[Resenha] Tudo e Todas As Coisas - Nicola Yoon

Título: Tudo e Todas As Coisas 
Gênero: Drama | Ficção | Jovem Adulto | Romance 
Autor(a): Nicola Yoon 
Editora: Arqueiro 
Páginas: 280
Ano: 2017 


Sinopse:
Tudo envolve riscos. Não fazer nada também é arriscado. A decisão é sua.
A doença que eu tenho é rara e famosa. Basicamente, sou alérgica ao mundo. Não saio de casa. Não saí uma vez sequer em 17 anos. As únicas pessoas que eu vejo são minha mãe e minha enfermeira, Carla.
Então, um dia, um caminhão de mudança para na frente da casa ao lado. Eu olho pela janela e o vejo. Ele é alto, magro e está todo de preto: blusa, calça jeans, tênis e um gorro que cobre o cabelo. Ele percebe que eu estou olhando e me encara. Seu nome é Olly.
Talvez não seja possível prever tudo, mas algumas coisas, sim. Por exemplo, vou me apaixonar por Olly. Isso é certo. E é quase certo que isso vai provocar uma catástrofe.





Madeline 
é uma garota solitária, que quando muito pequena foi diagnosticada com uma doença grave onde seu sistema imunológico não a protege de absolutamente nada, Mads vive em uma bolha, rodeada de super proteção e cuidados que a protegem de qualquer tipo de vida além da dela.



"(...) De uma coisa eu tenho certeza: vontade só gera mais vontade. O desejo não tem limites."

Quando os novos vizinhos vem a sua casa trazer um bolo, Mad vê ali, a oportunidade de conseguir amigos, mas isso pode ser perigoso, as pessoas não vivem em bolhas e são aptas a abrir mão daquilo que é difícil. Mas Olly seu novo vizinho se mostra interessado e insistente.

Olly tem uma vida difícil. Com um pai alcoólatra que abusa da família e bate na sua mãe, tudo que ele almeja é paz, e talvez Mads seja sua salvação, mesmo vivendo rodeada de super proteção, ela alegra seus dias.

E assim aos poucos, Mads e Olly vão criando laços mesmo que a distância seja o maior inimigo, aos poucos o primeiro amor vai surgindo, e assim como qualquer adolescente eles serão capazes de loucuras para ficarem próximos. Mads quer viver, quer conhecer o mundo antes que seja tarde demais, ou pior, antes que não tenha chance de viver.


"Desde que Olly entrou em minha vida existem duas Maddys: a que vive através dos livros e não quer morrer e a que vive de verdade e suspeita que a morte é um preço bem pequeno a se pagar por isso."

Depois de ler O Sol também é uma estrela e me apaixonar pela escrita de Nicola, não podia deixar passar a oportunidade de ler Tudo e todas as coisas, e confesso que por ser seu primeiro não esperava que a escrita fosse tão profunda quanto O Sol também é uma estrela, mas foi, os dois livros são mágicos, e apesar dos dois terem como tema amor, suas duas visões diferentes da vida e ao mesmo tempo iguais.

É impossível não se sentir íntima de Mads e não torcer pela sua vitória,  problema é que não existe fuga, e você inicia a narrativa acreditando que nada pode dar certo, mas aos poucos pequenas coisas vão acontecendo e seu futuro vai sendo alterado, não por sua força de vontade, mas também pela ajuda daqueles que a amam. E enquanto acompanhava a aventura da protagonista presa na bolha, ficava me perguntando quantas vezes deixei de dar valor ao céu, ou a grama, ou qualquer coisa viva com a qual pudesse ter contato. 

E acredito que essa fosse a ideia de Nicola ao nos apresentar uma personagem tão debilitada, nos fazer pensar naquilo que não damos valor, na vida que deixamos passar sem apreciar cada momento importante ou simples que passa. O livro é todo narrado em primeira pessoa e a perspectiva é toda passada pelos olhos de Mads, afinal ninguém melhor que ela para contar as alegrias e as tristezas de ser quem é.


"Segurança não é tudo. A vida é muito mais que sobreviver."

A edição da arqueiro ficou uma graça, com algumas fotos do filme e vários desenhos ilustrando alguns momentos do livro fizeram com que o livro ficasse encantador, e confesso que muitas vezes tive vontade de colorir as ilustrações e dar um pouco de cor a vida branca de Mads.

Para quem gosta de romances delicados e cheios de ensinamentos, com certeza vai se apaixonar por Nicola Yoon, super indico os dois livros dela, Tudo e todas as coisas é só mais uma linda forma de aprender que a vida é muito mais do que o que fazemos dela, existe um mundo lá fora esperando para ser explorado e admirado.


7 comentários:

  1. Olá, tudo bem?
    Gostei muito da sua resenha, e a cada resenha que leio fico com mais raiva por ter assistido ao filme que por sinal foi uma péssima adaptação, primeiro que o livro.
    Mas enfim, esse livro é maravilhoso!

    ResponderExcluir
  2. Tenho muita vontade de ler esse livro, gosto bastante da premissa dele e fico curiosa para saber como a Mads vai conseguir se libertar de sua bolha sem morrer, deve ser bem dramático. Adorei saber as suas impressões sobre esse livro, que a um bom tempo está na minha lista de desejos.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oiee Kelly ^^
    Eu peguei um ódio danado da mãe dela...haha'
    Gostei muito desse livro, foi uma história que conseguiu mexer bastante comigo, e eu achei o romance entre a Madeline e o Ollie muuito fofo. "O sol também é uma estrela" me envolveu mais, mas "Tudo e todas as coisas" não ficou muito atrás.
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?
    Eu fiquei muito curiosa para ler o livro, depois do filme. Afinal, para mim, o desfecho foi bem interessante. Beijos <3

    ResponderExcluir
  5. Olá
    Acho bem legal livros quem contam histórias de pessoas excepcionais, com problemas de saúde raros, ou condições difíceis de entender como o autismo, então o livro me intessou especialmente porque quero entender mais do problema da protagonista

    ResponderExcluir
  6. Oi, Tudo bom?
    Nossa tenho uma amiga louca por esse livro, já me indicou várias e várias vezes a leitura dele, pela resenha me pareceu bem interessante, também tenho vontade de ver o filme.
    Beijos, Joyce de Freitas.

    ResponderExcluir
  7. Olá Kelly, quanto tempo!
    Menina, deixa eu te falar... eu to muito louca para ler esse livro desde que ele tinha sido lançado pela Novo Conceito. Não assisti ainda o filme em decorrencia de querer ler o livro antes e a sua resenha me deixou bem curiosa quanto a edição do livro. Estou doida para ler e conferir.

    beijos
    http://www.livrosetalgroup.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Seja bem vindo!
Muito obrigada pelo seu comentário, sua visita é muito importante para o Paraíso!!
Volte sempre

Tecnologia do Blogger.