[Resenha] Eu Perdi o Rumo - Gayle Forman

Eu Perdi o Rumo || Jovem Adulto , Romance || Gayle Forman || 272 || 2018 || Arqueiro 


Sinopse:
O novo romance de Gayle Forman, autora dos best-sellers Se Eu Ficar e Eu Estive Aqui.
Suas obras já venderam mais 9 milhões de livros pelo mundo.

Freya perdeu a voz no meio das gravações de seu álbum de estreia. Harun planeja fugir de casa para encontrar o garoto que ama. Nathaniel acaba de chegar a Nova York com uma mochila, um plano elaborado em meio ao desespero e nada a perder.

Os três se esbarram por acaso no Central Park e, ao longo de um único dia, lentamente revelam trechos do passado que não conseguiram enfrentar sozinhos. Juntos, eles começam a entender que a saída do lugar triste e escuro em que se acham pode estar no gesto de ajudar o próximo a descobrir o próprio caminho.

Contado a partir de três perspectivas diferentes, o romance inédito de Gayle Forman aborda o poder da amizade e a audácia de ser fiel a si mesmo. Eu Perdi o Rumo marca a volta de Gayle aos livros jovens, que a consagraram internacionalmente, e traz a prosa elegante que seus fãs conhecem e amam.

E chegou mais um livro da querida Gayle Forman, e apesar de todo seu sucesso, confesso que não fui cheia de esperanças, até o momento só tinha lido uma obra da autora e não posso dizer que foi uma ótima leitura, mas posso garantir que esse com certeza foi uma linda e espetacular experiência!!!

Em Eu Perdi o Rumo, vamos conhecer Freya, Nathaniel e Harum, três personagens que só possuem em comum a sensação de estarem perdidos em meio aos dilemas da vida, até que os três se encontram, e esse encontro inesperado vai ajudar esses três jovens a encontrarem seu rumo e sua felicidade.

Um osso fraturado, quando cicatriza, fica ainda mais forte do que antes. O mesmo vale para corações partidos.

Freya é uma jovem com descendência Etíope que ficou famosa muito cedo, quando seu pai partiu abandonando ela e a irmã mais velha, as duas encontraram apoio uma na outra cantando, e assim, tentando chamar a atenção do pai, um vídeo simples do Youtube transforma as duas nas Irmãs K. Logo após explodir na mídia, as mesmas são vistas por um empresário, mas Haydenn só quer uma delas, e assim Freya começa a se afastar do que ama e do que realmente importante, chegando ao ponto de acreditar que se não cantar, jamais será amada.

Harun é um jovem muçulmano que também vive em Nova York, e apesar de estar longe dos seus costumes possui uma família tradicional que segue as regra com afinco, e isso não seria um problema se Harun não fosse homossexual, segredo que ele carrega desde a infância. Harun acredita que se assumir e revelar quem realmente é, sua família deixará de amá-lo, mas revelar esse segredo se torna urgente quando seu namorado decide que não pode mais viver as escondidas, e Harun não sabe onde encontrar a coragem, só sabe que não pode perder James.

Nathaniel têm um passado conturbado, sua mãe foi embora quando ele ainda era pequeno, e ele optou por morar com o pai, desde cedo aprendeu a lidar com as perdas, estava a caminho de Nova York, indo encontrar o pai quando Freya caiu em cima dele no meio do Central Park, um rapaz silencioso e discreto vamos conhecer Nathaniel e os outros dois no decorrer das páginas.


Os segredos entalham fissuras, que se tornam valas, que se transformam em canais, que viram rachaduras, e de repente você está só, sobre um bloco de gelo, separado de todas as pessoas que ama.

Quando Freya cai em Nathaniel, Harun está próximo apenas observando, até que ela lhe pede ajuda e ele a reconhece, Freya pode ser a solução dos seus problemas, afinal James ama ela.... Nathaniel estava se sentindo sozinho, mas o acidente trouxe companhia, e preocupação, eles não o conhecem, mas se preocupam com ele... Freya não quer que sua imagem seja atrelada ao acidente, ela precisa ajudar Nathaniel e garantir que Harun não vai divulgar nada, sem fãs não tem amor....

E é assim que Gayle começa essa história apaixonante, três pessoas desconhecidas que se esbarram, se conhecem e se ajudam, no decorrer da narrativa os capítulos vão se alternando, os três personagens contam sua história, nos mostram seu passado e como chegaram ali, porque estavam ali, e mais importante porque estavam sem rumo.

Eu Perdi o Rumo é um livro cheio de sentimentos, amor, dor, perda, aceitação, fala sobre tudo isso e mais um pouco, lida com a coragem de se aceitar, de aprender a amar e se abrir, de ter alguém com quem contar. É um livro jovem, que aborda temas pesados, mas de uma forma leve, que prende o leitor e o faz se conectar com os personagens, seja Harun e sua covardia, Freya e seu medo ou Nathaniel e sua solidão.

Nesse livro Gayle apresenta a importância do tempo, um contato, uma frase, uma atitude pode mudar a vida de uma pessoa, apesar de o livro relatar apenas um dia da vida dos personagens, e de certa forma o dia mais caótico para os três, em resumo esse dia demonstra a importância de cada momento na vida, seja ele bom ou ruim.

O desenrolar da história é surpreendente, apesar dos pesares, não esperava o rumo que as coisas tomaram, e apesar de todo o amor pelo enredo, o final me deixou angustiada, e em toda a obra essa é minha única ressalva, eu queria mais, precisa de mais desses três personagens que viraram meus amigos em apenas algumas horas.

Super recomendo a leitura para os fãs e para quem quer conhecer a escrita da autora, sem sombra de dúvida, com esse livro Gayle me mostrou porque é tão amada!



7 comentários:

  1. Oi Kelly tudo bem? Não conhecia esse livro, mas já anotei aqui, gostei pois ele aborda vários sentimentos e isso faz ficar tudo mais empolgante de ler, os conflitos misturados é o que me chama atenção, todos lutando para conseguir viver, parabéns pela resenha fiquei curiosa para o desenrolar da trama, e me instigou a ler, obrigado pela dica, bjs!

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem? Que bacana! Não sabia que o livro retratava somente um dia de cada personagem. E de fato concordo, que uma frase, um gesto ou ação pode mudar o resto da vida de outra pessoa. Fiquei com medo pois também não curto finais angustiantes, mas como não li nada da autora, e tenho grandes curiosidades, acho que darei uma chance para essa obra que tem uma sinopse que me chama atenção. Adorei!
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. E eu ainda não conheço a escrita da Gayle! Já tinha visto o livro no instagram, mas não conhecia a fundo sua premissa, então saber que ele é cheio de sentimentos e ainda que seja jovem apresenta mensagens importantes é animador. Agora, eu fiquei mega curiosa para saber o final e descobrir o porque de sua ressalva. Quero ler.

    Beijos.
    https://acabinedeleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. A resenha ficou ótima, gosto de ler trechos dos livros nas resenhas, fica melhor para entender o clima deles ♥

    E a capa do livro é bem legal e o cenário da foto combinou muito, acho que deu um charme a mais no post XD

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Que foto mais linda desse post! Esse livro me parece ser o mais maduro da autora, sabe? Por isso, morro de curiosidade de ler porque sei que é uma história que vai me emocionar bastante.

    ResponderExcluir
  6. Oi Kelly.

    Eu estou com muita vontade de ler esse livro, pois a sinopse dele é interessante e sua resenha mostra que a história pode ser surpreendente. Estou adicionando na minha lista de desejados. Obrigada pela dica.

    Bjos
    https://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oii Kelly, adorei a sua resenha, esse é com certeza o estilo de romance que me agrada. O livro parece sem bem interessante e nos ensinar alguma coisa, gosto de histórias assim. Beijinhos!

    ResponderExcluir

Seja bem vindo!
Muito obrigada pelo seu comentário, sua visita é muito importante para o Paraíso!!
Volte sempre

Tecnologia do Blogger.