[Resenha] Without Merry ( Sem Mérito ) - Colleen Hoover

Without Merit || Sem Mérito || Romance , YA , Drama || Colleen Hoover || 384 || 2017 || Atria Books 

Sinopse Tradução Livre:
Nem todo erro merece uma conseqüência. Às vezes, o única coisa que ele merece, é o perdão.

A família Voss é qualquer coisa menos normal. Eles moram em uma igreja reutilizada, recém-batizada de dólar Voss. A mãe, uma vez atingida pelo câncer, vive no porão, o pai é casado com a antiga enfermeira da mãe, o pequeno meio-irmão não tem permissão para fazer ou comer nada divertido, e os irmãos mais velhos são irritantemente perfeitos. Então, há Merit.
Merit Voss coleciona troféus que não ganhou e também os segredos de sua família. Ao navegar na loja de antiguidades local buscando o próximo troféu, ela encontra Sagan. Sua inteligência e o idealismo sem remorso a desarmam e despertam uma vida renovada para ela - até descobrir que ele está completamente indisponível. Merit recua cada vez mais para dentro de si mesma, e fica observando sua família do lado de fora até que ela descobre um segredo que nenhum troféu no mundo pode ajudar a esconder.

Com as mentiras, Merit decide quebrar a feliz ilusão familiar da qual ela nunca fez parte antes de deixá-los para trás. Quando seu plano de fuga falha, Mérit é forçada a lidar com as consequências surpreendentes de dizer a verdade e perder o único garoto que ela ama.

E
u acho que enfim estou em dia, quer dizer, existem outros livros da autora que ainda não li, mas que de certa forma não me despertam a curiosidade, mas sei que uma hora vou acabar lendo. É esse meu lado masoquista que fala mais alto e me faz amar uma autora que só espezinha meu coração, e assim continuo na saga CoHo. O livro resenhado a seguir, ainda não foi lançado no Brasil, e não se tem notícia se será, mas ele esta à venda em inglês na Amazon.

Como a própria sinopse já diz, Merit não tem uma família normal, ou pelo menos é nisso que ela acredita já que sua familia está longe dos padrões estabelecidos. Merit mora em uma igreja que foi reformada para ser uma casa, tudo birra de seu pai com o cachorro do pastor ... longa história. Na casa habitam: sua irmã gêmea, seu irmão mais velho, seu pai, sua madrasta, seu irmão mais novo, e acredite sua mãe.

Não somos colocados nesta terra para sermos cópias de carbono de nossos pais. A paz não vem para todos da mesma forma.

O relacionamento de Merit com sua família não podia ser pior, odeia seu pai por traído a mãe com a enfermeira e depois ter levado a mesma para morar na mesma casa , não se dá bem com irmã porque as duas são o completo oposto e se recente do irmão por algo que o mesmo lhe fez no passado, sendo assim sua vida se resume aos troféus, uma coleção extensa que de certa forma aplaca sua dor e solidão.

E é em uma bela tarde ensolarada buscando por mais um troféu que Merit conhece Sagan, e tudo poderia ser perfeito se ele não fosse o namorado de sua irmã gêmea e não tivesse confundido com Honor quando a beijou na rua, e se isso não fosse ruim o suficiente, ele ainda se muda para sua casa. Ela não quer ser a gêmea má que cobiça o namorado da irmã, mas daquela tarde se tornou impossível estar no mesmo ambiente que Sagan.

Quando Merit enfim descobre o último segredo que explode seu saco de coisas escondidas...( Sim, porque há tanta coisa acontecendo naquela casa que ela já não suporta mais esconder os segredos alheios), ela resolve colocar um fim em tudo e fazer a família Voss enfrentar seus segredos e suas mentiras. Mas nada sai como planejado, e agora Merit terá que lidar com a vergonha de seus atos e as consequências dos mesmos.

Uma pessoa não pode evitar sua atração por outra pessoa, mas uma pessoa pode evitar suas ações em relação a outra pessoa.

Que a Coho é uma escritora dinâmica e cheia de enredos diferenciados todo mundo já sabia, sendo assim não é surpresa que nesse livro, ela trate de assuntos pesados porém diferenciados dos livros anteriores. Confesso que quando iniciei a leitura fiquei confusa e não consegui me apegar a Merit logo de cara, era uma família muito grande e muita informação para assimilar. Mas enfim as peças foram se encaixando e aos poucos fui percebendo onde a Diva queria chegar.

Merit tem problemas, muitos problemas,e o principal deles que será debatido com ênfase, é a depressão, nada esta bom, ela se sente trite e sozinha, por mais que sua família seja gigante, é como se ela fosse invisível e sua causa dor. Por ser uma adolescente e os adolescentes sempre passarem por esses momentos ninguém me ama ninguém me quer, a doença de Merit passa batida até chegar ao extremo, e é nesse momento que as crises serão resolvidas, e as coisas vão ganhar outra perspectiva.

O tema central do livro gira em torno da depressão, mas abrange muito mais que isso, demonstra como a falta de diálogo e a incompreensão podem nos levar a ver e interpretar as coisas da pior forma possível, afinal, somos humanos e apela para o pior é o que fazemos de melhor, uma simples conversa e toda a perspectiva muda, o ódio vira amor e o rancor vira compreensão.

Mais uma vez Coho surpreende apresentando personagens coesos e problemáticos, mas que se encaixam de forma mágica e constroem um enredo repleto de lição e amor, mais uma história cativante que instiga, alerta e emociona. E é por isso, que mesmo sofrendo horrores ao término de cada livro, eu continuo adorando essa mulher, porque cada lição é mágica, e o conhecimento e sabedoria são coisas que ninguém pode nos tomar, essas são as únicas que vão para o túmulo conosco.

Mas um livro sensacional que indico, recomendo, ofereço e elogio!!! Leiam porque Coho sempre merecerá ser lida, não importa a época.


Você não pode decidir o que sua vida significa para qualquer outra pessoa.




6 comentários:

  1. Amo demais tudo o que essa mulher escreve e me autointitulei "a maior fã da coho" hahahaha
    Ainda não li esse, mas tenho quase todos os livros dela publicados no Brasil.
    Ela é demais! haha

    beijos
    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieee,
      Ela é maravilhosa mesmo, não tem como não querer ter todos os livros dela na estante hahahahahah

      Bjs

      Excluir
  2. Oi, Keely.
    Estou super atrasada com os livros da Colleen e já nem sei mais se consigo acompanhar!
    Vou tentar ler, pelo menos, os que são únicos! Quem sabe consigo ler algum ainda nesse semestre... Ai ai... Vida de blogueira não é fácil! hehehe
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  3. Colleen Hoover sempre me deixa arrasada.
    Eu acabei de ler um livro dela e pretendo não ler outro nem tão cedo. Preciso me recuperar do baque anterior ainda! uhahuahuhua
    Adorei sua resenha e vou anotar a dica para uma leitura futura com certeza!

    Beijinhos

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, Kelly! Tenho alguns livros dessa autora comigo, mas ainda não li nenhum! rs
    E todos falam super bem dela e talz, que muitas vezes já pensei em passar a leitura na frente, mas não conseguia. Curti bastante a premissa desse livro e fiquei mega curiosa. Uma pena ainda não terem trazido para o Brasil, vou aguardar!
    Bjs
    Lucy
    Por essas páginas

    ResponderExcluir
  5. Oiii tudo bem??

    Só li um livra da autora, e não achei isso tudo, sempre coloco os livros dela nos desejados mas acabo não lendo, gostei do tema deste livro e tenho certeza que assim que lançar ira entrar pros desejados tbm.
    Espero ler algo dela em breve.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir

Seja bem vindo!
Muito obrigada pelo seu comentário, sua visita é muito importante para o Paraíso!!
Volte sempre

Tecnologia do Blogger.