[Resenha] Como agarrar uma Herdeira #01 - Julia Quinn



Como agarrar uma herdeira - Livro 01 || Série: Agentes da Coroa #01 || Romance de Época , Ficção , Romance || Julia Quinn || Arqueiro || 304 || 2017



Sinopse:
Quando Caroline Trent é sequestrada por engano por Blake Ravenscroft, não faz o menor esforço para se libertar das garras do agente perigosamente sedutor. Afinal, está mesmo querendo escapar do casamento forçado com um homem que só se interessa pela fortuna que ela herdou.Blake a confundiu com a famosa espiã espanhola Carlotta De Leon, e Caroline não vai se preocupar em esclarecer nada até completar 21 anos, dali a seis semanas, quando passará a controlar a própria herança milionária. Enquanto isso, é muito mais conveniente ficar escondida ao lado desse sequestrador misterioso.A missão de Blake era levar “Carlotta” à justiça, e não se apaixonar por ela. Depois de anos de intriga e espionagem a serviço da Coroa, o coração dele ficou frio e insensível, mas essa prisioneira se prova uma verdadeira tentação, que o desarma completamente.


Caroline 
Trent está contando os dias para enfim receber sua liberdade, depois de anos passando de lar em lar, finalmente sua maior idade está chegando, e com ela sua herança tão mau administrada até então. Quando Carol enfim foge de seu último tutor, um doido que está disposto a viola-lá caso o filho não consiga, para ter posse do seu dinheiro, ela não espera ser confundida com uma espiã espanhola, mas talvez essa seja sua salvação para as próximas duas semanas.
Black é um agente da coroa e está a caça de uma espiã perigosa há algum tempo, quando enfim ele vê uma dama fugindo da casa dos Prewiit ele não tem dúvida, ela só pode ser a espanhola, e assim Black leva Caroline para sua casa acreditando que a jovem em sua guarda é uma perigosa em fuga, mal imagina ele que a dama é apenas uma fugitiva da vida.

Quando Black finalmente descobre que Caroline não é a espanhola procurada, já é tarde demais, algo está acontecendo. Mas Black se nega a amar depois de perder sua noiva Marabelle, assassinada em uma missão que ele não pode estar presente, mas ele está em desvantagem, já que desde seu melhor amigo James, até o mordomo Pertwicc estão encantados pela jovem que agora ocupa sua casa.

“Mas a jovem já despertara aquela parte de Blake que ele gostava de manter quieta. A parte que se importava. E a razão pela qual ele não queria que ela ficasse era simples: Caroline Trent o assustava.”


Essa é definitivamente minha primeira experiência com a Diva Julia Quinn, mesmo sendo fanática pelo gênero ainda não tinha tido a oportunidade de conhecer sua escrita, e confesso, estou fascinada! 


Carolina é uma mocinha nada convencional para sua época, astuta e teimosa como uma porta, ela garante a animação da história inteira tirando o Black do sério. Já Black, é o mocinho que nós, apaixonados por romance de época tanto amamos, ranzinza, bruto e divertido, Black vai conquistar seu coração.

Com uma narrativa divertida e inteligente, a autora nos apresenta personagens memoráveis que cativam o leitor no primeiro momento. Black e Caroline me lembram muito a Bela e a Fera com suas brigas e resmungos, e se pudesse ligar séries, diria que Caroline deve ser uma prima de Lilian Bowen da Série Flores Secas!!

Todos os personagens são incríveis, e se não fossem os momentos eróticos muito bem desenvolvidos eu me arriscaria a dizer que Como agarrar uma herdeira está mais voltado para a comédia do que para o romance.

Uma leitura deliciosa, leve e divertida! Com uma capa linda de morrer, diagramação e revisão impecáveis!!

Como agarrar uma herdeira tem um enredo leve e previsível, com uma escrita deliciosa que promete lhe prender do inicio ao fim.


Julia Quinn entrou pro Hall de queridinhas de Romance de Época, e imagino que até um pouco tarde! Kkkkk amei e super recomendo a leitura para quem curte o gênero e para quem está de ressaca Literária.





Como se casar com um marquês - Livro 02 


Considerada “a rainha dos romances de época” pela Goodreads, os livros de Julia Quinn atingiram a marca de 10 milhões de exemplares vendidos no mundo.
“Julia Quinn é nossa Jane Austen contemporânea.” – Jill Barnett
Elizabeth Hotchkiss precisa se casar com um homem rico, e bem rápido. Com três irmãos mais novos para sustentar, ela sabe que não lhe resta outra alternativa.
Então, quando encontra o livro Como se casar com um marquês na biblioteca de lady Danbury, para quem trabalha como dama de companhia, ela não pensa duas vezes: coloca o exemplar na bolsa e leva para casa.
Incentivada por uma das irmãs, Elizabeth decide encontrar um homem qualquer para praticar as técnicas ensinadas no pequeno manual.
É quando surge James Siddons, marquês de Riverdale e sobrinho de lady Danbury, que o convocou para salvá-la de um chantagista. Para realizar a investigação, ele finge ser outra pessoa. E o primeiro nome na sua lista de suspeitos é justamente... Elizabeth Hotchkiss.
Intrigado pela atraente jovem com o curioso livrinho de regras, James galantemente se oferece para ajudá-la a conseguir um marido, deixando-a praticar as técnicas com ele. Afinal, quanto mais tempo passar na companhia de Elizabeth, mais perto estará de descobrir se ela é culpada.
Mas quando o treinamento se torna perfeito demais, James decide que só há uma regra que vale a pena seguir: que Elizabeth se case com seu marquês.

7 comentários:

  1. Oiee ^^
    Eu AMEI esse livro! Adorei a Caroline, sua maneira de agir e como ela e o Black se alfinetavam e como foram se apaixonando. Uma das coisas que eu mais amo nos livros da Julia é a maneira como ela consegue trazer cenas engraçadas e apaixonantes ao mesmo tempo, e apesar de o segundo livro dessa duologia ter me decepcionado um pouco (realmente espero que contigo seja melhor), também foi muito bom.
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  2. Eu curti bastante essa leitura, gostei muito da Caroline e de como a autora desenvolveu o romance dos dois personagens principais. Foi um livro delicioso.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  3. Kelly, hoje recebi algumas doses de Julia Quinn, é a terceira resenha dela que leio hoje e acho que ela está me perseguindo para eu investir logo na leitura e não tenho dúvida que virarei sua mais nova fã. Gostei demais da sua resenha sucinta e muito bem elaborada.

    Bjo
    Tânia Bueno

    ResponderExcluir
  4. Oi, Kelly! Eu nunca li a Julia Quinn e essa duologia é uma das obras dela que só tenho escutado elogios e que super me chamou a atenção! Amei ler a sua resenha e saber que sua primeira experiência foi incrível!!!

    ResponderExcluir
  5. Oi Kelly.

    Eu tenho muita vontade de ler este livro porque eu ainda não li nenhum livro da Julia Quinn e também porque tenho poucos livros de romance de epóca na minha estante. Sua resenha aumentou ainda mais essa vontade. Vou tentar mudar isso logo, estou bem curiosa. Parabéns pela resenha.

    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Eu amos os livros da Julia Quinn. Esse em especial eu adorei, senti que estava com um ar mais inocente, talvez por ser um dos primeiros livros que ela escreveu.
    Adorei a sua resenha.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  7. Li recentemente a resenha do segundo livro dessa série e, meu Deus, eu preciso MUITO ler os livros da Julia Quinn, estou cada vez mais apaixonada!! Amei sua resenha <3

    ResponderExcluir

Seja bem vindo!
Muito obrigada pelo seu comentário, sua visita é muito importante para o Paraíso!!
Volte sempre

Tecnologia do Blogger.