australiana, logo a obra obteve os direitos de publicação em papel adquiridos pela renomada editora britânica, Vintage Books. A publicação dessa história abriu procedentes para a publicação de diversas fanfics como livros, coisa que não existia antes. Cretino Irresistível de Cristina Lauren, é um exemplo.
Tornando-se rapidamente um best seller na Grã-Bretanha, hoje o livro de E. L. James já está traduzido para 37 línguas e fora lançado no Brasil pela Editora Intrínseca, que arrematou os direitos de tradução em leilão por 780 mil dólares.



UM SONHO ERÓTICO PARA O CINEMA - 50 TONS DE CINZA: O FILME ::  2012

Com tamanha repercussão da obra, é claro que as industrias cinematográficas de Hollywood começaram a especular a possibilidade do best seller vir a se tornar uma super produção do cinema. 
E foi o que aconteceu. Em março de 2012, a Universal juntamente com a Focus Features, adquiriu os direitos por uma soma superior a U$$ 3 milhões.
Sob a supervisão de E. L. James, aos poucos a obra fora se transformando em um projeto, pronto para ser rodado para as telonas.

A POLÊMICA ESCOLHA DO ELENCO - MATT BOMER & ALEXIS BLEDEL, UM SONHO DOS FÃS? :: 2013

Com tamanha repercussão da obra, 50 Tons ganhara seu próprio fandom e seus fãs começaram a opinar sobre a escolha dos atores para interpretar o Dominador Christian Grey e a meiga Anastásia Steele.
Descrita como morena, de franja e com belos olhos azuis, a atriz Alexis Bledel tornou-se favorita do fandom para dar vida a Ana e Matt Bomer, para interpretar Christian Grey. Porém, uma revolta se instalou quando foi anunciado que Dakota Johnson e Charlie Hunnam interpretariam o casal.
Até mesmo um abaixo assinado reunindo milhões de assinaturas na internet fora feito para que houvesse uma mudança de elenco, porém de nada adiantou. Os protagonistas foram mantidos, até o dia em que Charlie Hunnam decidiu abandonar o elenco e em seu lugar entrara Jamie Dornan.
Sem poder fazer mais nada, o fandom teve que se contentar com a escolha do elenco e esperar pacientemente pela estréia do filme.

CINQUENTA TONS DE CINZA: PERCA O CONTROLE! :: 2015

E ontem, dia 12 de Fevereiro de 2015, foi a estréia mundial da adaptação do livro mais vendido do mundo, atualmente!
Eu fui conferir e agora conto a vocês como foi.
Desde quando a fora anunciado a adaptação da trama de E. L. James, a Universal tem trabalhado bastante em marketing nas redes sociais. Quando lançou o primeiro trailer então, a internet literalmente parou para ver. Foram mais de 37 milhões de visualizações em menos de 24 horas e o trailer ficou dentre os videos mais vistos do youtube durante semanas.
Dakota Johnson não era a favorita do público para dar vida a ingênua Anastácia Steele, porém, deu um belo show de interpretação nas telonas, e Jamie Dornan tão pouco era o favorito. No entanto, ambos tiveram uma atuação a meu ver mais do que satisfatória. Jamie Dornan literalmente encarnou a personalidade fria de Grey e Dakota, as manias e a personalidade ingênua de Ana, porém, seu jeito doce e até mesmo sensual, fez com que a personagem se tornasse muito melhor do que a do livro. Eu amei a atuação dela. Já assisti alguns filmes com essa atriz e ela esta de parabéns, assim como Jamie Dornan.
Confesso que a principio duvidei da capacidade dela de interpretar a Ana, mas heis que ela me surpreendeu. No entanto, eu tenho alguns pontos a ressaltar.

Sempre tem aquela polêmica de que o filme nunca é fiel ao livro e que sempre mudam muita coisa, pois pasmem: tudo o que esta no filme, esta no livro e a meu ver, melhorado até!
Cenas desnecessárias no livro, como por exemplo aquela cena polêmica e nojenta do absorvente - quem leu, sabe -, foram retiradas. Amém!
O filme conta a história direta e reta. Simplesmente. Sem rodeios, sem incrementações que não há no livro. Tudo real.
Agora vamos falar de outros pontos do filme... A produção, diretoria, efeitos... A parte do design.
Os produtores são Michael De Luca e Dana Brunetti (Famosos pelo sucesso "A Rede Social"). Sendo dirigido por Sam Taylor Johnson e o roteiro por conta de Kelly Marcel, e eu achei alguns pontos negativos que vou ressaltar.
A história, esta muito legal. Já assisti várias adaptações de livros para o cinema e essa de longe, é uma das mais fiéis ao livro, mas por todos os milhões gastados nesse filme, achei a iluminação muito amadora. Nem parecia uma produção de Hollywood. O cenário ficou bem interessante, o figurino eu simplesmente amei (quero o guarda roupa da Ana pra mim hahaha'), os atores escolhidos não são conhecidos, porém interpretaram muito bem seus respectivos papéis, mas a iluminação do cenário estava artificial demais ao meu ver, aliás, não somente  a iluminação, mas as cenas de sexo também. Durante essas cenas, parecia que tanto Dornan quanto Dakota não estavam a vontade. Quer dizer, eles estavam nus na frente das câmeras, mas isso deveria ser natural para um ator, certo?
Porém, para eles parecia que estavam desconfortáveis fabricando o sexo nas telas. Não sei, talvez falta de química? Medo de apanhar da esposa depois caso se empolgar demais, senhor Dornan? rsrs
Afinal, ele estava com um mulherão, totalmente nua em seus braços e ele também estava totalmente despido! Acredito que é a segunda opção. Química entre eles tem, da pra perceber isso nas fotos das premiers, nos photoshots e nas cenas onde há apenas beijos.
E para aqueles que especularam se iriamos ver o conteúdo de dentro da cueca do Jamie - que alías, parece que nem usa cueca nesse filme, assim que sair o dvd quero prestar mais atenção nisso rsrs - a resposta é não. Não e dessa vez que vocês verão a "conda" do Jamie rsrsrs

Enfim, o que mais prejudicou o filme mesmo foi a iluminação precária que deixou muito a desejar. A trilha sonora do filme é maravilhosa, porém algumas músicas pareciam não ornar com as cenas em que foram aplicadas. Exemplo, Crazy In Love (remix) apareceu numa cena no quarto da dor, e eu realmente não achei que ficou legal. Hanted apareceu na cena em que Grey usa o gelo no corpo da Ana e eu também não achei que ornou legal. As músicas são ótimas, porém, as cenas em que foram aplicadas não pareciam combinar com elas. É claro que eu vi o filme somente uma vez e dublado, então talvez a minha primeira impressão não seja a que prevaleça, mas... Por ora é o que eu senti.
Por último, vou destacar um ponto... a censura do filme. Quando foi liberado a censura, era 18 anos, depois de muitos abaixo assinados e rebelião por parte dos fãs, abaixaram para 16 anos e eu acho que isso irá causar sérios problemas para os pais, uma vez que o filme tem cenas de sexo explicito mesmo. Eu achei isso realmente o cúmulo. Tudo bem que estamos em pleno século XXI e hoje em dia adolescentes de 12 anos estão tendo filhos, porém, não podemos incentivar, não é? Achei isso errado, mas fazer o que?

De resto, o filme é muito bom e apesar da cena final dele não ser a mesma cena final do livro, deixou aquele desespero de 'OMG! E agora?', 'Quando estréia o próximo, vai demorar muito?'. Eu realmente gostei do filme, tirando os pontos acima.
Bom, eu adoro os livros, gostei muito do filme e essa é a minha opinião a respeito.
A nova capa do livro da versão do filme foi apresentada há algumas semanas e a nova edição do livro já pode ser encontrada nas livrarias de todo o país.

Logo, logo vou adquirir meu exemplar! ♥
Com tantas críticas negativas rolando pela internet, eu digo a vocês que se vocês esperam um super filme irão se decepcionar, mas se esperam uma história singular como a do livro, sem muitas super produções como eu esperava, irão gostar.
Quem não conferiu ainda, bom divertimento!
E para a alegria das Greysesseds, já foi confirmado mais dois filmes da série, adaptando os demais livros da trilogia: 50 Tons Mais Escuros e 50 Tons de Liberdade. Espero ansiosamente por informações a respeito!



Vídeo com os dois trailers de 50 Tons de Cinza

Bom pessoal, espero que tenham gostado do post. Fiquem ligados nas novidades. Assim que soubermos mais sobre a continuação da adaptação da série de E. L. James para o cinema, iremos informar.
Beijos galera e até a próxima! ♥

23 comentários:

  1. Oi, tudo bem?
    O que falar de 50 tons? Kk..
    Primeiro que seu post ficou ótimo! Parabéns!
    50 tons nunca me chamou muita atenção, mas admiro por ter feito tamanho sucesso, originado de uma fic. Não que uma fic não possa fazer sucesso - pelo contrário, pode - mas a questão é que não vejo muitos exemplos por aí.
    Eu ainda não li os livros, por isso não vou ver o filme tão cedo! Espero me surpreender com a história, espero que não seja só sexo, que tenha enredo, que seja bom! Pelo sucesso que fez, ou é bom, ou as pessoas gostam de uma sacanagem kkk e sim, as duas opções são viáveis e talvez até estejam mescladas!
    Beijos!

    http://resenhandoaarte.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Aliscia, tudo bem sim florzinha e você?
      Muito obrigada pelas parabenizações, fico muito feliz que tenha gostado!
      Realmente, é muito difícil uma fanfic fazer tanto sucesso. Eu escrevo há anos e sei por experiência própria como essa trajetória é difícil. Mas acredito que seja uma questão de acertar o público. E. L. James quebrou uma espécie de tabu ao levar para sua obra um tema até então obscuro. BDSM é uma coisa que antes dessa história ninguém ouvia falar, parecia que até não existia. Então, eu atribuo o sucesso da obra ao sexo e por ter quebrado o tabu a respeito dessa prática "secreta".
      Bom, quando a gostar do livro... Depende muito do tipo de gênero literário que você gosta. 50 Tons de Cinza não é uma história com grandes reviravoltas e um grande enredo, mas a meu ver é um livro picante e bacana para ler. Eu gosto bastante, pois gosto muito de romances eróticos e acompanhava a história quando era fanfic. Mas varia muito de gosto para gosto.
      Ao meu ver, o livro mescla as duas opções que você levantou rsrs
      O livro tem sim um enredo envolvendo principalmente os demônios interiores de Christian Grey, porém, tudo gira em torno dos gostos peculiares dele e dos motivos que o levaram a praticar o BDSM.

      Depois que ler, conte para nós o que achou. Vou adorar saber!
      Beijos ♥

      Excluir
  2. Luna,amei a sua resenha e como você fez toda a trajetória do livro até virar filme.
    Eu não gostei muito do livro (só li o primeiro), mas quero muito assistir o filme, pois tô louca pra ver o Jamie em ação.
    Mas não estou indo com muita expectativa que é pra não me decepcionar.
    Apesar dos pesares quero ler a trilogia toda.

    http://lisos-somos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Déborah!
      Fico muito feliz que tenha gostado querida. Eu acompanhei essa trajetória inteira desde quando era só uma fanfic, então tenho um certo carinho por essa obra rsrs
      Bom, nem todo mundo gosta do livro. Varia muito dos gosto de cada leitor e da "mente aberta também". De todos os livros, pra mim o melhor é o segundo e o mais chatinho é o terceiro. O primeiro tem um certo equilíbrio, mas o segundo é bem melhor!
      Como você leu o livro e não gostou, quando for assistir ao filme, um conselho que te dou é prestar bem a atenção. No livro nós sentimos o que a Ana sente, e caí entre nós que ela é bem auto-depreciativa. Já no filme nós vemos tudo de uma perspectiva diferente, pois em momento algum há um narrador dizendo o que passa em seu interior, então é bem melhor. A Ana do filme é bem melhor do que a do livro, isso sem dúvida alguma rsrs

      Depois que ler a trilogia toda e assistir todo filme, conta pra gente o que achou. Podemos até levantar um debate a respeito mais pra frente rsrs

      Obrigada pela visita. Beijos ♥

      Excluir
  3. Oie, Luna!
    Eu tentei ler a trilogia inteira, mas não deu, ó. Na verdade mal cheguei à metade do livro 1. Mas eu gosto de fantasia, de livros de aventura com mais batalhas do que romance, então dá pra entender porque não me atraiu tanto, né? Além disso, fiquei indignada com a romanização em cima do Grey, que faz tantas coisas horríveis com Ana fora do sexo: afastar ela dos amigos, forçá-la a tomar anticoncepcional, escolher sua gineco... São coisas que não consegui engolir. Achei ele meio doente, mas tem gente no meu feed desejando um Grey em suas vidas. Vai entender!
    Vi que a recepção dos fãs ao filme foi maravilhosa e fico muito feliz por vocês. É coisa rara um leitor poder bater no peito e dizer: "foi igualzinho ao livro!". Uma felicidade sem tamanho, né? Espero que o 2 não decepcione também.
    Sobre a fanfic de Crepusculo, eu já sabia. Só não imaginava que foi vendido primeiro em formato digital! Enfim, sucesso para a James.
    Com carinho,
    Celly.

    http://melivrandoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Celly!
      Bom, considerando o fato que você gosta de livros de fantasia e aventura, com certeza 50 Tons de Cinza não é o tipo de livro pra você rsrs
      Quanto a achar o Grey meio doente, concordo com você e ele realmente tem sérios problemas psicológicos. Há um motivo para ele ser um Dominador, como você não leu a trilogia inteira, não conseguiu compreender. 50 Tons de Cinza não é apenas um romance erótico, ele tem uma pegada psicológica por de trás de toda a trama. Você tem de ter a mente aberta para poder entender esse mundo obscuro ao qual nos é apresentado. Todas as atitudes do Grey são justificadas.
      Quanto a desejar um Grey em sua vida... acho que isso se deve ao fato de ele ser um cara que tem uma pegada forte rsrsrs
      Se ele não tivesse tanto problemas psicológicos e não fosse um cara tão controlador, apenas cuidadoso e preocupado, até eu iria querer um cara como ele. Depois que ele muda radicalmente ao se descobrir apaixonado pela Ana, ele se torna um amor e a deixa um pouco mais liberta. Daí o nome do último livro, 50 Tons de Liberdade. Realmente é um livro libertador rsrs

      Realmente, é uma felicidade enorme poder dizer que o filme foi bem fiel ao livro. Coisa rara de se acontecer! rsrsrs
      Eu também espero que o segundo filme seja tão bom quanto o primeiro, concertando os pontos negativos do primeiro, claro rsrs
      Pois é, o livro foi vendido inicialmente me formato digital. Eu to a procura da Capa de quando era em ebook, mas até agora não encontrei. Vou continuar a procura, quem sabe não encontro e posto aqui para que vocês tenham uma base de como foi o começo disso tudo? rsrs

      Muito obrigada pela visita Celly. Beijos ♥


      Excluir
  4. Eu estou animada para ver o filme. Não estou super-ansiosa, mas quero ver, pois li a trilogia e sempre bate aquela curiosidade. Depois do que você falou, vou prestar atenção nesses detalhes, pois gosto de observar algumas coisas também. Também concordo com relação a classificação, era para ter mantido 18 anos. E sim, estou muito triste por não ver os documentos do cara... absurdo isso!!! rs Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gleyse!
      Que bom que esta animada para ver o filme. Eu também estava super animada, porém, não super empolgada. Acho que eu já assisti tantas adaptações de livros pro cinema e me decepcionei, que estava meio receosa com esta rsrs
      E sim, preste atenção nos detalhes e se encontrar algo mais conta pra gente ;)
      E realmente, a classificação ainda esta me preocupando. Na minha sessão por um exemplo tinha vários adolescentes com uniforme e mochilha da escola. Isso me preocupa muito, mesmo que estejamos vivendo em uma era onde tudo é exposto e feito sem pudor algum.
      E meus sentimentos rsrs
      Não é dessa vez que você verá os documentos do Jamie rsrsrs
      Mas tem uma parte bem interessante de quando ele abre a calça aparece o comecinho. Se isso te servir de consolo rsrs

      Muito obrigada pela visita. Beijos ♥

      Excluir
  5. Amei amiga saudades xero e Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andrea, saudades de você também florzinha! *-*
      Muito obrigada pelas parabenizações, fico muito feliz que tenha gostado! :)
      E muito obrigada pela visita também, amiga. Você é sempre bem vinda!
      Beijos ♥

      Excluir
  6. Eu li 50 tons antes de saber que era modinha (se não, nem teria lido) e achei muito bom. E tenho 17 anos kkk mas, sabe como e´menininhas avançadas. Mentira que eu num faço essas coisas kkk Deus é mais. Em um ponto concordo com você, porque de certa maneira acaba mesmo incentivando. Mas tipo assim, eu quero muito assistir ao filme. Mas não sei se tenho coragem, sabe. Tipo assim não quero vê duas pessoas se pegando, mesmo que em tela de cinema. Parece errado, sabe.

    Inquietudes Secretas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Liih!
      Eu também li essa história antes de virar modinha Liih, na verdade eu era uma das leitoras da fanfic. Não sou nenhuma expert em Inglês ainda, então na época eu usava o Google Tradutor para ler rsrs
      E eu tinha uns 13, 14 anos. Também não faço o tipo de coisa da "menina moderna", mas desde pequena sempre tive a mente aberta para ler livros de todos os tipos e gêneros, tanto que meu primeiro livro erótico eu li quando tinha 11 anos e foi presente da minha mãe rsrs
      Minha família sempre me educou pro mundo e sempre me incentivou a ler todo tipo de coisa, afinal, os livros são uma fonte e tanto de conhecimento.
      E realmente é estranho ver duas pessoas se pegando numa tela gigante do cinema. Eu só fui porque estava muito curiosa e queria escrever a respeito aqui pro blog também. E posso te dizer que foi um experiência bastante diferente rsrs
      E se você acha que parece errado, eu te aconselho a esperar pelo DVD ou assistir pela internet, assim caso você queira pular as cenas de sexo e ver o resto, consegue. Obrigada pela visita!
      Beijos ♥

      Excluir
  7. Oi Luna!
    Quem me dera uma das minhas fanfics picantes virar o sucesso que 50 tons virou!! *-*
    Mas, enfim, não gostei do livro, mas não tenho preconceito quanto a isso, quero ver o filme pra saber como está porque acho que não tinha uma atriz mais sem graça pra ser Anastásia U_U Já o Sr. Grey tá ótimo, não muda nada minha gente! uahahua
    Adorei como você fez a resenha desde a fanfic até o filme, ficou mesmo muito bom. Acho que só vou conseguir ver o filme quando sair em DVD porque aqui tá tudo esgotado T_T
    Beijos!

    http://lumartinho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lu!
      Bom, não perca a esperança de suas histórias fazerem sucesso. Quer um conselho?
      Se suas fanfics são eróticas, adapte para Originais e poste no Wattpad. Eu costumo dizer que se tem um lugar onde um romance erótico tem chance de vir a se tornar um livro de sucesso, esse lugar é o Wattpad. Isso aconteceu comigo e foi apenas uma questão de acertar o tema e escrever algo com o coração. Eu coloquei experiências e fantasias próprias na história e isso deu mais vida a tudo.
      Bom, não sei se posso dizer que é uma pena você não ter gostado do livro. Como eu costumo dizer, é uma questão de gostos. Vai muito de pessoa, para pessoa. Mas tem muita gente que detestou o livro assistindo o filme e esta gostando. Não que o filme seja melhor do que o livro, mas o fato de não termos a consciência dos pensamentos e dos sentimentos da Ana, uma vez que não há narrador no filme, muda tudo. Tudo o que sentimos foi através da troca de olhares e da interpretação dos atores, que aliás foi magnifica, tirando os pontos que eu citei.
      Quando a escolha da Dakota Jonhson, eu admito que duvidava muito da capacidade dela e achava que não iria dar uma boa Ana, mas ela me surpreendeu e fez todo mundo calar a boca. E o Jamie Dornan como Grey ficou realmente excelente. Gostei bastante dele no papel do frio e calculador Christian Grey.
      Depois que assistir ao filme conta pra gente o que achou. Podemos levantar até um debate a respeito qualquer dia rsrs
      E fico muito feliz que tenha gostado da resenha. Achei que seria melhor narrar toda a trajetória até chegar a essa "febre" mundial rsrs
      Bom, você disse que não gostou do livro. Os motivos eu não sei, mas existe uma fanfic de 50 Tons onde é a história toda narrada pelo Grey. Se quiser ler e tirar suas conclusões, acessa esse blog: http://eminethe1st.blogspot.com.br/
      Tem tradução para diversos idiomas e se quiser a minha opinião, é melhor do que o livro. Parece que a autora entrou na cabeça do Grey rsrs

      Muito obrigada pela visita. Beijos ♥

      Excluir
  8. Oi Laranjinha!!!!
    Parabéns pela postagem, ficou ótima!! Eu assisti o filme, mas pela internet, pra mim ficou bem fiel mesmo é confesso que não esperava por isso é nem pelas cenas de sexo tão fiéis, mas confesso que senti falta de alguns detalhes, tipo cadê o BlackBerry? Kkkkkkkkkk

    Beijokas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kelly!
      Realmente, teve alguns detalhes que ficaram bem vagos, porém, de todas as adaptações que já assisti, essa é umas das mais fiéis. Não para como negar. E eu senti falta das Bolas de Prata kkkk
      Queria ter visto elas u.u

      Fico feliz que tenha gostado. Beijos ♥

      Excluir
  9. Oi Luna...
    Eu sou uma devoradora de livros e um dos meus estilos favoritos é o erótico - não tenho vergonha de dizer que realmente é o que eu mais leio. E como já li muitas autoras que estão a anos na estrada, 50 tons para mim não rolou.
    A escrita primaria e cheia de diálogos pobres me irritou e eu abandonei o primeiro livro antes mesmo de chegar na metade.
    Tenho curiosidade de ver o filme e pelo que tenho lido esse é um dos grandes casos em que o filme superou o livro (até porque não tem a chata da deusa interior), mas não estou empolgada para ir ao cinema não...
    Adorei o post, principalmente algumas curiosidades que não sabia (como a questão dos atores).

    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lica! :)
      Realmente, 50 Tons de Cinza não é "O Grande Livro", quando se trata da escrita. Foi como eu disse, E. L. James escrevia de forma muito amadora e 50 Tons é sua obra de estréia. Talvez, caso ela venha lançar outros livro, sejam melhores. Eu digo por experiência própria que a escrita de todo o autor só evolui com o tempo.
      Eu também leio muitos livros eróticos, mas ultimamente ando meio enjoada. Ando procurando livros que tenha o equilíbrio entre o romance e o sexo, porque só sexo anda enjoando.
      Fico muito feliz que tenha gostado. Muito obrigada pela visita. Beijos ♥

      Excluir
  10. Oi Luna!
    O polêmico 50 Tons! Jurei que não ia comentar nada a respeito, já que minha opinião sobre o livro não é muito boa, mas... eu não resisto, hehe!
    Eu tentei ler só o primeiro, e abandonei antes do fim porque me entediou profundamente. Achei mal escrito, machista, preconceituoso e moralista, até as cenas de sexo que são tão aclamadas, achei enfadonhas e falsas. Portanto, não vou ver o filme, porque se bons livros podem se transformar em péssimos filmes, imagine livros ruins...
    Mas gostei do seu texto, você conseguiu analisar o filme de maneira bem imparcial e objetiva.

    B-jussss!

    http://www.quemlesabeporque.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nina!
      Florzinha, seja positiva ou negativa, sua opinião é sempre bem vinda! rsrs
      Bom, eu tentei ser imparcial no post. Fico feliz que tenha conseguido isso.
      Eu acho bacana o livro. Não consigo vê-lo como machista, preconceituoso ou algo assim. Mas a opinião sobre 50 Tons é muito subjetiva. Eu sempre digo que vai da visão de mundo de cada um, ou melhor, de que ângulo a pessoa vê a história. A história para mim tem uma pegada psicológica, por isso não consigo ver dessa forma. Mas respeito sua opinião!
      Bom, é uma pena que você não vá ver o filme. É duro dizer, mas a maioria que detesta o livro, gostou do filme rsrs
      Se mudar de idéia e resolver ver o filme, conte para nós o que achou ;)
      Fico feliz que tenha gostado. Obrigada pela visita. Beijos ♥

      Excluir
  11. Oi Luna, você soube desenvolver esta história MUITO BEM! Parabéns!

    Agora falando do polêmico, eu não li os livro e nem assisti rsrs
    Sabe aquela roda de amigas? Eu sou a unica que não sei o que se passa no 50 tons, quando virou febre eu não queria ficar no meio, quero ler, mas acho que lá pro fim deste ano!


    Beijos!
    jeehsts.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jessica!
      Fico muito feliz que tenha gostado do post ♥
      Sei bem como é essas rodas de amigas, parece que nós sempre somos um peixei fora d'água vendo tudo através de um redoma de vidro. É muito ruim rsrs

      Eu li a história bem antes de virar essa febre, então, pra mim nunca teve isso rsrs
      Mas depois que ler, conta pra gente o que achou ;)
      Obrigada pela visita. Beijos ♥

      Excluir
  12. Sai da sala de cinema literalmente 50 tons de morta e enterrada. Adorei o filme e fiquei surpresa com a atuação da Dakota e o Jamie. Aliás, acho que ele se saiu muito bem. Que expressão era aquela na última cena do quarto vermelho? Sofri. Vou até aproveitar para reler os livros. E já estou esperando pelos próximos filmes.
    Beijos!

    ResponderExcluir

Seja bem vindo!
Muito obrigada pelo seu comentário, sua visita é muito importante para o Paraíso!!
Volte sempre

Tecnologia do Blogger.