[Resenha] Atraída por um highlander (Irmãos McCabe 1) - Maya Banks


Atraída por um Highlander - Livro 01 || Trilogia McCabe #01 || Maya Banks || Romance , Romance Histórico || 336 || 2017 || Universo dos Livros 


Sinopse:
Ewan McCabe, o mais velho dos irmãos, é um guerreiro determinado a dizimar seu inimigo. E o agora é um momento oportuno para a batalha, já que seus homens estão prontos e Ewan está preparado para pegar de volta o que lhe pertence; contudo, uma tentação de olhos azuis e cabelos negros adentra seu castelo e sua vida. Mairin pode ser a salvação do clã de Ewan, mas, para um homem que sonha com vingança, os assuntos do coração são um território insignificante para conquistar.
Filha ilegítima do rei, Mairin tem uma propriedade valorizada que a tornou o centro de um jogo de interesses ‒ e reticente no amor. Seus piores medos vêm à tona quando ela é resgatada do perigo só para ser obrigada a se casar com seu salvador carismático e autoritário, Ewan McCabe. Mas a atração por seu novo marido robustamente poderoso a faz implorar por seu toque surpreendentemente gentil; seu corpo ganha vida sob aquele controle sensual. E, conforme a guerra se aproxima, a força, a alma e a paixão de Mairin desafiam Ewan a derrotar seus demônios ‒ e se entregar a um amor que vale mais do que vingança e dinheiro.

Mairin Steward passou sua vida inteira temendo àqueles que a usariam por motivos próprios. Criada em um convento, ela anseia pelo dia em que finalmente poderá sair, casar e construir uma família, sem temer por sua vida. Mas infelizmente, sua liberdade é alcançada da pior forma possível e seus maiores temores se tornam realidade: ela é sequestrada pelos vis homens de Laird Cameron, um ambicioso homem que deseja se apossar de seu dote e controlar as Higlanders. Agora, além de lutar para fugir de seu terrível destino, ela precisa encontrar uma forma de salvar também a vida de Crispen, um menino que também foi capturado.

Ewan McCabe é o Laird McCabe, depois que seu clã sofreu uma grande traição e quase foi dizimado por seus inimigos, a única coisa que o preocupa no momento é conseguir dinheiro para reconstruir seu castelo, alimentar seu povo e se vingar de Duncan Cameron. Quando seu filho desaparece e ele envia seus homens para procurá-lo, qual não é sua surpresa quando seu filho retorna acompanhado de uma bela e obstinada mulher, que se recusa a dizer quem é.

Nessa disputa de vontades, o desejo surge e faíscas começam a voar. E quando a situação os força a se aliarem contra um inimigo em comum, eles tomam uma decisão que mudará o curso de suas vidas. Poderá o amor surgir à partir de um casamento de conveniência?!


Aquele homem era impossível. Ele a deixaria louca em um dia. Era controlador e insuportável. Arrogante. Lindo. E a beijou como em um sonho.


Ainh gente, o que dizer desse livro da Maya que me cativou tanto?! E ainda por cima duas vezes, porque é a segunda vez que leio esse livro (a primeira vez foi há uns 4 anos). Ele tem praticamente todos os elementos que eu gosto em um romance: casal obstinado e cabeça dura, um complô cheio das tretas, personagens secundários muito bem desenvolvidos e claro, aquelas cenas hots das boas (Senhor me abana!!!).

A Mairin, coitada, teve que viver escondida a vida toda. Apesar de ter sido criada em um convento, ela definitivamente NÃO possui um osso submisso em seu corpo e diz o que pensa na lata, (sério, ela não tem o “filtro” e isso provocou várias cenas engraçadas. Passei vergonha lendo no ônibus. kkkkkk).

― Todos sabem que um homem tem habilidades em questões amorosas ou de guerra. É óbvio que a sua é lutar.


E o Ewan é todo autoritário e meio bruto (típico higlander), e logo de cara fica atraído por essa mulher misteriosa (mal sabe ele o que o espera. kkkk).


Ela era dele para que a possuísse. Desde quando colocou os pés em sua propriedade, passara a ser dele. Independentemente de se casar com ele ou não.


É interessante ver o desenrolar do relacionamento dos dois, como os sentimentos vão surgindo e como lidam com isso. A atração física surge quase que imediato, mas os sentimentos aparecem um pouquinho mais devagar.

Gosto bastante dos livros da Maya e de como ela conduz a narrativa. Acho que ela sabe dosar bem as cenas engraçadas, românticas e sérias. Os outros irmãos McCabe também aparecem na história, sendo que o Alaric é o mais “bonzinho” e o Caelen o “revoltado” (livros 2 e 3 respectivamente). Não posso deixar também de mencionar o Crispin e a Grechen; o primeiro é filho do Ewan e é um garotinho adorável com um coração enorme; a Gretchen é uma das meninas do clã que decidiu que vai ser uma guerreira e ai de quem disser o contrário (vai Gretchen!!)

Adquiri o livro físico e acho que a Universo fez um bom trabalho. Não lembro de ter encontrado algum erro de português e a letra escolhida é boa, assim como o espaçamento entre linhas. Ainda acho que podiam ter feito uma capa um pouquinho mais atrativa (e condizente com a história), mas não podemos ter tudo.

Amei a história (de novo. kkkk) e definitivamente vale a pena adquirir o livro físico!!

                                              

11 comentários:

  1. OI! Já tinha ouvido falar dos McCabes, mas acabei esquecendo de procurar! Adoro quando os casais se casam forçados e vão construindo o amor no decorrer do tempo, é sempre tão legal quando eles descobrem que estão apaixonados, e muitas vezes fica engraçado.. Gosto muito de romances de época, e saber que essa leitura foi tão boa assim, me deixa animada! Obrigada pela dica!

    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline!!
      Então menina, também adoro casais que começam "guerreando" e vão se apaixonando. kkk
      Eu realmente gosto dos romances de época, e os livros de Higlanders da Maya são ótimos. Pode ler sem medo!!

      Excluir
  2. Oiee Jess ^^
    Eu até gosto de casais cabeças-duras e daquelas alfinetadas todas que fazem a gente rir muito, mas acho que essa série eu nem tentaria ler, imagino que acabaria não gostando muito *-* não sei se é preconceito por ser da Maya ou se é por causa dessa coisa de cada livro da série trazer um irmão. Isso me cansou...haha'
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dryh!
      Você não gosta dos livros da Maya? Olha, eu sei que as vezes ela dá uma exagerada nos romances contemporâneos (principalmente nas cenas hots) mas juro que ela não faz isso nos de Higlanders. Tem cenas adultas, mas tudo na medida. E essa serie é composta por apenas 3 livros, e os irmãos ficam aparecendo durante toda a serie, então é super legal.
      Acho que tu devia se arriscar e ler, podes acabar gostando!!

      Excluir
  3. Poxa vida, eu amo a escrita da Maya demais, ela sempre me parece incrível demais, sabendo criar bons personagens e tal. Eu ainda não li essa série em questão, mas só vejo bons comentários. Se você amou, e optou por reler, é sinal de que realmente vale a pena. Vou comprar assim que possível.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dayhara!
      Também curto a escrita da Maya e adorei me apaixonar por essa serie novamente. kkk
      Já que tu é fã da autora, acho que vale super a pena adquirir essa série.Pra mim é uma das melhores!

      Excluir
  4. Oi Jess.

    Adorei sua resenha, porque eu tenho muita vontade de ler este livro, mas ainda não tive a oportunidade e pela sua opinião parece que a história é bem construida. Sua dica está anotada, pois assim terei a chance de conhecer a escrita da Maya e quem sabe tornarei fá da autora.

    Bjos
    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kênia,
      Obrigada por ter gostado da resenha ^^
      Eu realmente amei esse livro (toda a serie no geral. kkkk) e espero que você também aprecie a leitura.

      Excluir
  5. Oi tudo bem? Li e resenhei também no Blog esse livro, quando peguei para ler fiquei com um certo receio, pois já conhecia a escrita da Maya em outros livros. Mas ela conseguiu me surpreender esses romances de época não tem nada a haver com outros temas dela, me prendeu do começo ao fim, na primeira parte dessa história fiquei revoltada pois a Mairin nunca ia ter uma chance de provar do é capaz por ser mulher, E Ewan o que falar dele, tinha hora que wu queria mata-lo em outras ele era muito carinhoso eu adorei o enredo. Parabéns pela resenha, bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cris,
      No geral, eu adoro a escrita da Maya Banks e quando descobri que ela tinha uma serie de Higlanders (um dos meus estilos favoritos), fui correndo conferir. Realmente foi uma boa surpresa, ela sabe dosar bem os elementos que apresenta e os personagens principais são muito bem desenvolvidos.
      Obrigada por ter gostado da resenha.

      Excluir
  6. Já li Maya, mas foram os seus livros contemporâneos, curti a leitura e sua forma de escrita! Acho massa o fato de vc ter curtido tanto a leitura, eu não tenho muito interesse, apesar de sempre ver as pessoas falando super bem dela!

    ResponderExcluir

Seja bem vindo!
Muito obrigada pelo seu comentário, sua visita é muito importante para o Paraíso!!
Volte sempre

Tecnologia do Blogger.