A Cidade de Bronze #01 || S.A Chakraborty

A Cidade de Bronze - Livro 01 || The Daevabad Trilogy #01 || Fantasia , Young Adult || S. A. Chakraborty || 608 || 2018 || Morro Branco 


Sinopse:
Cuidado com o que você deseja...Nahri nunca acreditou em magia. Golpista de talento inigualável, sabe que a leitura de mãos, zars e curas são apenas truques, habilidades aprendidas para entreter nobres Otomanos e sobreviver nas ruas do Cairo.Mas quando acidentalmente convoca Dara, um poderoso guerreiro djinn, durante um de seus esquemas, precisa lidar com um mundo mágico que acreditava existir apenas em histórias: para além das areias quentes e rios repletos de criaturas de fogo e água, de ruínas de uma magnífica civilização e de montanhas onde os falcões não são o que parecem, esconde-se a lendária Cidade de Bronze, à qual Nahri está misteriosamente ligada.Atrás de seus muros imponentes e dos seis portões das tribos djinns, fervilham ressentimentos antigos. E quando Nahri decide adentrar este mundo, sua chegada ameaça recomeçar uma antiga guerra.Ignorando advertências sobre pessoas traiçoeiras que a cercam, Nahri embarca em uma amizade hesitante com Alizayd, um príncipe idealista que sonha em revolucionar o regime corrupto de seu pai. Cedo demais, ela aprende que o verdadeiro poder é feroz e brutal, que nem a magia poderá protegê-la da perigosa teia de intrigas da corte e que mesmo os esquemas mais inteligentes podem ter consequências mortais.


Nashri sempre teve o dom de curar, e sempre foi muito fácil usar isso a seu favor, órfã e sozinha teve que aprender a se virar para sobreviver nas ruas do Cairo, mas no seu interior sempre sonhou poder tornar sua arte do crime em uma profissão honrada. ⁣

Tinha levado anos quando criança? E inúmeras lições dolorosas? Para sequer perceber o quanto era diferente das pessoas ao redor; era como ser a única pessoa com visão, em um mundo de cegos.

Mas então em um ritual de possessão ela resolve entoar um cântico até então desconhecido buscando aliviar o desconforto de uma criança possuída, mas o que ela não imaginava era que esse encanto despertaria um Djinn, um ser sobrenatural e demoníaco alem de outros espíritos que agora buscam matá-la. ⁣

Dara não sabe como ela o despertou, mas de uma coisa tem certeza, nas veias da moça corre sangue Nahid e ela precisa ser salva, ele precisa levá-la para Daevabad e entregá-la ao seu lar, mesmo que isso custe sua vida recém readquirida. ⁣

⁣E do outro lado do mundo, temos a narrativa de Ali, o Príncipe de Daevabad que se recusa a aceitar que seu povo seja humilhado e maltratado. Ali é extremamente religioso, e sua consciência luta diariamente com ele, fazendo com que ele seja um traidor do trono buscando ajudar a minoria do seu povo.

Quando iniciei a leitura de Cidade das Cinzas, fiquei completamente perdida, apesar de já conhecer um pouco desse mundo místico, nessa obra muito mais coisas são apresentadas, e se localizar nos nomes e classificações foi uma tarefa árdua, mas quando enfim tudo se encaixa, a viagem é emocionante e viciante. ⁣

Nashri é descendente de uma raça ha muito extinta, e quando descobre que existe uma resposta para tudo de esquisito que acontece com ela, nossa protagonista topa partir com o Djinn, mas não sem relutância, ela quer respostas. A viagem se torna árdua, e mesmo depois de alocados no reino eles continuam correndo perigos.

Chakraboty criou um enredo magnífico, com uma trama toda intrincada em segredos que não são revelados, mas ao serem dadas algumas pistas despertam ainda mais o interesse do leitor! ⁣O livro possui uma narrativa forte e repleta de cultura, a autora se utilizou dos seus conhecimentos e vivência para apresentar através dos olhos de Nasrhi seu próprio mundo.

Me apaixonei por todos os personagens, se torna impossível não amar a sagacidade de Nashri ou a audácia de Dara, sem falar da inteligência e bondade de Alizayde, o que deixa nosso coração dividido e sem saber quem amar mais. 

A Trama começa lenta, e muito se deve as explicações da cultura, fazer com que o leitor compreenda a arte e a cultura é uma das preocupações da autora. Primeiro problema resolvido partimos para a aventura, primeiro a céu aberto e depois em uma briga política. O livro terminou em um ponto extremo, o que só me deixa angustiada para a continuação! ⁣

Pra você que gostou de livros como A Rebelde do Deserto e Uma Chama entre as Cinzas, Cidade de bronze é a junção perfeita dos dois.


Nenhum comentário

Seja bem vindo!
Muito obrigada pelo seu comentário, sua visita é muito importante para o Paraíso!!
Volte sempre

Tecnologia do Blogger.