[Você Sabia?] Pseudônimo - J.R Ward

E aí, pessoal?!

Hoje trago pra vocês mais um post da nossa coluna “Você Sabia?”, hoje vamos falar sobre mais um autor que usa pseudônimo.
A autora da vez é Jessica Bird que tornou-se conhecida com o pseudônimo: J.R Ward.




Jessica Bird/ J.R Ward


Jessica Rowley Pell Bird nasceu em 1969 em Massachusetts, Estados Unidos. Jessica escrevia desde criança, como forma de expressar seus pensamentos e sentimentos em seu diário, assim como também escrevia alguns contos.

Antes de chegar a faculdade já havia escrito seu primeiro livro, um romance, mas levou algum tempo até que ela decidisse publicar seu primeiro livro, chegou a trabalhar por anos na administração de saúde.

Em 2001 casou-se com John Neville que a estimulou a encontrar um agente, assim em 2002 seu primeiro livro é publicado com o título de Leaping Hearts. Desde então ela passou a se dedicar de forma quase integral à escrita.

Alguns anos mais tarde criou um universo repleto de vampiros, sob gênero romance paranormal, que mais tarde daria origem a série Irmandade da Adaga Negra, lançada em 2005 e trazendo uma maior reconhecimento a autora.

E talvez, o principal motivo para que ela use esse pseudônimo, é que existe uma grande diferença entre algumas das obras por ela publicadas: Como Jessica Bird ela escreve romances contemporâneos, já com o pseudônimo J.R Ward ela escreve romances paranormais, como já foi dito, provavelmente o motivo da escolha do pseudônimo seja uma maior liberdade de escrita, poder escrever em outros gêneros sem criar expectativas nos leitores, poder se sentir a vontade com o que se escreve.

Principais obras


Como J.R Ward:

Série Irmandade da Adaga Negra

Nas sombras da noite em Caldwell, Nova York, desenrola-se uma sórdida e cruel guerra entre os vampiros e seus carrascos os redutores. Há uma irmandade secreta, sem igual, formada por seis vampiros defensores de sua raça. Possuído por uma besta letal, Rhage é o membro mais perigoso da Irmandade da Adaga Negra.

Dentro da Irmandade, Rhage é o vampiro de apetites mais vorazes. É o melhor lutador, o mais rápido a reagir, baseado em seus instintos, e o amante mais voraz, porque em seu interior arde uma feroz maldição lançada pela Virgem Escriba. Possuído por esse lado sombrio, Rhage teme constantemente que o dragão dentro de si seja liberado, convertendo-o num perigo letal para todos à sua volta.


Amante Sombrio; (resenha aqui)






Amante Eterno (resenha aqui)









Amante Desperto; (resenha aqui)









Amante Revelado; (resenha aqui)









Amante Liberto; (resenha aqui)












Amante Consagrado













Amante Vingado






                                                                                                 



                                                                                                                                       Amante Meu 



                                                                                                                                                                                            
Amante Libertada

                                                                                                         Amante Renascido (resenha aqui)  

Amante Finalmente 



Jessica Bird

Alguns dos livros lançados pela autora como Jessica Bird:

Heart Of Gold
Tesouro e Sedução (resenha aqui)












Como Jessica Bird ela publicou a duologia An Unforgattable Lady. Composta pelos livros “Um Romance Inesquecível” e um “Um Solteiro Irresistível”


Um Romance Inesquecível (resenha aqui)
Sinopse: As mulheres mais influentes de Manhattan estão sendo assassinadas e Grace, uma linda herdeira da alta sociedade e famosa por sua fabulosa fortuna, é um possível alvo. Relutante, porém vulnerável, ela contrata John Smith para ser seu guarda-costas: um homem intransigente que está disposto a tudo para protegê-la. Ao mudar para o apartamento de Grace o sentimento entre eles começa a mudar. Ela se sente atraída por John, que dita as regras para sua segurança. E ele também não contava com esse desejo incendiário que o tira de qualquer lógica racional. Enquanto as noites de verão começam a ficar cada vez mais quentes, Grace e Smith precisam enfrentar uma escolha crucial: seguir os mandamentos profissionais para afastá-la do possível assassino ou se entregar ao sentimento dessa paixão ardente.

Um Solteiro Irresistível

Sinopse: No mundo rico que em que vive Jack, Callie é a garota do lado errado dos trilhos, e não apenas por razões financeiras. Ninguém sabe disso mais do que Callie, mas isto não os impede de se apaixonarem um pelo outro. Jack é lindo, rico, e tem o mundo na ponta dos dedos. Ele no entanto, é a coisa mais distante e arrogante. Ele é um cara legal - mesmo que estando noivo de outra mulher quando conhece Callie. Callie luta financeiramente e emocionalmente. Ela está tão preocupada em não cometer os mesmos erros de sua mãe que fez com que ela quase perder-se no bem que ela encontrou em Jack.


É isso gente, espero que tenham gostado do post. E vocês, já leram algum dos livros?
Beijos e até o próximo post! <3

22 comentários:

  1. Amiga gostei bastante da sua postagem, porque é sempre bom a gente saber do porque os autores usarem nomes diferentes do deles. Eu sinceramente até hoje não entendo, já que já são famosos. Mas mesmo assim eu achei legal sua postagem por conta disso, porque achei curioso. E adorei as obras, as capas e tudo mais, só que nunca li nada dela. Espero ter a chance de ler assim que tiver uma oportunidade. Espero que você estejam bem =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/03/resenha-sombra-e-ossos.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Silvana!
      Que bom que gostou do post! Sim, eu adoro saber mais sobre os autores que escrevem os livros que tanto amamos!
      Eu até entendo,respeito a liberdade de cada um, a liberdade criadora no caso kkkkkkk Cada um escreve da forma que se sente mais a vontade, e seja porque com o pseudônimo o deixará mais a vontade para escrever sobre certos temas, ou simplesmente, no caso de alguns, se manter no anonimato!
      Fico feliz que tenha gostado!
      Beijos! <3

      Excluir
  2. Gostei bastante do post, Natália.
    Comecei no final do ano a ler a série da Irmandade Negra, só li os três primeiros e fiquei tão apaixonada pelo Z que resolvi dar uma parada e colocar em dia outras leituras antes de voltar.
    Eu estou louca para ler outros livros dela, tomara que eu consiga logo.
    Ah! E eu não sabia que o nome que ela usava era um pseudônimo.

    http://lisos-somos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Déborah!
      Eu não cheguei a ler nenhum livro dessa série, por mais surpreendente que parece os livros dessa série não me chamam a atenção, já os outros livros dela eu estou com muita vontade de ler!
      Beijos! <3

      Excluir
  3. Oi Natália!
    Adoro conhecer os pseudônimos dos autores e todo mundo fala tao bem dessa série dela que tenho sempre vontade de ler, mas acabo deixando pra depois hahha
    Beijos

    http://lumartinho.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu!
      Fico feliz que esteja gostando!
      Sim, eu também ouvi elogios quanto a série, mas ainda não me senti motivada a ler, não sei bem por quê. kkkkkk
      Beijos! <3

      Excluir
  4. A primeira vez que li Amante eterno, achei que era um autor, seila porque, acho que pelo nome. hahaha
    Ela tem muitos livros ein? :O
    Estou lendo IAN e amando!
    beijoss
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também pensei nisso quando vi o nome dela na capa dos livros kkkkkk
      Sim! :o Quando eu fui pesquisar até me assustei com a quantidade de livros e estava pensando em como iria colocá-los no post! kkkkkk
      Beijos! <3

      Excluir
  5. Oi Natália, acredita que nunca li nada da autora? Tenho muuuita vontade de ler a série da Irmandade da Adaga Negra, só ouço coisas boas. E adorei seu posto, adorei conhecer mais sobre a autora :D

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kétrin!
      Eu acredito sim! kkkkk Até porque eu também ainda não li nada dela, tenho vontade de ler alguns dos livros dela, mas Irmandade da Adaga Negra não ma chamou muito a atenção, não sei por quê.
      Beijos! <3

      Excluir
  6. Oi Nath!
    Gostei bastante do post, achei muito interessante, e confesso que não sabia que era ela a autora de A Irmandade da Adaga Negra, que é uma série pela qual sou louco para ler.
    Assim, eu acho muito desnecessário esse negocio de pseudônimos, porque eu acho que o autor tem que ter liberdade para ele escrever o que desejar. Ele não precisa usar pseudônimos para escrever obras distintas, pois se ele quer escrever sobre coisas diferentes, que faça isso usando seu verdadeiro nome.
    Mas eu sei que tem uma grande pressão da mídia, mas mesmo assim essa é minha opinião!

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gustavo!
      Que bom que gostou do post!
      Sim, eu também penso que o autor deve ter liberdade para escrever, mas infelizmente nós sabemos que não é bem isso que acontece, se um autor lança um novo livro, com um tema diferente dos lançado por ele até então, ele provavelmente vai ouvir uma série de julgamentos. E pra que um autor possua liberdade criadora toda essa pressão, esses julgamentos tem que deixar de existir, tem que ser dado espaço e liberdade verdadeira a ele.
      Beijos! <3

      Excluir
  7. Olá,
    Acho interessante essa coisa de pseudônimo, já conhecia as obras dela, mas realmente não fazem meu estilo de leitura. Porém gostei de saber mais sobre essa autora que conquistou tantos leitores.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Eu conhecia algumas obras dela e tenho vontade de ler algumas delas, quando eu conheci os livros não fazia ideia do pseudônimo e adorei descobrir mais sobre essa autora!
      Beijos! <3

      Excluir
  8. Oi oi... Coisas novas nunca esquecemos, esses dias tinha lembrado do post anterior de pseudônimo com a J.K. E hoje tem novamente =D Continue com ele, entendeu? kkkk

    Mas no assunto não vejo muito o motivo de ter um outro nome, mas quem sou eu para falar algo!
    Quantos amantes como J.R Ward, essa série é bastante elogiada então fica claro o quanto ela é ótima.

    Com o outro nome, apenas ouvi falar dos livros...


    Beijooos
    jeehsts.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jéssica!
      Que bom que está gostando da coluna, e sim pretendo continuar! kkkkkkk
      No início também não via muitos motivos para ter um pseudônimo até pesquisar mais sobre os autores e saber seus motivos. Por isso respeito, e entendo em vários pontos as razões do por que eles buscam escrever com outro nome.

      Beijos! <3

      Excluir
  9. Uau que legal. Não sabia que JR Ward era um pseudônimo. To adorando descobrir essas coisas. Parabéns pelo post! Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gleyse!
      Eu também não sabia, aliás todos os pseudônimos que trouxe para os posts só descobri quando parei para pesquisar!
      Que bom que está gostando de descobrir esses detalhes sobre os autores. E obrigada!
      Beijos! <3

      Excluir
  10. Muito bom o post,Natália. Não sabia nada de J. R. Ward, nem mesmo que era pseudônimo, kkkkk. Achei que fosse as inciais ou coisa assim, como J.K. Rowling ou E. L. James.
    B-jussss!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nina!
      Obrigada, que bom que gostou do post!
      No início também pensei em uma abreviação, por isso me surpreendi, assim como me surpreendi com o número de livros dela!
      Beijos! <3

      Excluir
  11. Eu sou completamente apaixonada por IAN, então essa eu já sabia.
    Infelizmente ainda não li nenhum livro dela como Jessica Bird, então não posso dizer as diferenças - mas eu imagino que deve ser tão bom quanto os livros dos irmãos *-*

    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh! Você sabia?! kkkkkkk Acho que foi a única! kkkkkk Eu só fiquei sabendo quando fui pesquisar sobre ela.
      Eu não li nenhum livro dela nem como Jessica Bird e nem como J.R. Ward, e tenho curiosidade para lê-los, já que já ouvi muitos elogios! Porém a série IAN não me chama muito a atenção, ainda não tive muita vontade de ler essa série!

      Beijos! <3

      Excluir

Seja bem vindo!
Muito obrigada pelo seu comentário, sua visita é muito importante para o Paraíso!!
Volte sempre

Tecnologia do Blogger.