A Cinco Passos de Você || Rachael Lippincott, MIkki Daughtry e Tobias Iaconis

A Cinco Passos de Você || Romance , Drama , Jovem Adulto || Rachael Lippincott, Mikki Daughtry e Toabias Iaconis || 288 || 2019 || GloboAlt 

Sinopse:
Agora uma superprodução cinematográfica estrelada por Cole Sprouse, de “Riverdale”. 21 de março nos cinemas.
Stella Grant gosta de controle. Ela parece uma adolescente típica, mas em sua rotina há listas de tarefas e inúmeros remédios que deve tomar para controlar a fibrose cística, doença crônica que impede que seus pulmões funcionem como deveriam. Para conseguir um transplante, ela precisa seguir seu tratamento e eliminar qualquer chance de infecção, o que significa ficar a pelo menos seis passos de outros pacientes com a doença – sem exceção.
Will Newman não dá a mínima para o novo tratamento experimental para o qual foi selecionado. Prestes a completar dezoito anos, ele mal pode esperar para finalmente se livrar das máquinas e hospitais, usando o pouco de vida que ainda lhe resta para conhecer o mundo.
Stella e Will são muito diferentes. Ao mesmo tempo, sua doença não é a única coisa que os une. Eles não podem se aproximar, mas, conforme sua conexão aumenta, os seis passos entre eles passam a ser insuportáveis. E se pudessem quebrar as regras? Cinco passos são tão perigosos quanto perder um grande amor?



Se você ainda não ouviu falar de A cinco passos de você, provavelmente estava de férias no exterior ou não é terráqueo, acertei? Brincadeiras a parte apesar do livro ser um sucesso e seu filme também, ele demorou um pouquinho demais para aparecer por aqui, mas é porque a blogueira que vos fala está com um bloqueio terrível para escrever, mas vamos ao que interessa e espero que fique bom.

Quando se tem FC, nunca se sabe quanto tempo de vida ainda resta. Mas sinceramente, também não sabemos quanto tempo de vida ainda resta para as pessoas que amamos.

Em A Cinco Passos de Você vamos conhecer Stella Grant, uma jovem que sofre com de Fibrose Cística, uma doença crônica que impede que seus pulmões trabalhem de forma correta, fazendo com que ela passe mais tempo no hospital do que na sua casa. E graças a mais uma crise da doença, Estella está gripada e não poderá viajar com a sua turma da escola, e não seria tão difícil se ela não tivesse sido a organizadora de tudo, mas ela tem consciência de que precisa se cuidar e agora mais do que nunca, afinal só a sua recuperação pode manter seus pais bem depois de tantas perdas e um divórcio.

O Hospital vem sendo seu lar desde pequena, foi lá que ela conheceu seu melhor amigo e é lá onde eles passam a maior parte do seu tempo. E depois de anos lutando Estela está na fila da doação de pulmões e qualquer passo em falso pode ser determinante para a sua situação, o que só aumenta seu controle e organização, tudo precisa ser perfeito, mas pode ser que o imperfeito seja ainda mais atraente... E é quando ela conhece Will, o mais novo paciente que seu mundo e sua organização viram de pernas pro ar.

Will tem fibrose cística desde que se lembra, e por esse mesmo período sua mãe vem arrastando-o pelo mundo atrás de uma cura, o problemas é que Will não se cuidou e suas chances de conseguir uma doação de pulmão foram pro espaço quando ele se contaminou com uma bactéria que pode ser considerada a morte para pacientes da doença. Cansado de rodar o mundo de hospital em hospital, Will só quer fazer 18 anos e conhecer o mundo, ser dono do próprio nariz e escolher onde morrer, mas tudo pode mudar quando ele conhece outra paciente que vai dar um novo rumo pra sua vida.

A cinco passos de você fala principalmente da Fíbrose cistica, e confesso que tive sérios problemas nos primeiros capítulos, muita dor e doença, estava difícil acompanhar sem sentir a angústia da paciente, até que o enredo deslanchou e eu, assim como Estella não lembrávamos mais da doença u das imposições causadas pela mesma.

Nós precisamos ser tocados por quem amamos quase tanto quanto precisamos do ar que respiramos...

Estella é uma personagem forte e brilhante, com seu canal no youtube ela vai ajudando pessoas com o mesmo problema que o seu a passar pela doença, mostrando que a vida não está perdida. Só que por trás dessa garota forte e determinada, existe uma jovem frágil que está cansada de perder sua vida e suas oportunidades para a doença. Existe uma dor escondida, uma perda profunda que a faz lutar, mesmo sem saber se vale o esforço.

Já Will é o típico garoto que não segue regras, mas tudo tem um motivo e ele está cansado de lutar uma batalha que sabe que não vai vencer, ele só quer curtir o tempo que ainda tem com seus amigos, conhecer o mundo e saber que morreu depois de curtir tudo que podia.

O livro é incrível, e ao contrário da maioria dos casos, aqui a publicação dele foi baseada no filme, a história mostra várias vertentes de uma doença que eu nem sequer conhecia, e o título tanto do livro quanto do filme se refere a distância que pacientes com Fíbrose Cística devem ficar de outro paciente com a mesma doença. Com outras pessoas o contato se torna normal, mas como agira quando você se apaixona de alguém que não pode se aproximar?

Apesar das cenas complicadas de tratamento e dor que me deram certa angústia 一 quem me conhece sabe que tenho pavor de hospital 一 o livro é fofo do jeito que eu esperava que fosse, e se levado em consideração o final, que não foi como eu esperava 一 GRAÇAS A DEUS!!! 一 ele pode ser considerado perfeito, um romance adolescente consciente e cheio de lições. A autora não só jogou o tema no enredo, ela desmembrou o mesmo e nos ensinou muito sobre uma doença cruel e silenciosa.

Um livro que super indico aos fãs de dramas, aqueles que como eu leram Mil Beijos de Garoto, Dançando sobre Cacos de Vidro, A Culpa é das Estrelas e mais uma infinidade de livros tristes, mas repletos de lições que devem ser levadas a vida!


Agora só me resta assistir ao filme e chorar mais um pouco 😆




3 comentários:

  1. Oi Kelly.

    Estou bastante curiosa para ler este livro, pois minha afilha assistiu o filme e comentou sobre ele de maneira muito especial. E agora lendo sua resenha, tudo indica que a história realmente é incrível. Vou tentar adicioná-lo na meta de leitura o mais rápido possível. Obrigada pela dica.

    Bjos
    https://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Kelly!

    Eu estou tão curiosa para ler esse livro!!! Amei ler a sua resenha e saber que apesar da dor e sofrimento, o livro é fofo! Acabou que não quis ver o filme sem ter lido o livro... Sou dessas! rsrs

    Beijão!

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia nem o filme e nem o longa, acho que sou alienígena rsrs Mas brincadeiras a parte, realmente não conhecia. Gostei do que o enredo aborda, fiquei curiosa para saber os por menores. Tanto o filme quanto o livro já foram inclusos na minha listinha de coisas interessantes a fazer. Goetei da dica!

    ResponderExcluir

Seja bem vindo!
Muito obrigada pelo seu comentário, sua visita é muito importante para o Paraíso!!
Volte sempre

Tecnologia do Blogger.