Tiger Lily || Jodi Lynn Anderson

Tiger Lily || Jodi Lynn Anderson || Fantasia , Young Adult || 320 || 2018 || Morro Branco 

Sinopse:
Antes do coração de Peter Pan pertencer à Wendy, ele pertenceu à menina com penas de corvo nos cabelos...
Tiger Lily não acreditava em histórias de amor ou finais felizes, até encontrar Peter na floresta proibida da Terra do Nunca. Diferente de todos que conhecia, ele era impulsivo, corajoso e fazia seu coração bater mais rápido. Mas como líder dos Garotos Perdidos, os mais temíveis habitantes da ilha, Peter era também uma escolha improvável para Tiger Lily. Ainda assim, ela logo se viu arriscando tudo - sua família e seu futuro - para estar com ele.
Com tantas diferenças ameaçando separá-los, o amor dos dois parece condenado. Mas é a chegada de Wendy Darling que leva a menina a descobrir que os inimigos mais perigosos podem viver dentro dos corações mais leais e amorosos.
Da autora best-seller do The New York Times, esse romance mágico e encantador entre uma heroína corajosa e o garoto que não queria crescer vai partir seu coração

☠️CONTÉM GATILHOS ⁣

Se você já assistiu Peter Pan, você com certeza conhece Tiger Lily, a jovem indígena amiga de Peter e os garotos perdidos, e talvez você não a tenha notado, mas depois dessa leitura, nunca mais a verá com os mesmos olhos.⁣

Tiger é filha adotiva do Xamã da Tribo Comedores do céu, e sua postura gera desconfiança nos outros membros da tribo, fazendo com que ela se sinta solitária, quando a menina resolve salvar um náufrago branco as coisas ficam bem piores. E é nas suas andanças pela selva que ela conhece Peter e sua trupe. ⁣

Peter é conhecido como um menino mau e perigoso, e Tiger sabe que não devia estar ali, mas é bom demais ser acolhida e ser tratada como especial, e assim aos poucos algo vai nascendo. ⁣Estar  com Peter e os meninos, faz Tiger sentir que faz parte de algo, e a ajuda a esquecer Gigante, o noivo grotesco que lhe foi imposto pela tribo após fugir e salvar o náufrago.

Toda a história de Tiger Lily é contada pela nossa amada Sininho, que abandonou as fadas para acompanhar e entender a silenciosa menina da tribo, e é através da narrativa da fada mais querida do mundo que vamos acompanhar essa história tocante e cheia de carga emocional.⁣

Quando o pai de Tiger começa a sofre preconceito por sua fisionomia, influenciada pelo naufrago que era um padre, começa a se sentir culpada por suas atitudes, e com o pai cada vez mais doente ela se vê cada vez mais distante dos meninos para cuidar dele, quando enfim Tiger retorna, algo mudou, Peter e os meninos agora têm Wendy, uma jovem completamente o oposto da nossa indiazinha.

Jodi soube trabalhar muito bem em cima da historia que conhecemos desde a infância nos trazendo uma Sininho com voz e nos apresentando uma personagem até então apagada. Com uma pegada Dark e acontecimentos carregados de importância nos dias atuais, Jodi transforma um conto de fadas em um YA bem poderoso.⁣


Às vezes, penso que talvez sejamos apenas histórias. Como se pudéssemos ser apenas palavras numa página, pois somos apenas o que fizemos e o que vamos fazer

O livro aborda transexualidade e esse papel importante é colocado no Xamã, Tic Tac, não se identifica com nenhum gênero, ele apenas vive feliz com seus vestidos e seus cabelos longos, não se importa com sua aparência, mas gosta das suas roupas e seu cabelo comprido, quando o padre aparece, a postura de Tic Tac começa a ser julgada, e a tribo que até então nunca se incomodou começa a ser convencida de que aquilo é errado.

Os gatilhos do livro estão todos disfarçados, os temas pesados estão escondidos nas entrelinhas, mas para um leitor atento, existe um mundo de crimes e preconceito escondido nas palavras de Jodi, críticas pesadas e disfarçadas que podem passar batidas.

O livro começa lento e cinzento, mas conforme Sininho vai nos apresentando os personagens e a trama vai se desenrolando, fica impossível largar o livro. Na metade da leitura, meu desejo era acolher Tiger e afásta-la de tanta tristeza. Peter é um menino egoísta, sempre foi, e quando se vê sozinho, corre pro primeiro colo, sem lembrar quem sempre esteve ali.

A perspectiva de uma sininho apaixonada apor Peter sempre esteve na minha imaginação, mas aqui Jodi coloca em palavras aquilo que sempre imaginamos. Com uma capa linda e uma história tocante Tiger Lily ganhou um lugarzinho no meu coração e Jodi um espaço na minha estante! ⁣

E aí já leu Tiger Lily?


2 comentários:

  1. Fiquei bem curiosa pra ler o livro, gostei bastante da sua resenha :D

    https://www.submersaempalavras.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Monique!!
      Fico feliz que tenha gostado da resenha, esse livro é muito bacana, apesar de ser um pouco pesado e triste!

      Beijokas

      Excluir

Seja bem vindo!
Muito obrigada pelo seu comentário, sua visita é muito importante para o Paraíso!!
Volte sempre

Tecnologia do Blogger.