[Resenha] Amei Minha Melhor Amiga - Shirley Murphy


Título: Amei Minha Melhor Amiga
Autor(a): Shirley Murphy
Editora: Novo Romance
Páginas: 327
Ano: 2015

Sinopse: É possível um amor de infância sobreviver ao tempo e a distância e ressurgir mais forte do que nunca? Axel é um jovem que sempre teve tudo que quis e depois de alguns anos trabalhando em Londres, ele está de volta ao Brasil disposto a absolutamente tudo para conquistar sua melhor amiga por quem se descobre irremediavelmente apaixonado. Elisa, alvo da paixão do rapaz, não faz ideia das intenções de seu amigo, mas basta ouvir algumas palavras de interesse para que seus sentimentos esquecidos pelo tempo retornem de forma avassaladora. Agora, os jovens terão de enfrentar grandes desafios e oposições para provarem que seu amor é real e não um simples engano. Amei Minha Melhor Amiga é uma obra que enaltece os sentimentos humanos mais nobres como, amor , amizade, perdão e laços familiares.




Olá, pessoas!
Hoje eu trago pra vocês a resenha de mais uma autora parceira: Shirley Murphy.
O livro foi lançado nessa segunda feira pela Editora Novo Romance, ou seja, resenha exclusiva.
Esse livro é bem leve, é uma opção de leitura pra quem quer passar o tempo com uma leitura mais tranquila.

O livro conta a história de Axel e Elisa que se conheciam desde crianças, quando mais velho Axel parte para Londres retornando alguns anos depois, seu retorno, em grande parte é motivado pelo fato de que nesses anos afastado de Elisa percebeu que, na verdade, ela era a mulher de sua vida.

Por mais que ela tenha crescido como a filha da empregada e ele o filho do patrão, isso ao invés de os afastar, se mostrou não ter peso nenhum sobre a relação dos dois. A medida que cresceram o sentimento de um pelo outro cresceu, mas ficou mascarado por dúvidas, medos e a amizade de anos.

Mas ao retornar ao Rio de Janeiro, justamente no dia do casamento de sua irmã, Axel volta convencido a ter Elisa para ele, após reencontrar todos os demais amigos, Axel firma com eles uma espécie de pacto; todos os amigos teriam 15 dias, o tempo que duraria as férias de Axel, para realizarem seu maior sonho. Isso serviu como base para que Axel corresse atrás do seu sonho: Elisa.

“... – Eu proponho a vocês um pacto. Eu tenho quinze dias de férias, durante esse período, cada um e nós vai colocar todo o seu empenho, todo o seu esforço para vencer seu maior desafio, concretizar seu maior sonho...”

Acontece que a partida de Axel para Londres anos antes deixou em Elisa o sentimento de ter sido abandonada quando mais precisava do amigo e ao retornar, Axel encontra sua melhor amiga mais retraída, mais distante, como se estivesse com medo de confiar mais um vez nele, de se deixar levar mais uma vez por Axel e depois ser mais uma vez “abandonada” e ter que aprender a lidar sozinha com todos os seus problemas.

Elisa foi uma personagem que me agradou em muitos aspectos, justamente por ser a filha da empregada ela poderia ter passado a vida de cabeça baixa e feito todas as vontades dos outros, porém ela aproveitou todas as oportunidades que a família para qual a sua mãe trabalhava lhe deu e mesmo com dificuldades correu atrás do que queria e conseguiu se tornar uma bióloga, além de ter uma personalidade forte que em alguns momentos batia de frente com a personalidade de Axel criando alguns diálogos divertidos, que ajudaram a complementar a leitura e a deixa-la mais leve.


"— Então estamos combinados: eu sou uma leviana e você é um bicho selvagem!
Ela saiu e bateu a porta:
— Isso, vai embora mesmo! Já vai tarde! Vai lá ver se ele chegou bem! Deve estar sem os dentes da frente! Quero ver beijar ele agora!”

Quanto a Axel, eu realmente esperava mais desse personagem, ele começou o livro um tanto manipulador, querendo que tudo acontecesse da forma que ele queria e com isso passando por cima da vontade das demais pessoas, ele justificou todos esses erros dizendo que agiu por amor, porém não consigo ver dessa forma, não consegui ver um amor sincero em suas atitudes iniciais, me pareceu muito mais um capricho; por isso permaneci um pouco cismada com esse personagem. Mas ao longo do livro ele conseguiu se redimir em alguns aspectos, após poder entender melhor o personagem, gostei da intensidade de como ele via o seu relacionamento com Elisa e do quanto estava disposto a fazer tudo por ela.

“- Esse tipo de coisa? Isso que você chama de ostentação, era o meu sonho! E você conseguiu estragar tudo, tudo! Sabe o quanto eu planejei isso? Em silêncio, com todo o cuidado pra te ver feliz, sorrindo? Eu sonhei em te beijar em meio as estrelas e você vem me falar de dinheiro? Seria mágico e perfeito, nosso primeiro beijo depois de tantos anos. Mas você estragou tudo, como sempre”

Algo que eu adorei nesse livro foram os demais amigos do Axel e Elisa, eles foram uma parte muito importante pra história e acrescentaram muito ao enredo, com um destaque maior a Mário que trouxe momentos muito divertidos para a leitura e que se tornou meu personagem preferido do livro. Após Axel e Elisa ele é o personagem que mais tem destaque, ele fez o livro ficar mais completo com seu jeito impaciente, brincalhão e que diz que nunca irá amara alguém de verdade.

“Não sei pra quê pensar tanto. Vai atrás dela, não deixa ela falar nada, tasca logo um beijo e pronto. Se ela abrir a boca, tasca-lhe outro.”

A valorização da amizade que o livro mostra me encantou muito; Axel, Elisa, Mário, Maria, Juliana, Lúcio, Sana e posteriormente Amélia, mostram uma amizade extremamente verdadeira, onde se ajuda o outro sem pensar duas vezes e sem esperar algo em troca, eles são tipos de amigos que fazem tudo um pelo outro, concordando ou não, para eles, o principal é ver o outro bem e feliz, o que infelizmente é algo cada vez mais raro de vermos hoje em dia.

Voltando ao casal protagonista, a história dos dois possui muitas reviravoltas, lembrando às vezes até mesmo uma novela mexicana kkkkkkk Sempre que os dois pensam que enfim ficarão juntos surge algo que os atrapalhe, em alguns momentos isso me incomodou um pouco pois tudo parecia um tanto clichê, coisas que estamos acostumadas a ler, o que já me fez saber qual era a solução do problema sempre que ele surgia. Porém a mudança dos personagens e o amadurecimento deles me surpreendeu, outro ponto positivo é que o livro é extremamente romântico, com declarações lindas, e a história dos dois lembra um pouco a história de Romeu e Julieta e da Cinderela em uma versão moderna, em que os personagens chegam a literalmente, quase morrer de amor.

“- Sabe por que fiz isso? – Ele ainda estava atrás dela, a conduziu empurrando-a levemente pela cintura até o centro, gentilmente jogou o cabelo dela por cima do ombro direito para falar em seu ouvido esquerdo – Pra te mostrar o centro do meu universo, você “

Ao mesmo tempo em que a história de Axel e Elisa se desenvolve, o livro possui histórias secundárias que prendem mais a nossa atenção. Juliana e Lúcio tem uma história linda e que acho que merecia um pouco mais de destaque, eles também eram melhores amigos, mas ao descobrir uma grave doença Lúcio vê que não pode perder tempo e deixar a vida passar diante dos seus olhos, é partir daí que sua história com Juliana se desenvolve. Já Mário e Amélia é outro casal que em alguns momentos rouba a cena, tendo alguns capítulos apenas para os dois, Amélia ainda jovem e inexperiente consegue mexer com Mário, mas algo que eu simplesmente adorei na relação dos dois é a sinceridade mútua; Mário nunca foi o homem que se envolve em relacionamentos sérios e no início eu achei que ele iria apenas dar falsas esperanças a ela, mas pelo contrário, desde o início ele deixou claro a ela como ele era, sem omitir nada, mas mesmo assim, aos poucos ele foi ficando cada vez mais envolvido por ela.

Mas se tem uma personagem que me surpreendeu foi a mãe de Axel, ela passa boa parte da história retraída, o que todos viam como o comportamento de uma dama, na verdade era apenas uma pessoa observadora que soube de tudo o que realmente acontecia antes de todos e que soube o momento certo de aparecer e roubar a cena. A sua preocupação com o filho e os seus esforços para que Axel e Elisa ficassem juntos me conquistaram. Enquanto seu marido e mãe de Elisa tentavam separar Elisa e Axel e faziam isso sem justificativa alguma, escondendo a verdade e colocando toda a culpa nos filhos, a mãe de Axel foi quem os apoiou desde o início e foi sincera com eles quando deveria ter sido.

“— Eu amei, foi isso, foi o que fiz com ela, eu me apaixonei pela Elisa, minha melhor amiga. Isso foi o que eu aprontei, como você mesma disse. Um grande erro, porque homens do meu tipo não devem amar nunca.”

Como eu disse antes o livro é muito romântico o que também é algo que falta em muitos livros hoje em dia, o livro mantém ao mesmo tempo uma inocência e uma intensidade, a entrega dos personagens é algo que chama atenção, o quanto ele estão dispostos a tudo para ficarem juntos, há várias pessoas que ao longo da história tentam os manter afastados e nós estamos sempre tentando adivinhar os motivos por trás das ações desses personagens, porém isso me decepcionou um pouco, existem alguns acontecimentos que ficam claros como vão acontecer o que acaba depois não nos surpreendendo, senti falta de algum elemento surpresa, algo inovador.

"Pra você não valeu a pena? — Continuou — Não seria capaz de morrer pela noite de ontem, pela nossa noite? Ele fechou os olhos bem apertados e concordou completamente, claro que sim, morreria mil vezes se preciso fosse!"

    
O livro é narrado em terceira pessoa, com uma narrativa bem leve, fácil de ler, foi um livro que li em pouco tempo, é raro que eu leia livros em terceira pessoa, quase sempre acho que falta aquele “algo a mais” na narrativa e senti um pouco disso nesse livro, senti que faltava algo, em alguns momentos senti falta de alguns detalhes que poderiam ter complementado melhor a narrativa.
Porém esses detalhes se tornam até pequenos quando pensamos sobre vários pontos do livro. O livro traz uma mensagem forte sobre amizade e isso me agradou muito, eu adoro quando esse tema é retratado nos livros e eu estava realmente sentindo falta de uma história de amor tão romântica e intensa, cheia de idas e vindas e isso somado com um pouco de drama, que todo o bom romance sempre tem, me agradaram muito.


"Minha vida é você, entenda de uma vez por todas. Se algo mais grave acontecer com você, vou me tornar um fantasma neste mundo. Eu estive longe por muito tempo, mas sempre com a certeza de que estaria aqui. Se você não estiver, eu não tenho pra onde voltar."


Bom, é isso, espero que tenham gostado da resenha!
Até o próximo post!

Beijos! <3

23 comentários:

  1. Nossa, que capricho essa resenha! Você está de parabéns Natália, muito bem feita e até as críticas são bem estruturadas, me farão refletir e melhorar com certeza.. Adorei, agradeço muito.Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Shirley! Fiquei muito feliz com seu comentário e em saber que gostou da resenha! Muito obrigada mesmo, saber que você gostou é importante.
      Obrigada de novo!
      Beijos!

      Excluir
  2. Vi esses dias sobre esse livro mas nunca tinha lido uma resenha. Adoro leituras leves pra nos tirar daquela ressaca de um livro rsrsr. Adoro quando o personagem vai ficando melhor com o decorrer do livro. Achei essa capa muito fofa, quero um dia ler.

    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana!
      Eu sofro com essas ressacas literárias! kkkkkkk Acabei de sair de um livro mais pesado e logo em seguida comecei esse que era muito diferente então demorei pra me acostumar kkkkk
      E um livro mais leve com um romance fofo é sempre bom!

      Beijos!

      Excluir
  3. Não conhecia esse livro, mas tem uma boa premissa. Gostei da resenha e anotei a dica, mesmo tendo seu lado clichê e sendo superado pelo amadurecimento dos personagens, daria uma chance, amo um romance leve. Muito sucesso para a autora!

    Beijos!
    livrosdawis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Sim, tem seu lado clichê, mas gostei do amadurecimento dos personagens, além dos personagens secundários que são ótimos! Dê uma chance!

      Beijos!

      Excluir
  4. Que resenha linda!
    Amei a história, os personagens e, principalmente como você descreveu a história.
    Realmente ela parece um dramalhão mexicano, mas assim como as novelas mexicanas parece ser apaixonante.
    Deu até vontade de ler.

    http://lisos-somos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Déborah!
      Obrigada, fico feliz que tenha gostado! <3
      Não é que é verdade?! kkkkkkk As novelas mexicanas sempre são apaixonantes e nos conquistam!
      Leia, depois diga o que achou!

      Beijos!

      Excluir
  5. Ótima resenha, nos dá uma noção da sua visão do livro e ajuda a nós decidirmos se vamos gostar ou não. Parabéns. Bjs
    http://territorio6.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gleyse!
      Que bom que gostou da resenha e que ela tenha conseguido passar isso a você! Obrigada!

      Beijos!

      Excluir
  6. Oi Nati!
    Há uns dias atrás eu vi esse livro não me lembro a onde, mas achei o título bem intrigante.
    Porém não consegui nem ler a sinopse, mas sua resenha me fez se apaixonar pelo livro. Espero que a autora e o livro ganhe muita fama pelo trabalho que parece ótimo.

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gustavo!
      Quando eu vi os livros da parceria logo escolhi esse kkkkkk justamente pela sinopse.
      Que bom que gostou da resenha e que ela fez você se interessar pela história. Também espero mesmo que a autora tenha muito sucesso com a obra, é ótimo ver novas autores nacionais e o sucesso que eles bem tendo!

      Beijos!

      Excluir
  7. Oi!
    Ah, autores brasileiros <3 Tenho tanto orgulho deles!!
    Você fez uma resenha e tanto, Natalia! Adoro um dramalhão mexicano, mas ainda não sei se daria a chance para esse livro, mas torço para que o livro e a autora tenham muito sucesso!
    Beijos!

    http://lumartinho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lu!
      Eu também tenho muito orgulho deles, eu vejo como é difícil pra que eles consigam publicar seu livro, então é ótimo ver o sucesso deles!
      Obrigada, Lu kkkk (espero que isso tenha sido um elogio kkkkk).

      Beijos!

      Excluir
  8. Tati eu tentei comprar vários livros na Editora Romance, mas o site estava impossivel e acabei desistindo. Nem comprei. Acabei optando por fazer compras de outros que já estavam na minha lista, mas gostei bastante da proposta da história, porque é um gênero que eu gosto bastante. Ainda mais porque se trata de um romance. Simplesmente amei. E olha aqui, quero te conhecer viu? Pois a Kelly fala muito bem de vc pra mim =] Espero que possamos ser amigas também.
    Se cuida linda

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Silvana!
      Quando compro livros eu vou em sites como Submarino e nacionais muitas vezes com o próprio autor.
      Que bom que gostou, e tente ler o livro.
      E eu sou a Nati kkkkkkk Fiquei em dúvida aqui se você tinha ou não me confundido com a Tati kkkkkkk
      Se cuida também!

      Beijos! <3

      Excluir
  9. Oi Nath!
    Que beleza de resenha, você consegui abordar e analisar todos os pontos do livro e explicar muito bem o que gostou e o que não gostou do livro, parabéns!
    Quanto ao livro, não sei se leria, tenho andado meio cansada desse estilo romântico e ando procurando por livros com mais ação.
    B-jusss! ♥

    http://www.quemlesabeporque.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Nina!
      Muito obrigada, gostei muito do que você disse, eu sempre me preocupo em que como fazer uma crítica que não pareça aleatória ou sem sentido, entende?
      Eu gostei porque realmente fazia tempo que não lia um livro assim.

      Beijos! <3

      Excluir
  10. Eu demoro mais para me conectar com livros em terceira pessoa, mas quando a história te pega isso não tem a menor importancia.
    Tenho meu pé atrás quando o assunto é amor entre amigos... Só quem já passou por isso e não teve um final feliz sabe o quanto muitas vezes os livros idealizam demais esse tipo de coisas, mas curti sua resenha e realmente daria uma chance ao livro - talvez não já pois minha fila está imensa, mas logo!

    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu, as vezes, também tenho alguns problemas com livros em terceira pessoa. Mas como vocês disse quando a história nos prende isso não importa.
      Por mais que eu não tenha passado por isso também tenho um pé atrás sobre esse assuntokkkkkk
      Que bom que gostou da resenha! <3

      Beijos!

      Excluir
  11. Oi, meu que lindo livro!
    Eu correndo de romance e lá vem eles, olha eu batendo pé para não ler romance, mas já tinha visto este livro ele me chamou atenção pelo nome (acho que vi no skoob) e me deu aquela pitadinha de vontade para ler, e agora a vontade aumentou mais...


    Beijos!
    jeehsts.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Jéssica!
      Eu estava a tempos sem achar nada de romance que me prendesse, ou simplesmente um romance desses fofos, nesse livro eu encontrei.
      Leia o livro, e depois diga a sua opinião.

      Beijos!

      Excluir
  12. Já vi várias resenhas desse livro e cada uma que li me deu mais vontade de lê-lo. Com essa sua não foi diferente. Além da capa ser linda, a história também parece encantadora. Adoro romance, então sei que vou gostar.
    Beijos!

    ResponderExcluir

Seja bem vindo!
Muito obrigada pelo seu comentário, sua visita é muito importante para o Paraíso!!
Volte sempre

Tecnologia do Blogger.