[Resenha/Parceria] A Jovem Alessia - Louise Bennett

Título: A Jovem Alessia
Autora: Louise Bennett
Editora: Independente
Páginas: 378
Ano: 2016



Sinopse:
França, século XVIII. Alessia é uma jovem simples e inocente, que vive numa fazenda vinícola com o pai, um conde amargurado que não tem carinho pela filha. Convidada pela princesa Anna, Alessia vai passar uma temporada na corte do rei Henri, seu padrinho, e lá se apaixona pelo jovem capitão Marcus de Lanpré, principal oficial da guarda real e braço direito do rei. Sofrendo por um amor impossível, já que era nobre e Marcus, um plebeu, Alessia enfrentará muitos obstáculos. Há lutas de espadas, festas, bailes, guerras, intrigas e um final inesperado! A descoberta do amor e do sexo, a vida conjugal e o valor das amizades, em meio a conflitos pessoais e familiares, recheiam este romance. Embora os muitos diálogos utilizem as formas verbais da segunda pessoa para dar um toque de época, o livro é fácil de ler, apresentando uma narrativa rápida.
O livro foi escrito com inspiração em antigos e consagrados romances juvenis da literatura internacional, tais como: “O Conde de Monte Cristo”, “Mulherzinhas”, “Ivanhoé”, etc., mas traz seguramente a marca da modernidade. As situações retratadas no livro não descrevem nenhum trecho da verdadeira história da França ou das famílias reais que lá viveram. No entanto, os detalhes históricos, principalmente sobre sucessão monárquica, sobre história dos costumes e outros de maior relevância, foram minuciosamente pesquisados com o intuito de dar veracidade à história.


Olá pessoal!
Hoje vamos de parceria e resenha, vou lhes contar um pouco sobre esse Romance de Época fascinante, e no final lhes apresento a diva escritora e mais nova parceira do cantinho, vamos lá?



Como já citado na sinopse, Alessia é uma jovem de 16 anos, dona de um alto nível na corte, já que seu temeroso e horrendo pai é um conde. Ela nasceu e foi criada na fazenda de sua família, mas possui pouco contato com o pai, já que o mesmo a odeia. A jovem entende esse ódio como sendo pela perda da esposa com seu nascimento. Sendo criada e educada pelos criados da casa e supostamente seus vizinhos, Alessia possui uma educação simples e precária, mas uma simplicidade e delicadeza encantadoras.


"Alessia era uma mulher incomum. Em nada lembrava as fúteis, bajuladas e sofisticadas damas da corte. Ela era uma moça delicada, porém de temperamento forte."

Mas Alessia não esta sozinha no mundo, além de sua dama de companhia, que a protege e a acompanha em tudo, também existe seu padrinho Henry, o rei das terras onde vivem e Ana sua filha, a princesa, que considera Alessia como uma irmã, e que desde sempre quis levá-la para morar no castelo, para que pudesse ser bem tratada e ter a educação que merecia uma condessa, mas seu pai nunca permitiu que ela saísse das terras da venícola, até aquele momento.

Uma tarde passeando pela cidade em busca de novas vestimentas, Alessia se depara com Marcus, o jovem capitão da guarda real, mas eis que Alessia no ápice de sua timidez, foge do rapaz deixando apenas a troca de olhares no ar.

Alguns dias se passam e Alessia recebe na fazenda a visita do mensageiro do Rei, e eis que seus dias se tornam mais felizes, é chegado o aniversário de sua irmãzinha, e depois de ter sido acuado pelo mensageiro, o conde não tem outra opção, senão liberar a jovem para passar alguns dias no castelo.

Durante esses dias a vida de Alessia será bem mais feliz, na companhia de pessoas que a amam de verdade e a querem bem, além claro, de ter próximo aos olhos Marcus, o jovem que roubou sua atenção no fatídico dia na praça. O sentimento é recíproco, Marcus esta tão encantado pela jovem, como ela por ele, mas a classe social do rapaz o impede de cortejá-la como mandam as tradições, e talvez esse amor seja impossível, mas será que eles vão se render as condutas sociais e deixar de viver essa grande paixão? Isso você só vai descobrir lendo, porque óbvio que não vou contar kkkkkkk.


"Penso que o verdadeiro amor nos bate à porta apenas uma vez em nossas vidas. Às vezes precisamos ser impulsivos e abandonar tudo por esse amor, senão corremos o risco de passar o resto de nossos dias lamentando-nos."

Um romance de época, com uma escrita leve, e aparentemente comum, a mocinha que se apaixona pelo cavalheiro e ambos são impedidos de ficar juntos por sua classe social, lutam, vencem as diferenças e.... E é nesse ponto que Louise nos surpreende.

Todos que estão acostumados com leituras de romances de época, sabem que no momento felizes para sempre, a história é encerrada e tudo acaba com um suspiro, mas não aqui, pois mesmo quando achamos que tudo acabou, Lou nos presenteia com mais histórias, idas e vindas, vida pós matrimônio, segredos que se revelam e juntam aquelas pontas que acreditamos que ficariam soltas e não podia ser mais perfeito.

Quem nunca se apaixonou pelos protagonistas e quis que o livro tivesse mais algumas páginas para que pudêssemos nos deliciar com o pós final felizes? Aqui nós temos isso e muito mais. Temos uma história madura, com narrativa contemporânea, que nos leva nessa longa viagem à séculos atrás com suas culturas. É notável a pesquisa da autora para que o contexto fosse o mais verossímil possível, tornando tudo ainda mais maravilhoso.

Esse é o primeiro romance de época nacional que leio, e confesso que a autora não deixou a desejar em nada. Foi impecável em sua premissa, escrita, enredo e narrativa, se igualando a muitos internacionais que li e me apaixonei.

A jovem Alessia é um romance para quem gosta de fazer uma viagem ao passado, se deliciar com as descobertas femininas e se sentir cortejada por aquele galante rapaz apaixonante. Um romance leve, cheio de drama e aventura, com uma grande pitada de comédia. Possui personagens bem construídos, com protagonistas fortes e coadjuvantes de suma importância para o desenrolar da história, e melhor do que isso nos permite acompanhar a história de todos os personagens que nos encantaram.

Com certeza super indico as apaixonadas como eu, e as que também não o são, já que existe uma enorme possibilidade de se apaixonar! Deixe se encantar pelas palavras de Lou e venha passear no Século passado.











::::::::::::::::::::::::::::::::
Um pouco sobre a Autora:



 Louise Bennett



Louise Benett é tradutora e escritora. Casada há 23 anos, mora com o marido no interior de São Paulo. Formada em Letras e com Pós-graduação em Tradução Técnica pela USP, foi secretária em multinacionais e, há mais de dezoito anos, trabalha com traduções técnicas, literárias e legendagem de filmes. Desde a juventude escreve contos, peças teatrais e poemas. As peças que escrevia naquela época eram encenadas no colégio onde estudava.Para falar com a autora e conhecer mais sobre o livro, acesse as páginas na rede: Facebook | Págino do Livro | Blog escritora | Site

8 comentários:

  1. Olá, adoro romances assim, de época e histórico. Acho que uma pessoa que publica de forma independente é muito corajosa.
    www.omliteratura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi tudo bem? Adoro romances, mas de época não leio muito, tenho um certo trauma pois os que li as mocinhas eram muito submissas aos homens e a tudo que a familia dizia, mesmo isso fazendo mal a ela. Não sei se seria o caso desse. Mas como ela só tem 16 anos seria bem compreensivo a submissão dela ao pai carrasco. Enfim, os livros nacionais estão cada dia melhores, muitas histórias maravilhosas que conquistam vários leitores. Que bom que gostou da leitura, quem sabe algum dia não me anime.E parabéns a autora por ter publicado de forma independente com essa capa tão linda.

    bjs

    ResponderExcluir
  3. Olá Kelly,
    Pelas opiniões que tenho lido do livro, algumas pessoas amam (como você) e outras odeiam rs.
    Sinceramente, ainda não li o livro, mas tenho curiosidade, pois adoro Romances de Época e estou bem curiosa em relação a esse livro. O que me atrai nesse leitura é o fato de existir uma continuação para o matrimônio. Da forma como você trouxe isso, mostrou que foi uma continuação positiva, por isso gostei.
    Adorei a resenha e já anotei a dica!
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi, não sou de ler romances de epoca, mas esse acho que leria, por ter uma pegada bem romantica e de amor impossivel, e se baseando no Conde de Monte Cristo, filme que amo e o livro que quero muito ler. Acho que darei um chance e lerei esse, para sair um pouco da minha zona de conforto.
    bjus

    ResponderExcluir
  5. Oi Kelly, sua linda, tudo bem?
    Para tudo!!! Eu adoro romances épicos e não conhecia esse ainda. Achei a capa muito fofa. Realmente, quando adoramos um casal, a história de amor dele,s queremos saber o que acontece depois. Na verdade, não queremos que a história acabe, risos... Por isso vou adorar ver os dois lutando para ficarem juntos e depois descobrir esses mistérios que serão revelados após o matrimônio. Estou suspirando aqui por eles..... Não vejo a hora de ler!!! Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir
  6. Olá Kelly, gosto de romances do tipo, dentre os últimos livros que li tinha um do gênero. O enredo parece ser muito bom e a capa é muito fofa...gostei da dica, pois ainda não conhecia esse.

    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Oi,
    Adoro romance de época e melhor ainda quando é bem escrito. Adoro quando uma autora nos surpreende e mostra que a literatura nacional está indo no caminho certo.
    Já me apaixonei várias vezes pelo protagonista e é verdade, não queremos que o livro acabe rsrs
    Parabéns pela resenha e desejo maior sucesso para a autora.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá, eu tinha visto uma crítica positiva desse livro em algum blog, e fiquei curiosa, amo romances de época e gostei de saber que esse vai além do felizes para sempre e conta sua vida pós matrimonial com suas brigas e adaptações.
    Vou querer ler, está na minha lista!
    Beijos

    ResponderExcluir

Seja bem vindo!
Muito obrigada pelo seu comentário, sua visita é muito importante para o Paraíso!!
Volte sempre

Tecnologia do Blogger.