[Resenha] Paraíso Perdido - Jhon Milton , Pablo Auladell

Paraíso Perdido || Graphic Novel , HQ || Jhon Milton , Pablo Auladell || 320 || 2018 || Darkside Books 

Sinopse:
Um clássico da literatura mundial adaptado pela primeira vez em uma graphic novel única e essencial. Há 350 anos, o conflito entre Deus e Satã narrado em Paraíso Perdido, obra-prima de John Milton, virou um marco na literatura. Seus dez mil versos sobre a criação do mundo, a tentação e o desejo por redenção receberam reconhecimento instantâneo e serviram de inspiração para peças de teatro, músicas, pinturas e livros, ecoando na obra de mestres como Mary Shelley, C.S. Lewis, Philip Pullman e Neil Gaiman. Agora, a obra colossal foi reimaginada pelo premiado ilustrador espanhol Pablo Auladell. Com seu traço sombrio, quase desolado, o tributo captura o lirismo de Milton para quem ainda não teve o prazer de ler os cantos originais. Ao mesmo tempo, complementa a experiência do leitor, dando ainda mais vida ao texto. A graphic novel inspirada na grande obra de Milton chega para fazer parte da linha DarkSide Graphic Novel numa edição que deixaria Adão em apuros, com capa dura, bordas douradas e todo aquele cuidado que os fãs já esperam — e merecem. Chegou a hora da redenção.


Olá!!!
Nana Garces aqui para mais uma resenha de uma HQ, mas não um quadrinho qualquer porque aqui é DARKSIDE! E HQ da Darkside é uma obra prima! Nem preciso falar que a obra prima a qual me refiro é Paraíso Perdido de John Milton, desenhado por Pablo Auladell. E posso adiantar que se John Milton escreveu um lindo e grandioso poema, Pablo Auladell conseguiu transformar as palavras em pura arte.

Paraíso Perdido aborda a história bíblica da queda de Satã até o momento que Adão e Eva são expulsos do Paraíso. Por isso, Paraíso perdido. Por se tratar de uma história corriqueira, que aprendemos com nossos pais, tios, tias, avós, avôs, igreja, colégios (no meu caso foi um colégio religioso hehe) não vejo problema com spoilers nessa resenha.

melhor reinar no inferno que servir no céu

Inclusive acredito que o forte dessa HQ não seja a história contada, mas o poema e a arte que foi usada para expressar as palavras do autor.

Os livros da Darkside tem um ponto muito interessante, especialmente para mim, enquanto leitora de clássicos, que é abordar o que aconteceu por trás dos bastidores, como o autor, ou desenhista, ou roteirista, e a nota do autor dessa HQ trás um ponto muito interessante sobre como Pablo Auladell se interessou e por quanto tempo ele ficou em torno desse trabalho, isso eu vou guardar como um spoiler, por que, mesmo sendo um texto curto, é algo que merece atenção por todo o trabalho desenvolvido de maneira impecável desse desenhista.



Em 318 páginas de belas artes ricas em vida, ódio, culpa, o leitor pode se sentir sendo julgado por olhares obtusos do próprio anjo Gabriel, ou mergulhar num medo inexplicável ao ser observado diretamente pelo olhar de víbora do próprio Satã, e ainda assim julgar os próprios atos de Deus, Satã, seus anjos e os inocentes Adão e Eva.

[...] ele que não pede 
De nós serviço algum a não ser este, 
Esta fácil tarefa, de entre as árvores 
No Paraíso que atam frutos doces 
Tão vários, não provar conhecimento de uma só


Nas palavras de Andrew Pyper: “Todos que leem o Paraíso Perdido de Milton enxergam a obra de modo particular. Mas você nunca mais vai vê-lo da mesma maneira após ler a comovente, essencial e horripilante adaptação de Pablo Auladell. Satã aqui é um anjo de pura hipocrisia, igualmente sedutor e nefasto. Uma figura própria do nosso tempo.”

Esse é aquele livro que se deve ter na estante para ler e colecionar, e de tempos em tempos se deleitar com tamanha qualidade de arte que foi usada para adaptar um poema clássico como Paraíso Perdido, que, assim como é possuidor de um poema rebuscado, é de uma arte lindamente e agradavelmente teatral, adaptando perfeitamente sua bela história.

Nem preciso falar que essa HQ virou uma das minhas favoritas de todos os tempos. E aconselho todos a comprar e experimentar uma imersão diferenciada de uma história tão conhecida.

É isso aí, espero que tenham curtido e deixem seus comentários aqui!

Beijocas e até a próxima!


13 comentários:

  1. Com certeza essa obra é uma experiência estética inesquecível <3

    ResponderExcluir
  2. Olá.

    Adorei a resenha.
    Ainda não conhecia o livro e não sou muito de ler HQ, porém cada vez mais vem surgindo lindas histórias e a minha wishlist vai aumentando. O que mais gostei da sua resenha foi a parte que você cita " arte que foi usada para expressar as palavras do autor.". Deve ser uma HQ incrível.

    Adorei.
    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir
  3. Olá, tinha ficado encantada pela capa da HQ e queria mesmo ver uma resenha para saber mais sobre ela, parece ser uma obra linda por dentro e por fora pelo seu ótimo post.

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?

    Apesar da capa, resenha e premissa serem interessantes, essa HQ não despertou minha vontade de ler. A darkside tem uns bons livros, mas dessa vez, eu passo a dica.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá! Não curto os livros que a Dark traz e infelizmente não vai ser dessa vez que lerei algo dela, mas eu apreciei bastante a estrutura da sua postagem e sua forma de resenhar o livro.
    Mas como você disse, para um colecionador super vale a pena, né? Pois, percebi mesmo que a edição está muito especial. O capricho da Dark não tem como contestar, eu só não sou muito fã, mas enfim... Parabéns também pelo seu capricho com a postagem tão bem feita!
    Beijinhos!

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
  6. Oi Nana tudo bem? Eu gosto muito de HQ, principalmente se for da Darkside, eles fazem no capricho tudo que põe a mão, as ilustrações são sensacionais pelo que deu para ver, vou procurar quem sabe acho alguma promoção kkk, fiquei curiosa sobre o enredo, obrigado pela dica, parabéns pela resenha. Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Olá...
    Adorei sua resenha, muito encantadora e bem escrita. Porém, não sou muito de ler HQs, por isso, não despertou o interesse em ler, mas, como disse é só uma questão de gosto mesmo... Vou indicar esse post para uns amigos que curtem o genero ;)
    Bjo

    ResponderExcluir
  8. Ainda não tive a oportunidade de ler nenhuma HQ da Darkside Books, mas estou bastante curiosa. A arte dessa é linda, dá vontade de ler.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  9. Não sou muito de ler HQ mas achei essa bem interessante. Suas impressões me deixaram curiosa. Parabéns pela leitura e pela resenha. Dica mais que anotada.
    Suas fotos ficaram ótimas 😉😉😉😉

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem? Ah que legal, não sabia que era HQ. Com certeza dica anotada, apesar de não conhecer o poema, mas acho que será uma forma diferente de conhecê-lo. Que bom que entrou para seus favoritos. Adorei <3
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Nana,
    Fico muito contente que esse livro tenha te agradado e que ele agregue tanta coisa bonita. No entanto, não fiquei nada interessada em fazer essa leitura, eu não gosto muito de HQ, nem livros com essa temática, então, vou passar a dica por enquanto.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi Nana,
    Que bom que você gostou da obra, confesso que fiquei interessadíssima em conhecer mais, ainda mais com o tema que aborda e a forma. Adorei a dica.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  13. Hey Nana
    Caramba fiquei interessado nessa leitura e pelo q falou, a Darkside caprichou bastante como sempre. Mesmo sendo uma história conhecida, ver de outra maneira é sempre interessante, com certeza lerei!!!

    ResponderExcluir

Seja bem vindo!
Muito obrigada pelo seu comentário, sua visita é muito importante para o Paraíso!!
Volte sempre

Tecnologia do Blogger.