[Resenha] Amor Imenso - Penelope Ward


Amor Imenso || Romance , Erótico || Penelope Ward || 272 || 2017 || Essência 
Sinopse:

Quando um mal-entendido vira combustível para uma tórrida história de amor Desde garoto, Justin amava Amelia, que odiava Justin desde que ele se mudou para a casa vizinha à da sua avó, em Rhode Island. Não, nada disso. Amelia também amava Justin, mas um mal-entendido o fez pensar que a garota mais incrível do mundo não correspondia ao seu amor e, pior, o odiava. Os anos se seguiram, e os dois tomaram caminhos distintos até que o destino – e um empurrãozinho de Nana, avó de Amelia – os reuniu novamente na casa onde se conheceram quando eram adolescentes. Obrigados a compartilhar o mesmo espaço, Justin – que aparece na casa de praia de Nana com a namorada – e Amelia vivem como cão e gato. Orgulhosa, a princípio ela não dá o braço a torcer ao amor que sempre sentiu pelo vizinho e reluta o quanto pode contra os encantos de um Justin, agora, mais maduro e... muito mais atraente. Será que ambos resistirão à paixão e ao desejo que os incita desde a adolescência?


O
 lha eu aqui outra vez com um livro da Penelope Ward e mais um bestseller! Como mencionei anteriormente, eu nunca tinha lido nada da autora e comecei com "Cretino Abusado". Mas, como foi em parceria com outra autora, eu queria ver como Penelope se sairia escrevendo sozinha. E não me decepcionei!


As vezes aquilo que mais tememos, é de fato o que nossa alma mais almeja.


Como é a escrita da Penelope Ward?

A Penelope tem um tipo de escrita que te fisga na primeira linha e te conduz até o final da história. E eu simplesmente adoro isso! A história tem vários clichês e não tem grandes reviravoltas, como foi também com o livro que resenhei anteriormente... Mas, nesta história nos surpreendemos um pouco mais com o plot, principalmente porque há um plot twist que talvez você não esperava e mais: os personagens são mais bem aprofundados!


Nunca parei de amar você.Houve um tempo em que tentei te odiar,mas nem assim parei de te amar.


Conheça Amelia e Justin

Eu achei a personagem Amelia muito bem construída. Ela não é aquela mulher do tipo "mimimi" e esbanja sororidade. Mesmo vendo que seus sentimentos de adolescente por Justin não foram embora, ela faz de tudo para não colocar eles para fora em respeito a atual namorada dele. E eu acho isso digno. É claro que a gente torce para o casal principal ficar junto, mas a vida não é perfeita, as coisas não saem como o planejado e não podemos impor nossas vontades, não é mesmo?

Ao mesmo tempo, fico com raiva do Justin porque ele não quer nem conversar com Amelia e resolver essa tensão sexual/erros do passado/amizade rompida que eles tem. E eu fiquei querendo saber logo o que tinha acontecido entre eles que os fez perderem o contato. Ponto para a autora!

Acredito que essa parte poderia ser sido melhor desenvolvida, mas acredito que por ser um livro curtinho e mais leve, cumpriu seu papel.




O trocadilho Roomhate

Infelizmente, o trocadilho que eu adorei do título original se perdeu na tradução, virando Amor imenso - que tem grande significado para a história. Talvez o título original até deixe parecer que o livro é mais adolescente do que realmente é, pois os problemas tratados são muito mais profundos. Não cabe a mim colocar aqui, pois seria spoiler. Mas, só posso dizer que Amor imenso também caiu muito bem.


Só queria dizer que foi esse trocadilho que me chamou atenção e eu esperava encontrar mais um casal que solta faísca e tem que conviver sob o mesmo tempo. E, sim, isso, acontece. Mas a história é tão mais, os personagens tem tão mais história para entregar, que fui surpreendida e super recomendo a leitura!



Já quero conhecer outros livros da autora e vocês?



2 comentários:

  1. Olá, tudo bem? Eu sou fã de carteirinha da autora por causa de Meu Querido Meio-Irmão, mas confesso que Amor Imenso foi meio sofrência para mim hahaha é uma história "curta", mas que me deixou com raiva em diversos momentos e caindo em um "clichê" que não curto. Cretino Abusado foi a mesma coisa hehehe mesmo assim meu amor pela autora não morre, e espero encontrar mais histórias dela envolvente pela frente. Concordo que a escrita dela é quase única, e isso faz todo o diferencial adorei!
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oiii flor, tudo bem??
    Eu ainda não conhecia a autora nem essa história.
    Eu achei bem interessante que a obra te surpreendeu e tive vontade de conhecer um pouco mais, ainda mais pela personagem principal ser muito bem construída.
    Obrigada pela dica!!

    ResponderExcluir

Seja bem vindo!
Muito obrigada pelo seu comentário, sua visita é muito importante para o Paraíso!!
Volte sempre

Tecnologia do Blogger.