[Resenha] Fingindo - Cora Carmack

Autor(a): Cora Carmack
Páginas: 336

Ano: 2015
Editora: Novo Conceito
Série: Losing It #2

Meu nome é Cade Winston. Aluno de mestrado em belas-artes, voluntário, abraçador de mães e seu namorado pelas próximas vinte e quatro horas. Prazer em conhecê-la.Com seus cabelos cloridos, tatuagens e um namorado que combina com tudo isso, Max tem exatamente o estilo que seus pais mais desprezam... E eles nem sonham que a filha vive assim.Ela fica em apuros quando seus pais a visitam na faculdade e exigem conhecer o futuro genro. A solução que Max encontra para não ser desmascarada é pedir para um desconhecido se passar por seu namorado.Para Cade, a proposta veio em boa hora: é a chance que ele esperava para acabar com a sua fama de bom moço, que até hoje só serviu para atrapalhar sua vida.Um faz de conta com data marcada para terminar... E um casal por quem a gente vai adorar torcer. Fingindo vai seduzir você.

 ::CORTESIA NOVO CONCEITO::
"Meu nome é Cade Winston. Aluno de mestrado em belas-artes, voluntário, abraçador de mães e seu namorado pelas próximas vinte e quatro horas. Prazer em conhecê-la."
Olá Galerinha! Tudo bem?

Hoje trago mas uma resenha da nossa editora parceira Novo Conceito: Fingindo da autora Cora Carmack.

Fingindo é o segundo livro da série Losing It e conta a história de Cade, o melhor amigo de Bliss. 


No primeiro livro que eu não li, (resenha aqui) Cade apaixona-se por Bliss que se apaixona por Garrick. Cade então está depressivo, desiludido, e com o coração partido, e o pior e ter que conviver com o "casal feliz". 
Num desses encontros armados pelo destino Cade encontra Bliss e Garrick num café, ele tenta agir o mas natural possível ma presença dos dois.
Tentei não sentir ciúmes. Eu estava superando tudo. Estava.

Cade é um fofo. O cara realmente faz jus ao apelido “Menino de ouro”, ele é tranquilo, galante, sexy e parece saber sempre como agir ou o que falar para te fazer sentir melhor, educado, inteligente e ainda faz serviço voluntário. Ele é um verdadeiro príncipe encantado *-* 

A vida de Cade dá uma girada 360°C quando conhece Max.  Max é o oposto.  É uma menina nada comum em relação ao estilo de vida de Cade, cabelos pintados num tom de vermelho ( ela é ruiva igual eu :D) tatuagens pelo corpo, musicista , é o tipo de garota que não se encaixaria na vida do estudante de mestrado. 



Max tem seus fantasmas, a família não a vê como ela realmente é, e ela se anula e não mostra sua verdadeira personalidade. Perto de sua família, ela esconde suas tatuagens, seu cabelo muda de tonalidade e ela nunca apresentaria um namorado como Mace, que tem o mesmo estilo dela. E é por esse motivo que ao receber um telefonema da mãe falando que esta na cidade para visitá-la que Max manda Mace embora e conversa com Cade.

Max vê em Cade a figura do namorado perfeito, ele está no mesmo café que ela, lendo, concentrado, e vai até ele com a proposta:

- Bem, eu deveria apresenta-los a um namorado educado e gentil que conheci na biblioteca, alguém que não é o namorado que eu tenho na realidade.
[...]
- Parece, sei que é loucura, mas eu adoraria se você fingisse ser meu namorado até eu conseguir me livrar deles.

Cade aceita a proposta, em troca de um encontro, fazia tempo que não via-se tão animado com algo. Não preciso nem comentar que o encontro com os pais de Max foi hilário e Cade se tornou o genro queridinho e perfeito.

- Sabe, a Mackenzie falou tanto sobre a senhora que acho que eu deveria chamá-la apenas de mãe. - Depois me aproximei para abraçá-la.
Fala sério néh Cade? Qual sogra não se derreteria por um genro perfeito desse? ;D
O namoro que era para ser apenas por uma hora, passou para um feriado e então, para as festas de final de ano. Eles se veem presos por uma mentira e por uma atração que nenhum deles é capaz de controlar ou explicar. E o que era apenas uma brincadeira, um fingimento se torna real, indomável, revelando que o amor é algo que não se pode controlar ou escolher.
"Vou lembrá-la todos os dias de como é bom ter seu corpo ao encontro do meu. Vou lembrá-la dos bons tempos e vou ajudá-la a esquecer o que foi ruim. Vou lembrá-la de quem você é quando a vida colocá-la pra baixo e fazê-la duvidar. Vou aparecer na sua porta no meio da noite e beijá-la até que você se lembre de que seus medos são apenas medos e que eles não vão controlar você. Vou apostar contra o seu coração inconstante se ele for meu."
*** 
Fingindo foi uma adorável surpresa. Quando recebi da Editora eu não me via tão entusiasmada, por não conhecer o primeiro livro, li os dois livros que vieram de cortesia e esse ficou pra depois. Alguns dias depois descobri que não era continuação do primeiro livro da série. Bom, ao começar a ler, não consegui mais largá-lo, Cade e Max são tão divertidos, fofos, e eu simplesmente me apaixonei pelos protagonistas.
O livro é dividido entre o ponto de vista de ambos os personagens, eu adorei a forma como eles foram harmoniosamente separados de forma em que os personagens certos narram as partes certas. Isso faz você entender a trama na hora e da forma correta.

A leitura é muito rápida e fluída, terminei o livro em pouquíssimas horas!
Adorei o fato de que além de um romance, a autora traz outros temas para sua obra: realização profissional, relacionamentos familiares, relacionamentos não saudáveis, perdão, superação e até mesmo drogas são alguns dos assuntos abordados em Fingindo. Também me agrada que o leitor acompanha, durante a leitura, o amadurecimento e crescimento dos personagens. Cora Carmack ganhou uma fã e leitora assídua.

Se eu recomendo a leitura? Tenho só uma coisa a dizer: quem está perdendo é você por não conhecer o Cade.

Beijocas





17 comentários:

  1. Apesar de livros desse gênero conter bastante clichê, eu me arriscaria em lê-lo! Pela resenha, o livro parece ser ótimo, por causa da leitura ser fluída, fazendo com que o leitor leia sem nenhum esforço, e também por tratar vários assuntos além do romance. Estou participando de uma promoção do livro Perdendo-me, se eu ganhar e gostar, com certeza eu irei ler esse!

    ResponderExcluir
  2. Olá, eu não era muito fã de romance, até ler 50 Tons de Cinza, apesar de esse não ser parecido o fato é que é romance, aprendi a gostar desse estilo e descobrir que mostra os pontos de vista de ambos os personagens foi uma novidade! me interesse pelo livro!

    ResponderExcluir
  3. Pelo visto, Tati, o Cade é o genro que toda sogra pediu.
    Realmente um príncipe encantado.
    Que jeito doido como as coisas entre e Max começaram a se desenrolar, mas eu fiquei muito afim de ler o livro.
    Parece ser uma leitura rápida e muito gostosa.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  4. Amiga eu ainda não tive a oportunidade de fazer a leitura desse livro, mas muitos comentam muito bem sobre a série e não vejo a hora de ler assim que tiver tempo, pois a Agatha que vai resenhar ele em meu blog. E outra coisa, gostei bastante da maneira como você desenvolveu sua resenha e também sobre seu ponto de vista. De uma maneira geral percebe-se que é um livro SENSUAL, mas não é daqueles pesados né? É mais de boa...engraçado e tudo mais. Por isso que quero dar uma chance, ainda mais pra quem leu BELLA ANDRE que nunca imaginou fazer a leitura por conta do gênero hahahaha
    Mas enfim...

    SE CUIDA LINDA

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/04/resenha-se-joga.html

    ResponderExcluir
  5. Ahh, não é um tema que me agrada muito, infelizmente.
    Bom final de semana!

    ResponderExcluir
  6. Oi Tati!
    Ainda não acho que Cade possa ser real, não, não, ele não pode ser hahahah
    Mas, eu adorei o livro, se você colocar uns 10 anos a mais no Cade, o livro é lindo!! Não esperava nada dele, mas me vi apaixonadinha <3 Muito amor a escrita da Cora, adorei, agora quero ler Perdendo-me!
    Beijos

    LuMartinho

    ResponderExcluir
  7. Fique interessada nesse livro desde o dia em que o vi, mas antes quero ler o primeiro, porque gosto de ler na ordem. Só li sem seguir isso uma vez e me ferrei porque peguei spoilers altíssimos. kkkkkkkk Já quero conhecer o Cade e me apaixonar por ele!

    ResponderExcluir
  8. Oi Tati, eu estou com esse livro na minha estante e o único motivo que não peguei ele ainda para ler é porque estou esperando para ler o primeiro antes. Apesar de dizerem que não é preciso ler em ordem para entender, eu tenho um certo toque que só consigo ler séries começando pelo primeiro!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com

    ResponderExcluir
  9. Olá
    Este livro parece ser muito bom, está na minha meta de leitura.
    Gostei dos personagens, ele são o oposto do que normalmente temos nas historias.
    Já fiquei encantada por Cade, ele parece ser muit fof mesmo.
    Gostei da forma como o amor surge entre eles, estando vivendo em uma mentira.
    Tenho que ler o primeiro antes, não vejo a hora!!!
    Ótima resenha
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi, eu vi a resenha do outro livro e fiquei encantada pelos personagens, e parece que esse mantém ele elemento que torna um romance tão clichê em algo único. Adorei a resenha e espero lê-lo um dia. Bjs

    ResponderExcluir
  11. Oi Tati!
    Adorei a resenha, e gostei muito da premissa do livro, até porque como você disse, a autora aborda diversos temas além do romance, e os que você citou me agrada muito.

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá, esse livro me interessou muito quando vi que ia lançar, mas ainda não conheço o primeiro livro, perdendo-me, então tenho que adquirir ele primeiro!
    Adorei a resenha, ficou bem detalhada!
    Abraços
    www.estantedepapel.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Tati!
    Gosto muito da premissa de Fingindo, mas como não li Perdendo-me ainda ainda, acabo adiando a leitura desse. Mas pela sua resenha, parece que dá para ler um sem ler o outro, né?
    Adorei a resenha!
    B-jussss!
    http://www.quemlesabeporque.com/

    ResponderExcluir
  14. Já quero ler!Fiquei feliz que você conseguiu entender a história sem problemas mesmo não lendo o primeiro livro.Eu tenho muita curiosidade em conhecer essa série da Cora mas como gosto de tudo certinho preciso ler Perdendo-me primeiro.E seu eu já era apaixonada pelo Garrick acho que vou ser duas vezes mais pelo Cade.Parabéns pela resenha,ela me empolgou demais pra começar a leitura.

    ResponderExcluir
  15. Assim nem tem como desanimar né?! Já fiquei super feliz e bem alegre que o livro não é uma continuação. Espero ler o mais rápido possível e conhecer logo o Cade. Espero ama-lo como você.

    ResponderExcluir
  16. Adorei o primeiro livro,apesar de algumas vezes ficar meio irritada.
    Não esperava por um segundo livro,muito menos um que não focasse no romance da Bliss,ainda não li fingindo mas depois dessa resenha não vou mais perder meu tempo haha.

    ResponderExcluir
  17. Eu ainda não li o primeiro livro, mas já li muitas resenhas positivas sobre Fingindo. Apesar de eu achar a história um tanto quanto superficial e batida, acho que eu ia gostar muito de conhecer a protagonista maluquinha do livro rs

    ResponderExcluir

Seja bem vindo!
Muito obrigada pelo seu comentário, sua visita é muito importante para o Paraíso!!
Volte sempre

Tecnologia do Blogger.