[Resenha] Confesse - Colleen Hoover

Foto de @Narealidadedasletras
Confesse || YA , Romance , Ficção || Colleen Hoover || 320 || 2017 || Galera Record 


Sinopse:Um romance sobre arriscar tudo pelo amor — e sobre encontrar seu coração entre a verdade e a mentira. Da autora das séries Slammed e Hopeless.
Auburn Reed perdeu tudo que era importante para ela. Na luta para reconstruir a vida destruída, ela se mantém focada em seus objetivos e não pode cometer nenhum erro. Mas ao entrar num estúdio de arte em Dallas à procura de emprego, Auburn não esperava encontrar o enigmático Owen Gentry, que lhe desperta uma intensa atração. Pela primeira vez, Auburn se vê correndo riscos e deixa o coração falar mais alto, até descobrir que Owen está encobrindo um enorme segredo. A importância do passado do artista ameaça acabar com tudo que Auburn mais ama, e a única maneira de reconstituir sua vida é mantendo Owen afastado.

E
lá vamos nós para mais um romance da Diva dos romances!!! Quando nos apegamos a uma autora ou autor é impossível não se jogar de cabeça na leitura assim que mais um livro chega na livraria. E a Colleen é só mais uma das Divas que encabeçam minha lista de fura filas.

Alguns segredos nunca deveriam virar confissões. Sei disso melhor do que ninguém.

Em Confesse vamos conhecer Auburn, um nome complicado para uma menina complicada, quando tinha 15 anos, Auburn passou por um momento bem delicado na sua vida, e essa perda reflete até hoje no seu dia a dia. Depois de perder tudo, Auburn se muda para Dallas em busca de construir algo novo mais uma vez!! Ela trabalha como cabelereira, mas só esse emprego não está sendo suficiente para arcar com tudo que ela precisa, e assim ela encontra o estúdio Confesse, e aquilo que era pra ser um emprego de uma noite se torna uma coisa para a vida toda.

Owen é um rapaz lindo, maluco e criativo!! Ele criou o estudio Confesse e desde então vem fazendo muito sucesso, a ideia central é que as pessoas passem pelo estudio e deixem confissões anônimas, e através desses bilhetes nascem os quadros de Owen que fazem um sucesso absoluto. Quando Auburn aparece na sua porta, após perder sua funcionária e namorada, ela parece ser a luz no fim do túnel, mas Owen vai se dar conta que Auburn é muito mais que isso.


Não escolhi ser artista. A arte meio que me escolheu.

Como sempre Coollen tem uma forma incrível de inserir o leitor na história, prendendo-o ao enredo e mantendo-o conectado aos personagens. Mas apesar de tudo isso, confesso que achei Confesse um pouco fraco se comparado aos outros. Assim como em todas as obras da autora, assuntos polêmicos são incluídos no enredo levando o leitor a questionar determinados temas tão atuais no nosso dia a dia.

Foto de @Narealidadedasletras

Owen e Auburn são dois personagens extremamente misteriosos, cada um guarda seus segredos e apesar de estarem extremamente envolvidos, a relação é proibida, mas o motivo só aparecerá do meio em diante.

Auburn desde muito nova sofre, pela perda do grande amor da sua vida, e mais para frente por motivos que ficam desconhecidos até mais da metade do livro, e confesso que apesar de saber seus motivos, em alguns momentos para mim, faltou pulso firme do lado dela, aos meus olhos, Auburn em muitos momentos foi imatura e acabou gerando um pouco de antipatia da minha parte.

Já Owen por outro lado, é extremamente inteligente e cativante e suas obras, ou no caso, as descrições delas inunda a mente do leitor, a forma como ele trabalha os segredos dos outros, as confissões que podem tanto ser lindas quanto tristes e pesadas. E ainda sim, mesmo lidando com os segredos dos outros, ainda consegue manter os seus protegidos, ele é forte e luta até o final pelo que ele mais anseia.

Confesse possui um enredo misterioso e pesado, ao contrário da maioria dos livros da Diva, nesse encontraremos novas modalidades de amor que vão tornar tudo mais sensível e encantador.

É impressionante que só percebemos como estamos sozinhos e assustados quando aparece alguém ao nosso lado para dar apoio.

O título faz jus a obra em 100%, mais uma vez Coho nos mostra a força e delicadeza do amor, nesse livro ele vem de várias formas, todas lindas e fortes. Também nos mostra que nossos segredos nem sempre são nossa fraqueza e que devemos aprender a lidar com nossos demônios, e que claro, acompanhado a batalha é bem mais fácil. Mais um livro feito para corações sensíveis e que curtem um romance doce e dramático. Se você já conhece a CoHo, esse é apenas mais um para amar, e se você ainda não leu, essa é sua chance de conhecer com uma história um pouco mais leve que a maioria.




4 comentários:

  1. Oiee ^^
    Esse livro é bem CoHo, né? haha' achei que foi um pouquinho mais fraco que os livros da autora que li antes (Um caso perdido, Maybe Someday e Novembro, 9), mas ainda assim conseguiu me conquistar e foi uma página atrás da outra. Gostei bastante do Owen e da Auburn (apesar de achar o nome um pouco estranho até agora...hehe'), me conquistaram fácinho fácinho.
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Dhry!
      Muito Coho kkkkk e sim, o mais fraco que li dela até agora kkkk, mas assim como você devorei o livro, porque afinal é Coho né? Kkkk

      Excluir
  2. Olá! Já ouvi falar muito sobre esse livro e essa autora, mas nunca li! Tenho muita vontade de conhecer, as críticas sempre são bem positivas.
    by: atravesdaescrita.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Olá! Menina, você me deixou hiper curiosa para ler esse livro. Nunca li algo da Colleen, apesar de ter livros dela no Kindle, sua resenha atiçou minha curiosidade, quero saber mais sobre esse estúdio e toda a trama, beijos!

    Entre Livros e Pergaminhos

    ResponderExcluir

Seja bem vindo!
Muito obrigada pelo seu comentário, sua visita é muito importante para o Paraíso!!
Volte sempre

Tecnologia do Blogger.