Amante Eterno Livro 02 || J.R Ward


Amante Eterno - Livro 02 || Irmandade da Adaga Negra || J.R.Ward || Romance , Fantasia, Erótico , Sobrenatural || Universo dos Livros || 448 || 2010




Sinopse:
Nas sombras da noite em Caldwell, Nova York, desenrola-se uma sórdida e cruel guerra entre vampiros e seus carrascos. Há uma irmandade secreta, sem igual, formada por seis vampiros defensores de sua raça. Possuído por uma besta letal, Rhage é o membro mais perigoso da Irmandade da Adaga Negra. Dentro da Irmandade, Rhage é o vampiro de apetites mais vorazes. É o melhor lutador, o mais rápido a reagir, baseado em seus instintos, e o amante mais voraz, porque em seu interior arde uma feroz maldição lançada pela Virgem Escriba. Possuído por esse lado sombrio, Rhage teme constantemente que o dragão dentro de si seja liberado, convertendo-o num perigo para todos à sua volta. Mary Luce, uma sobrevivente de muitas adversidades, entra de maneira involuntária no universo dos vampiros, contando apenas com a proteção de Rhage. Concentrada em combater a sua própria maldição, potencialmente mortal, Mary não está buscando o amor e perdeu sua fé em milagres tempos atrás. Mas quando a intensa atração animal de Rhage se transforma em algo mais emocional, ele sabe que Mary precisa ser sua e de mais ninguém. E enquanto os inimigos fecham o cerco, Mary luta desesperadamente para alcançar a vida eterna com aquele que ama...


Neste livro vamos conhecer Rhage ou talvez prefiram Hollywood??? Oh sim.... De todos Rhage é considerado o mais belo e o melhor lutador da Irmandade, e com certeza o mais perturbado, já que ele é o rei das pegadinhas, sempre com um pirulito na boca e uma resposta pronta, esse irmão garante diversão e emoção nesse livro.

Em um passado longínquo, Rhage foi amaldiçoado pela Virgem Escriba e agora ele carrega dentro de si uma besta feroz em forma de dragão que se manifesta tomando o corpo do irmão sempre que se enfurece, para controlar esse monstro Rhage acaba descarregando toda a sua fúria em lutas ou sexo casual... Sim SEXO, de toda a família, este irmão é o que possui maior apetite sexual, mas não por desejo, e sim por obrigação de manter a besta controlada para a segurança de seus irmãos que lutam ao seu lado. Isso acontece porque quando transformada, Rhage não possui consciência e nem controle do seu corpo, é uma apenas um dragão gigantesco e esfomeado liberto em meio aos irmãos.


Às vezes, fingir ser normal era o melhor antídoto para a estranheza.

Mas apesar de todo o sexo que pratica, Rhage se sente só e vazio, pois por traz de toda a sua agressividade existe um mega homem romântico, cansado de uma vida vazia, e é nesse momento que Rhage conhece Mary.

Mary trabalha em um escritório de advocacia e nas horas vagas é voluntaria em um serviço de prevenção ao suicídio e vizinha de Beth, ela esta fazendo uma visita ao castelo da Irmandade com a amiga e Jhon, ela foi convidada para ajudar na tradução do que o menino diz, já que o mesmo só se comunica com sinais. Ao adentrar o centro de treinamento ela da de cara com Rhage que esta se recuperando de uma de suas transformações em combate. Como todas as suas ressacas pós transformação, ele está cego e no exato momento que Rhage escuta a voz de Mary ele se apaixona e é ai que começa o drama.... Rhage teme pelo contato de Mary com sua besta, mas tudo isso vai ao chão quando ele descobre que Mary tem Câncer, agora sua guerra será para salvar a sua amada.


ㅡ Não sou sua ㅡ sussurrou ela. A rejeição não o desconcertou.ㅡ Bem. Se não posso tê-la, então, eu me dou inteiro para você. Pegue tudo de mim, uma parte, um pedacinho só, o que quiser. Mas, por favor, fique com alguma coisa.


Esse volume é muito mais dramático e intenso que Amante Sombrio, a doença de Mary e suas perdas intensificam o enredo, e o medo é coadjuvante na história. Rhage tem medo do que a besta pode fazer com a Mary, e ela tem medo de morrer e deixá-lo sozinho, tem medo de se apaixonar, se entregar e não poder viver esse amor. Um livro cheio de intensidade, e acima de tudo carinho e afeto, já que Rhage faz de tudo por sua Mary, e lutar pela sua saúde e felicidade é seu foco, prepare as lágrimas porque quando você achar que tudo esta perdido e que Rhage não pode fazer mais nada J.R Ward vai dar uma reviravolta na história e te dar uma amostra da genialidade dela.

Nesse segundo volume também conheceremos mais de Butch, Zsadist e Phury, três irmãos com grandes histórias a serem reveladas, além da inclusão de novos personagens que serão cruciais na continuação e desenvolvimento da série.

Ilustração retirada do site https://www.deviantart.com/
No próximo volume conheceremos Zsadist e sua história, de todos os livros, com certeza ele é o irmão que mais independente de sua aparência. Mais uma vez Ward cativa com as palavras e prende o leitor do começo ao fim da obra, e 500 páginas passam na velocidade de 20.






10 comentários:

  1. Oi! Gente, lendo sua resenha me deu vontade de ler todos os livros de uma vez, mas sinceramente, tenho medo dessa série, é grande demais! E parece que a autora só vai lançando livro, não cansa! Mas eu adorei sua resenha e confesso que fiquei encantada por Rhage, por seu jeito maluco, mas sabemos que o coração é doce! Vou pensar seriamente em começar a série! Obrigada pela dica!

    Bjoxx ~ Aline ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline,
      É enoooorme mesmo, mas olha, depois que você pega o primeiro fica bem difícil largar viu, e apesar de ser uma série grande e os livros serem grossos, a leitura passa muito rápido. Se joga amiga haha

      Beijokas

      Excluir
  2. Estou chocada com o tamanho dessa série O.O, pensei que era uma trilogia.
    Gostei da sua resenha, mesmo não curtindo o gênero literário (o lado erótico e também sobrenatural), gostei da premissa e os personagens parecem ser bem desenvolvidos =)

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Clayci,
      hahaha quando eu comecei a ler não imaginava que ia ficar desse tamanho hahaha, mas enfim chegou e aos poucos eu fui acompanhando! Amo fantasia haha, e apesar de ser erótico, esses são os únicos que amo.

      Beijokas

      Excluir
  3. Oiii tudo bem??

    Já conhecia a serie, e conheço muito bem o ditado, não julgue o livro pela capa, mas sabe quando você já julgou e não consegue mudar.
    Ao ler sua resenha até da vontade de ler, mas quando vejo a capa lá vem o desanimo de novo, acho que porque não curto muito o estilo. E estou um pouco cansada de series, e preferindo livros únicos.
    Mas adorei a resenha.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafa,
      Sei como é.. eu só dou continuidade a série porque iniciei numa época em que esse tipo de capa não me incomodava, mas se fosse hoje em dia com certeza passaria longe hahaha, entendo 100% sua opinião!!

      beijokas

      Excluir
  4. Oi Kelly.

    Que delicia relembrar a irmandade através da suas resenhas. Eu amei Amante Eterno, especialmente o final dele. Recordo que chorei quando li a primeira vez. Agora prepara para fortes emoções na história de Z.

    Bjos
    https://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kênia!!
      Com certeza a história do Rhage foi linda, mas sem dúvida alguma o Z é meu ponto fraco, e relembrar é viver né? Ainda mais com uma série deste tamanho que sempre aparecem mais livros hahaha

      Beijokas

      Excluir
  5. Comentei na sua primeira resenha da série que essa quantidade de livros me desanima né? Mas estou curtindo muito ler as suas resenhas, será que no fim serei convencida? rsrsrs
    Que bom que você continua curtindo as leituras, que seja assim até o final!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mara,
      Será? Vem vindo mais, vou respostar as já feitas e fazer as que não publiquei na época.. das duas uma, ou se apaixona e lê, ou acompanha a história por mim hahahahahaha, mas já convenci muita gente viu.

      Beijokas

      Excluir

Seja bem vindo!
Muito obrigada pelo seu comentário, sua visita é muito importante para o Paraíso!!
Volte sempre

Tecnologia do Blogger.