O Poder do Hábito || Charles Duhigg

O Poder do Hábito || Auto Ajuda || Charles Duhigg || 407 || 2012 || Arqueiro 

Sinopse:
Há duas décadas pesquisando ao lado de psicólogos, sociólogos e publicitários, cientistas do cérebro começaram finalmente a entender como os hábitos funcionam – e, mais importante, como podem ser transformados. Embora isoladamente pareçam ter pouca importância, com o tempo, têm um enorme impacto na saúde, na produtividade, na estabilidade financeira e na felicidade.
Com base na leitura de centenas de artigos acadêmicos, entrevistas com mais de trezentos cientistas e executivos, além de pesquisas realizadas em dezenas de empresas, o repórter investigativo do New York Times Charles Duhigg elabora, em O poder do hábito, um argumento animador: a chave para se exercitar regularmente, perder peso, educar bem os filhos, se tornar uma pessoa mais produtiva, criar empresas revolucionárias e ter sucesso é entender como os hábitos funcionam. Transformá-los pode gerar bilhões e significar a diferença entre fracasso e sucesso, vida e morte. Duhigg conclui por que algumas pessoas e empresas têm tanta dificuldade em mudar, enquanto outras o fazem da noite para o dia. Descobre, por exemplo, como hábitos corretos foram cruciais para o sucesso do nadador Michael Phelps, do diretor executivo da Starbucks, Howard Schultz, e do herói dos direitos civis, Martin Luther King, Jr.: “Eles tiveram êxito transformando hábitos. Todos começam com um padrão psicológico. Primeiro, há uma sugestão, ou gatilho, que diz ao seu cérebro para entrar em modo automático e desdobrar um comportamento.




 Essa leitura me foi indicada pela endocrinologista, como uma das metas de 2020 coloquei cuidar mais da minha saúde e do meu bem estar.

O livro fala sobre os hábitos humanos e as consequências ou benefícios que os mesmos podem trazer a nossa vida, e como criamos hábitos de forma despercebida ao decorrer de nossas vidas. Com toda a premissa da obra, esperava algo bem mais profundo e prático sobre o assunto, e confesso que meio que me decepcionei no fim da leitura.

Apesar da abordagem do autor ser prática e desprendida, fazendo com que a visão do hábito seja clara e de fácil interpretação, ainda sim boa parte das páginas se resume a exemplos de grandes profissionais que tiveram sacadas geniais e utilizaram o hábito das pessoas a favor de seu sucesso.

Ele divide o hábito em três fases:

  • Gatilho: O momento em que o hábito surge, a brecha que te induz a iniciar uma atitude;
  • Hábito: Aquela que você costuma fazer de forma automática, sem pensar, a atitude que você deseja mudar;
  • Recompensa: Aquilo que você ganha ou sente após o hábito ser concluído;

Segundo o autor é preciso reconhecer o gatilho, aquilo que leva a determinado hábito para que possa substituí-lo, pensando em algo que proponha a mesma recompensa, assim seu hábito pode ser substituído.

Para quem busca formas de alterar hábitos e modificar os pontos da sua vida rotineira, o livro pode ser um bom condutor, lhe indicando a forma mais prática de identificar um hábito e alterá-lo, já que o próprio autor afirma que um hábito não pode excluída da sua vida, apenas alterado.

Com as definições e o passo a passo em mãos, meu próximo passo com certeza é tentar alterar hábitos nocivos e alterar o futuro!


Nenhum comentário

Seja bem vindo!
Muito obrigada pelo seu comentário, sua visita é muito importante para o Paraíso!!
Volte sempre

Tecnologia do Blogger.