[Resenha] Rendida - Nana Pauvolih

Titulo: Rendida- Livro 04
Série: Segredos
Autora: Nana Pauvolih
Ano: 2015
Amazon

Pedro e Heitor Falcão são irmãos e grandes amigos. Sempre dividiram tudo, inclusive mulheres. Um é mulherengo e foge de relacionamentos; o outro é sedutor e romântico. Ambos pertencem à poderosa família Falcão, em Minas Gerais. Na pequena cidade de Florada, de repente chega Lara Maria Avellar, uma mulher sensual, livre, com sorriso fácil e olhos que guardam uma grande dor e um segredo que a acompanha por anos. Lara não pensa em ficar. Mas um encontro pode mudar o destino dela, de Pedro e de Heitor. Eles se envolvem e vivem momentos loucos juntos. O que era para ser apenas sexo, ganha outras dimensões. Pode o amor entrar no meio? Para os três? Ou um trio nunca daria certo?

Rendida traz questões polêmicas, a saga de uma família e a luta de três pessoas por sua felicidade.
Olá galerinha!
Hoje trago a resenha de um Ebook que traz dois temas polêmicos: Poliamor Violência Sexual. Vem conferir o que achei.

Lara desde pequena teve uma vida difícil, perdeu o pai muito cedo e tinha apenas seis anos quando sua mãe descobriu um câncer, o que fez a vida da pequena mudar drasticamente. Enquanto sua mãe fazia tratamentos para a cura de sua doença, Lara passava seus dias na casa de parentes próximos. E assim, começa o trama de Lara, que dos 6 aos 12 anos , foi abusada sexualmente por um parente bem próximo. 

Uma criança sem noção do certo ou errado, que não entendia direito as sensações do seu próprio corpo, despertado tão precocemente, Lara foi crescendo se sentindo culpada por não conseguir reagir e contar para todos o que acontecia e foi se viciando em sexo. Passou toda sua infância e parte de sua adolescência, sendo violada de todas as formas e aprendeu da pior forma sobreviver. Já adulta, cansada de tudo, fugiu, deixou pra trás, mãe, tios, amigos e primos, mas sabia que o trauma vivido sempre estaria presente em sua vida.
Odiava às lembranças. Odiava as sensações de medo e de vergonha que ainda sentia e que vinham mais fortes toda vez que algo do passado batia à minha porta.
Sempre mudando de cidade, Lara não criava raízes, se relacionava com vários homens, nunca sentindo prazer, mas a dor e as lembranças de sua infância difícil sempre estiveram presentes. 
Por que eu? Por que fui a escolhida? Por que minha mãe não olhou por mim? Porque ninguém me viu?
Em busca de paz, Lara resolve mudar-se novamente, e o destino acaba levando-a para Florada, cidade que reside nossa querida Família Falcão. 

Pedro e Heitor são irmãos que parecem gêmeos, sempre muito unidos, eles fazem tudo juntos, tudo mesmo, até compartilhar mulheres. 
Ambos se interessam pela nova moradora da cidade, e juntos formam o trio que abalará a pequena Florada e esses três corações. 
***



Preciso primeiramente confessar que desde as primeiras divulgações desde livro a quase um ano e com as dicas que vinham dentro dos outros da série, achei que não ia gostar, compreender ou aceitar um amor a três, por não acreditar nesse amor, mas a Nana soube conduzir com muita delicadeza esse tema, soube contar com tanto amor e emoção que me vi apaixonada pela história e torcendo para esse amor vencer todas as barreiras e preconceitos. 



E como já disse no começo, o livro nos traz dois temas tabus, Lara, uma personagem muito bem construída, forte e ao mesmo tempo frágil, cheia de traumas, culpas, descritas de forma tão realista, seus sentimentos, seus medos, suas dores, que nos fazem pensar sobre os traumas que muitas crianças sofreram ou sofrem. Não preciso dizer que chorei muito com esse livro em pensar que isso realmente acontece todos os dias, debaixo de nosso nariz e fingimos que não vemos.


Nana com maestria juntou dois temas tabus, contou uma linda história, fez um alerta e passou uma mensagem daquelas que não se esquece. Foi genial.

Um livro sensível, chocante, verdadeiro, sem preconceitos... com temas tão fortes, e que são levados para debaixo do tapete mas tão importantes que deveria ser obrigatório ler esse livro.

11 comentários:

  1. Nossa Tati, realmente uma história muito forte. Não consigo nem pensar como funciona a cabeça da personagem, pois é algo muito complexo. Mas vejo que a autora soube contar uma história interessante sobre esses temas tão polêmicos. Gostei. Bjs

    Território nº 6

    ResponderExcluir
  2. Karla Oliveira S.19 de junho de 2015 21:08

    Adorei Rendida, acompanho a autora já a um tempinho e sempre leio tudo relacionado a ela e seus livros. Por isso mesmo não gostei de encontrar trechos de avaliações de outras leitoras na sua resenha... Se apropriar de textos de outras pessoas não é nada legal para uma blogueira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como assim encontrar trechos de outras leitoras? Não entendi sua colocação, estou a disposição para conversarmos, me procure pelo Face Tatiana Petraccone, ou por email tati.petraccone@hotmail.com

      Excluir
  3. Rendida foi muito bem escrito, a autora realmente sobre tratar de temas tabus com muita sensibilidade. Uma das frases que você usou dentre outras que detectei está em uma das primeiras avaliações sobre Rendida na Amazon.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Maria, como disse no comentário acima me procure no Face Tatiana Petraccone, ou por email tati.petraccone@hotmail.com, mas deve haver algum engano, não faria isso.

      Excluir
  4. Oi oi
    Que história bem construída e triste, junto com a realidade...
    Que bom que a autora soube desenvolver com uma forma boa!

    Beijoos, boa resenha!!
    blogmaiscafe.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Tati!
    Eu também não acredito muito em poliamor, mas conheço pessoas que vivem assim e se dão muito bem... Mas, enfim... eu gostei muito do que você contou sobre o livro, algo tão real, tão recorrente... Tantas meninas vivendo o que a Lara vive... Eu vou colocar o livro nos desejados do Skoob porque quero saber como a autora conduziu isso tudo, os traumas, a culpa, o poliamor... Quero conhecer a autora e sua escrita, além da história que parece muito boa!
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  6. Oi, Tati.
    Que resenha chocante.
    Nunca li nada da Nana, mas pelo que você falou deve ser perfeita porque trabalhar com dois assuntos tão polêmicos não é para qualquer um e ainda fazer você se apaixonar por esse poliamor...
    Estou interessada na leitura.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  7. Adoro livros com temas polemicos ou tabus... E não lembro se já li algo com poliamor, mas fiquei curiosa com esse.
    E já ouvi falar tão bem dos livros da Nana que não sei como é que eu ainda não li nada dela...

    Beijinhos,
    Lica

    ResponderExcluir
  8. Oi Tati!
    Uau, esse livro parece ser muito bom. Por esse eu até me esforçaria para ler um ebook haha!
    Adoro livros onde o autor sabe falar sobre temas fortes sem deixar o livro extremamente pesado ou didático, é algo para poucos e que essa autora parece fazer com maestria.
    Fiquei completamente louco pelo livro.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi Tati!
    Não conhecia esse livro mas adorei! Gosto de história que tragam temas polêmicos e de autores que sabem discuti-los com maestria, e isso é bem raro. Com certeza quero ler esse livro, principalmente porque, como você, não concordo muito com a ideia de poliamor e fico imaginando como seria a mocinha não ter que escolher um no final.
    B-jusss!
    http://www.quemlesabeporque.com/

    ResponderExcluir

Seja bem vindo!
Muito obrigada pelo seu comentário, sua visita é muito importante para o Paraíso!!
Volte sempre

Tecnologia do Blogger.